Seminário ‘O Brasil no Antropoceno’, 27 de setembro, no auditório do Museu do Amanhã, RJ

 

poluição

 

Pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento mostrarão os principais desafios enfrentados para o desenvolvimento do país nas próximas décadas, levando em consideração os dilemas sociais, econômicos e ambientais que marcam nossa história no passado e no presente, bem como os esforços necessários para superá-los. Este debate acontecerá no seminário “O Brasil no Antropoceno”, que acontece dia 27 de setembro, de 9h30 às 18h, no auditório do Museu do Amanhã.

Um debate mais profundo sobre o que é o Antropoceno, quais as suas evidências e desafios também terá lugar, realizado pelo economista Ricardo Abramovay, o ecologista Fabio Scarano, o historiador José Augusto Pádua e o pesquisador Oscar Sabag Muñoz, da start-up holandesa Metabolic.

Abordando temas urgentes como mudanças climáticas, redução da biodiversidade, crescimento populacional, economia de baixo carbono e políticas públicas, o seminário é inspirado no livro Brazil in the Anthropocene (O Brasil no Antropoceno), lançado em inglês pela editora Routledge em 2017, e terá diversos dos seus autores entre os palestrantes.

Para o curador-geral do Museu do Amanhã, Luiz Alberto Oliveira, “o principal objetivo do Museu é que seus visitantes compreendam que vivemos um momento singular da história do planeta, que será determinante para as futuras gerações”. “Neste seminário, vamos analisar o lugar do Brasil no Antropoceno e como os fatores locais se unem às tendências globais de transformações do planeta que estão construindo nossas possibilidades de futuro”, afirmou o curador.

PROGRAMAÇÃO​

MANHÃ

09h30 – 10h00: Abertura

10h00 – 12h00: Painel 1 – Antropoceno: o que é, suas evidências, desafios e soluções

  • O Antropoceno e os limites da Terra: Ricardo Abramovay, professor titular do Departamento de Economia da USP e do Programa de Ciência Ambiental do Instituto de Energia e Ambiente;
  • O clima e a biodiversidade do Antropoceno: Fabio Scarano Scarano, professor de Ecologia da UFRJ e diretor executivo da Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável;
  • Alimentando 10 bilhões no Antropoceno: Oscar Sabag Muñoz, analista de projetos de sustentabilidade global da empresa holandesa Metabolic.

12h00 – 14:00: Intervalo
TARDE

14h00 – 15h20: Painel 2 – O Brasil à luz do Antropoceno

  • Um museu novo para um nova época: Luiz Alberto Oliveira, curador-geral do Museu do Amanhã;
  • O Brasil no Antropoceno: Liz-Rejane Issberner, pesquisadora titular do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia;
  • O Brasil na história do Antropoceno: José Augusto Pádua, professor do Instituto de História da UFRJ e consultor do Museu do Amanhã;
  • A Amazônia no Antropoceno: Philippe Léna, diretor de pesquisa do Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento, na França.

15h20 – 15h40: Intervalo

15h40 – 17h00: Painel 3 – Desafios econômicos, sociais e ambientais que moldarão o futuro do Brasil

  • População, desenvolvimento e degradação ambiental no Brasil: José Eustáquio D. Alves Alves, pesquisador da Escola Nacional de Estatística do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística;
  • Políticas públicas para o desenvolvimento: Adriana Maria Magalhães de Moura, pesquisadora sênior da Coordenação de Estudos em Sustentabilidade Ambiental do Instituto de Pesquisas Econômica Aplicada (Ipea);
  • A transição para uma economia de baixo carbono no Brasil: Emílio La Rovere, professor titular do Programa de Planejamento Energético da COPPE UFRJ;
  • Crescimento de longo prazo considerando as mudanças do clima: Sérgio Margulis Margulis, pesquisador sênior associado do Instituto Clima e Sociedade.

​17h00: Encerramento e autógrafos no livro Brazil in the Anthropocene, lançando pela editora Routledge, em 2017, na Inglaterra.

 

Informe do Museu do Amanhã, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 22/09/2017

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top