Índice da edição nº 2.782, 2017 [de 27/06/17]

    A urgência em colocar a questão ambiental na agenda da urbanização, artigo de Roberto Naime A internet das coisas, ou as coisas da internet? artigo de Antonio Silvio Hendges Avaliação da qualidade da água dos riachos do povoado Mocó, Senhor do Bonfim - BA, por Karine Silva Oliveira et al. Floresta com Araucárias, com menos de 3% da sua área original, ainda é motivo de preocupação Livro 'Amazônias em tempos contemporâneos: entre diversidades e

A urgência em colocar a questão ambiental na agenda da urbanização, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Espaço concedido por agência de informações e coordenado pela professora Ermínia Maricato trouxe a questão urbana para o epicentro do noticiário. Assim se materializa "As cidades fornecem destaques diários para a mídia escrita, falada e televisionada. A questão urbana, então, ocupa um espaço prioritário na agenda política nacional. Certo? Muito longe disso, a questão urbana está fora da agenda política nacional. Carta Maior abriu uma editoria permanente de discussão sobre

A internet das coisas, ou as coisas da internet? artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A “internet das coisas” ou internet of things - IoT é um conceito proposto em 1999 por Kevin Ashton do Instituto de Tecnologia de Massashusetts – MIT que expôs a possibilidade de conexão na rede mundial não apenas por computadores, mas também de outras maneiras e através de outros objetos utilizados no cotidiano das pessoas em suas atividades. Como funciona? Cada aparelho eletrônico possui uma identificação única, geralmente realizada por

Avaliação da qualidade da água dos riachos do povoado Mocó, Senhor do Bonfim – BA, por Karine Silva Oliveira et al.

    AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DOS RIACHOS DO POVOADO MOCÓ, SENHOR DO BONFIM- BA. OLIVEIRA, K. S.1; JAMBEIRO, R. S. de F.2; SANTOS, K. V. dos3 1 Especialista em Desenvolvimento Sustentável no Semiárido pelo Instituto Federal Baiano 2 Graduando em Ciências Biológicas pela FTC- Faculdade de Tecnologia e Ciências - Salvador- BA 3 Msc. em Ciências Agrárias pela Universidade Federal da Bahia e professora do Instituto Federal Baiano RESUMO: O monitoramento da qualidade da água

Floresta com Araucárias, com menos de 3% da sua área original, ainda é motivo de preocupação

  Produção sustentável de pinhão e erva-mate agrega valor ao ecossistema e contribui para sua conservação     Um dos ecossistemas mais característicos da região sul do Brasil e bastante ameaçado, a Floresta Ombrófila Mista (FOM), ou Floresta com Araucárias, tem hoje menos de 3% da sua área original. O motivo são os anos de degradação e o corte de seus pinheiros que a levaram a essa situação crítica. Como consequência, uma das espécies

Livro ‘Amazônias em tempos contemporâneos: entre diversidades e adversidades’ para acesso e/ou download

  Por Eduardo Gomes (Fiocruz Amazonas) “Amazônias em tempos contemporâneos: entre diversidades e adversidades”, é título do livro lançado na segunda-feira (12/6), organizado pelas pesquisadoras Jane Felipe Beltrão e Paula Mendes Lacerda. O lançamento ocorreu no Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazonas), em Manaus (AM), durante a cerimônia de recondução de Sérgio Luz, ao cargo de diretor do Instituto. Pesquisadores da Fiocruz fazem parte dos autores, que possuem formação diversificada e têm em

Dez milhões de toneladas de peixe desperdiçados a cada ano, apesar da diminuição dos estoques pesqueiros

  University of British Columbia     As frotas de pesca industrial despejam quase 10 milhões de toneladas de bons peixes de volta ao oceano a cada ano, de acordo com novas pesquisas. O estudo realizado por pesquisadores do Sea Around Us, uma iniciativa do Instituto de Oceanos e Pescas da Universidade da Colúmbia Britânica e da Universidade da Austrália Ocidental, revela que quase 10% da captura total do mundo, na última década, foi descartada

Se automedicar para dormir traz riscos para a saúde

    De acordo com a Associação Mundial de Medicina do Sono, a insônia é uma epidemia global que ameaça a saúde e a qualidade de vida de até 45% da população mundial. Muitas pessoas buscam nos remédios uma solução para acabar com o problema, mas, apesar de ser considerada normal, a automedicação é um erro que pode gerar complicações mais graves. Um levantamento realizado pelo IBGE, por intermédio da Pesquisa Nacional de

Top