nº 2.584, 2016 [08/08/2016]

    8 de agosto - o Dia da Sobrecarga e o vermelho do déficit ambiental, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A escadinha de pagamento da dívida pública pelos estados! artigo de Adrimauro Gemaque Desastres lentos e graduais, artigo de Carlos Augusto de Medeiros Filho A tradicional indústria da seca permite que o sertanejo morra de sede com água no joelho Crime e grilagem com uso do Cadastro Ambiental Rural (CAR)

8 de agosto – o Dia da Sobrecarga e o vermelho do déficit ambiental, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Uma pessoa é rica na proporção do número de coisas de que ela é capaz de abrir mão” Henry Thoreau     [EcoDebate] A cada ano, a humanidade esgota mais cedo sua cota de recursos naturais do planeta. Com base em estatísticas oficiais de 150 países, a Global Footprint Network registra que o dia 08 de agosto é o Dia da Sobrecarga da Terra (Earth Overshoot Day) de 2016. Ele marca o momento

A escadinha de pagamento da dívida pública pelos estados! artigo de Adrimauro Gemaque

  [EcoDebate] Como já venho abordando em artigos anteriores a dívida pública não estava em nenhuma agenda. Podemos dizer que somente em dois momentos ela foi destaque nestes últimos dez anos. Por ocasião da CPI da Dívida em 2010 e quando o Congresso Nacional em 2015, aprovou a inclusão no PPA para o período de 2016 à 2019, que foi a proposta de Auditoria da Dívida, com determina Constituição Federal de

Desastres lentos e graduais, artigo de Carlos Augusto de Medeiros Filho

  [EcoDebate] Desastres ambientais, de causas naturais ou antrópicas, que ocorrem de maneira brusca, violenta, motivam, normalmente, fortes divulgações na imprensa, especialmente se estiverem associadas com significativas tragédias humanas. Existem outros desastres, entretanto, que por se desenvolverem paulatinamente, por um relativo longo período de tempo, não chegam com destaque na imprensa e, em alguns casos, não são classificados como um sinistro ou não tem seus motivos devidamente discutidas. Recebi, recentemente, uma mensagem

A tradicional indústria da seca permite que o sertanejo morra de sede com água no joelho

  A tradicional indústria da seca permite que o sertanejo morra de sede com água no joelho. Entrevista especial com João Abner Guimarães   “Qual a explicação para no Nordeste semiárido se disponibilizar água para irrigação durante um evento com criticidade secular? Ou se tem muita água – ao contrário do que se propaga, ou não se tem gestão, ou as duas coisas”, afirma o engenheiro hidráulico. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil   A atual seca no Nordeste

Crime e grilagem com uso do Cadastro Ambiental Rural (CAR)

  Concebido para ser um eficaz instrumento de regularização ambiental, o Cadastro Ambiental Rural é utilizado por grileiros e quadrilhas que lucram com o desmatamento ilegal, acirrando os conflitos rurais na Amazônia Legal Por Ciro Barros, Iuri Barcelos - Agência Pública O Cadastro Ambiental Rural (CAR), instrumento de regularização ambiental que virou política federal pelo Código Florestal em 2012, tem sido útil a criminosos justamente no que deveria ser uma de suas maiores

Quilombolas pedem apoio na proteção de seus territórios ameaçados pela mineração

denúncia

  O vídeo lançado pela Comissão Pró-Índio de São Paulo alerta: o avanço da mineração ameaça o futuro dos quilombolas em Oriximiná, no interior do Pará. Em 2013, o Ibama autorizou a extração de bauxita em terras quilombolas. E novas licenças podem ser expedidas. O caso envolve a maior produtora de bauxita do Brasil, a Mineração Rio do Norte, que tem como acionistas a Vale, South32, Rio Tinto Alcan, Alcoa, Hydro e Companhia

Comissão da Câmara aprova dedução do IR de empresa que apoiar projeto ecológico

notícia

    Deduções não poderão ultrapassar 4% do imposto devido em cada projeto e 10% do imposto do total dos projetos ecológicos da empresa A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou na terça-feira (2) o Projeto de Lei 5713/13, do ex-deputado Sergio Zveiter, que autoriza as empresas a deduzirem do Imposto de Renda (IRPJ) parte dos gastos em projetos ecológicos (relacionados, por exemplo, a reflorestamento, uso social da água, arquitetura e urbanismo, redução da

Top