nº 2.572, 2016 [20/07/2016]

    Os riscos ambientais e a queda da natalidade, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Economia verde e consumidores, artigo de Roberto Naime Poluição Luminosa: Apague a luz, por favor! artigo de Antonio Silvio Hendges Apenas a metade dos estados regulamentaram o Código Florestal FAO: pecuária causou 80% do desflorestamento no Brasil entre 1990-2005 'Agroecologia potencializa outros direitos humanos', afirma pesquisador Ativistas ambientais pedem que Siemens não participe de hidrelétrica no Tapajós 'Impactos de fenômenos climáticos como El

Os riscos ambientais e a queda da natalidade, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Certo ar de falência, certa estrela na testa, certa sorte bifronte, certos objetos entesourados no fundo de uma mala, certa mágoa ambígua, o som de certos ambientes, a impressão incerta de estar numa travessia sem freios, a defesa de certos itens na lembrança caolha, certos calafrios sem causa, o grau de inocência e tristeza em certas horas sombrias, a importância de certos detalhes, a pergunta não-feita e sua certa resposta

Economia verde e consumidores, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A construção de uma economia verde só será possível quando houver mudança no modelo de produção adotado pela maioria das nações e no comportamento do consumidor de classe média. Esta foi a conclusão resultou do Fórum Global de Crescimento Sustentável, que reuniu cerca de 300 líderes de seis países, em Copenhague, na Dinamarca. Este é o reconhecimento tácito de que ou se muda a ideologia ou se altera a autopoiese sistêmica

Poluição Luminosa: Apague a luz, por favor! artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] Muitos pesquisadores afirmam que atualmente as intervenções humanas e seus impactos são comparáveis aos efeitos de uma era geológica e que a partir especialmente da Segunda Revolução Industrial, justifica-se a determinação de um novo período, o holoceno ou tecnógeno, caracterizado pela não existência de espaços sem interferência humana, mesmo quando se tratam de locais preservados, caracterizados como uma “concessão” das atividades antrópicas. Uma das características marcantes das ações humanas no

Apenas a metade dos estados regulamentaram o Código Florestal

    Editado em 2012, o Novo Código Florestal tem o potencial de conservar mais de 150 milhões de hectares e recuperar 12 milhões de hectares de vegetação nativa no Brasil, sequestrando cerca de 100 bilhões de toneladas de Gases de Efeito Estufa. Mas para que a Lei seja eficaz, é necessário que todos os estados criem regulamentações. Até agora, das 27 unidades federativas, apenas 13 delas regulamentaram o Código Florestal. Neste contexto,

FAO: pecuária causou 80% do desflorestamento no Brasil entre 1990-2005

  Mais de 80% do desflorestamento ocorrido no Brasil no período de 1990 a 2005 foi associado à conversão de terras em terrenos de pastoreio, mostrou relatório divulgado nesta segunda-feira (18) pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), denominado “O estado das florestas no mundo”.     Mais de 80% do desflorestamento ocorrido no Brasil no período de 1990 a 2005 foi associado à conversão de terras em terrenos de pastoreio,

‘Agroecologia potencializa outros direitos humanos’, afirma pesquisador

    O debate sobre um novo modelo agrícola, que garanta alimentação saudável para a população brasileira e respeito ao meio ambiente, tem se consolidado no meio acadêmico e influenciado discussões na sociedade. O livro Direito à Agroecologia: a viabilidade e os entraves de uma prática agrícola sustentável, publicado recentemente, tem como objetivo analisar tal debate à luz da perspectiva jurídica. O Brasil de Fato, 18-07-2016, conversou com o autor da obra, Gladstone Leonel

Ativistas ambientais pedem que Siemens não participe de hidrelétrica no Tapajós

    Cerca de 30 ativistas ambientais protestaram, ontem (19), em frente à sede da empresa Siemens, na capital paulista, contra a construção da Usina Hidrelétrica São Luiz do Tapajós, no estado do Pará. A organização não governamental (ONG) Greenpeace, que promoveu o ato, pede que a Siemens não se envolva no projeto, uma vez que a empresa é uma das principais fornecedoras de equipamentos para hidrelétricas no mundo, incluindo a Usina

‘Impactos de fenômenos climáticos como El Niño serão cada vez mais imprevisíveis’

  Avaliação é do secretário-geral da ONU, que alerta sobre severidade de La Niña, que deve surgir no fim do ano; em evento sobre o clima, Ban lembra que secas e enchentes afetaram a vida de 60 milhões de pessoas este ano.     Por Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. Um debate de alto nível sobre os impactos do El Niño foi promovido esta segunda-feira na ONU com a participação do secretário-geral

Top