nº 2.494, 2016 [22/03/2016]

    Radiações eletromagnéticas, parte IV, artigo de Roberto Naime Uma Semana Santa pela Paz no Brasil, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Duas ou três propostas para a Amazônia, artigo de Rinaldo Segundo 78% dos empregos no mundo dependem de recursos hídricos Cuidar das florestas significa cuidar da água Florestas são essenciais para o futuro e estabilidade do clima global Mundurukus protestam contra projetos de hidrelétricas no Rio Tapajós Criado grupo de

Radiações eletromagnéticas, parte IV, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] RIBEIRO et. al. (2007) ressaltam que o direito ambiental busca a defesa do ambiente ameaçado, imaginando possíveis sistemas de prevenção e reparação para a defesa contra as agressões provocadas por nossa sociedade, sendo assim, um direito da antecipação, do futuro, da precaução. A precaução é a ação antecipada diante de um determinado risco sobre o qual não há, ainda, uma certeza científica. Podemos dizer que enquanto a prevenção se dá

Uma Semana Santa pela Paz no Brasil, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Seria interessante que os cristãos preocupados com a paz e a justiça se voltassem essa semana santa para o jejum e oração pelo Brasil. Não nos esqueçamos que essas foram as grandes armas dos maiores pacifistas do mundo, como Gandhi, Luther King, Mandela, D. Hélder e o próprio Jesus. Não cabe a nós cristãos jogar gasolina no ódio que divide a sociedade brasileira. E corremos o risco de ver voltar

Duas ou três propostas para a Amazônia, artigo de Rinaldo Segundo

amazônia legal

    “...sei que... na vida a gente só fica irritado e zangado com uma proposta quando não está muito seguro de poder resistir-lhe e está intimamente tentado a aceitá-la.” Thomas Mann, Os Buddenbrooks.   [EcoDebate] Um modelo de desenvolvimento sustentável amazônico deve contemplar propostas em diferentes áreas e para diferentes grupos amazônicos. Assim, devem merecer propostas: as principais atividades econômicas e grupos amazônicos. São exemplos disso: pecuária, agricultura do agronegócio, a pequena agricultura

78% dos empregos no mundo dependem de recursos hídricos

    A falta de fornecimento de água seguro, adequado e confiável para os setores altamente dependentes de recursos hídricos resulta na perda ou no desaparecimento de empregos e pode limitar o crescimento econômico mundial nos próximos anos, “a menos que exista infraestrutura suficiente para gerenciar e armazenar a água”. O alerta é feito hoje (22), Dia Mundial da Água, pela Organização das Nações Unidas (ONU). A edição de 2016 do Relatório

Cuidar das florestas significa cuidar da água

  A América Latina possui uma enorme riqueza de recursos florestais e hídricos que devem ser protegidos para erradicar a fome e alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável     A América Latina e Caribe possui uma enorme riqueza de recursos florestais que devem ser protegidos para erradicar a fome e alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, assinalou hoje a FAO durante o Dia Internacional dos Bosques, dedicado ao vínculo profundo e essencial entre

Florestas são essenciais para o futuro e estabilidade do clima global

  Declaração foi feita pelo secretário-geral da ONU para marcar o Dia Internacional das Florestas; Ban Ki-moon afirmou que habitantes de grandes cidades, como Rio de Janeiro, dependem das matas para obter parte da água potável.   Foto: FAO/Giulio Napolitano   Por Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que as florestas são "essenciais para a prosperidade futura do mundo e para a estabilidade do clima global". A declaração

Mundurukus protestam contra projetos de hidrelétricas no Rio Tapajós

    Para marcar o Dia Internacional das Florestas, celebrado ontem (21), cerca de 100 indígenas da etnia Munduruku fizeram um protesto, na última sexta-feira (18), em um trecho do Rio Tapajós considerado sagrado pelo povo, contra a possível construção de um complexo de hidrelétricas no rio, um dos poucos com potencial energético ainda inexplorado no Brasil. Segurando faixas com dizeres em diversas línguas, os indígenas cobraram a suspensão de projetos. Entre os

Criado grupo de trabalho para atender população afetada por rompimento das barragens da mineradora Samarco

    O Conselho Nacional dos Direitos Humanos criou um grupo de trabalho que vai atuar em favor da população afetada pelo rompimento, em novembro do ano passado, das barragens da mineradora Samarco, na Bacia do Rio Doce, que banha os estados de Minas Gerais e Espírito Santo. A instrução normativa que criou o grupo foi publicada ontem (21), no Diário Oficial da União. O grupo será responsável por propor ações preventivas, protetivas

Top