nº 2.400, 2015 [20/10/2015]

    Gestão dos territórios de conservação - Reservas da Biosfera, artigo de Roberto Naime A ilusão dos 'projetos de desenvolvimento' em Pernambuco, artigo de Heitor Scalambrini Costa Desastres naturais são fenômenos políticos, dizem especialistas Brasileiro desconhece importância da polinização na produtividade em lavouras, pomares e matas OMS defende mais testes bacteriológicos para monitorar qualidade da água na Baía de Guanabara Turismo ecológico pode contribuir para conservação de espécies em SC COP21 e a tentativa de definir metas

Gestão dos territórios de conservação – Reservas da Biosfera, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Os territórios da conservação constituem profunda reflexão conceitual em todas as esferas. Que fazer, como fazer, para que fazer são indagações que sempre hegemonizam as discussões em busca da determinação das melhores formas de estabelecer funcionalidades e obter resultados sinergicamente favoráveis. A Organização das Nações Unidas (ONU), através de seus órgãos específicos, vem induzindo reflexões, como a "Conferência sobre a Biosfera" organizada pela UNESCO (United Nations Educational, Scientific and Cultural

A ilusão dos ‘projetos de desenvolvimento’ em Pernambuco, artigo de Heitor Scalambrini Costa

  Suape. Foto: Governo de Pernambuco   [EcoDebate] Nos últimos anos em Pernambuco, a máquina de propaganda do governo estadual, aliado a mídia empresarial, e a setores cooptados da academia tem insistentemente anunciado a implantação de grandes empreendimentos econômicos para mudarem a vida dos pernambucanos. Chamam a isso de “desenvolvimento”, mas que na realidade acaba promovendo conflitos socioambientais de grandes proporções. Vejam bem. O Complexo Industrial Portuário de Suape (CIPS), cujos investimentos já ultrapassaram

Desastres naturais são fenômenos políticos, dizem especialistas

  Repensar os desastres naturais como fenômenos sociais e políticos, construídos a partir da ação do homem, foi o desafio da mesa-redondaFormações sócio-históricas e ambientais, que abriu o primeiro dia de debates do seminário Desnaturalização dos desastres e mobilização comunitária: novo regime de produção do saber, realizado no Museu da Vida, no campus da Fundação Oswaldo Cruz em Manguinhos, no Rio de Janeiro. A mesa-redonda 'Formações sócio-históricas e ambientais' abriu o primeiro dia

Brasileiro desconhece importância da polinização na produtividade em lavouras, pomares e matas

    Pesquisas do projeto Polinizadores do Brasil constataram, nos últimos cinco anos, que abelhas, insetos e aves são fundamentais para o aumento da produtividade em lavouras, pomares e matas. Em alguns casos de polinização com abelhas, principalmente, a produtividade pode aumentar em até 70%, de acordo com o projeto coordenado pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e Ministério do Meio Ambiente. Apesar dessa contribuição, técnicos do Funbio revelaram que 78% da

OMS defende mais testes bacteriológicos para monitorar qualidade da água na Baía de Guanabara

  Faltando menos de 300 dias para os Jogos Olímpicos de 2016, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou oficialmente nesta sexta-feira (16) testes bacteriológicos mais frequentes e focados nas bactérias Enterococci e E. coli nas águas da Baía de Guanabara para garantir a saúde dos atletas e das pessoas que entrem em contato com a água durante a competição. De acordo com a OMS, dados epidemiológicos mostram que o teste bacteriológico,

Turismo ecológico pode contribuir para conservação de espécies em SC

    Apesar dos avanços com o turismo ecológico, passeio para visualização das baleias-franca no Sul pode ser melhor aproveitado O turismo tem crescido anualmente no Brasil e, em tempos de dólar alto inibindo viagens internacionais, deve crescer ainda mais. Segundo o Anuário Estatístico do Ministério do Turismo, em 2014 o país recebeu mais de 6,4 milhões de turistas, 600 mil a mais que no ano anterior. Aproveitar esses visitantes e torná-los aliados

COP21 e a tentativa de definir metas de curto prazo. Entrevista com Pedro Telles

  “O que foi feito durante o governo Lula demonstra que é possível alcançar a meta de desmatamento zero, porque o desmatamento foi combatido e isso não gerou nenhum impacto para a economia”, diz o assessor de Políticas Públicas do Greenpeace. Foto: r7.com   As metas brasileiras para a COP-21, que será realizada em dezembro, em Paris, poderiam ter sido mais ambiciosas, “porque em 2012 o Brasil já tinha reduzido as emissões em 41%,

COP21: ‘Não podemos falar de mudança climática sem falar dos direitos dos povos indígenas’

  Lideranças indígenas e de populações tradicionais do mundo todo reunidas em conferência na Suíça apresentaram as visões de seus povos sobre seu papel e o de suas florestas na discussão climática no contexto do Acordo de Paris. E a demanda é unânime: o reconhecimento de seus territórios e a defesa de seus direitos   Pigmeus, indonésios, andinos, amazônicos, africanos, mexicanos, homens e mulheres compuseram o grupo de 20 lideranças de comunidades indígenas

Especialistas cobram mais espaço para crianças negras na mídia

  Por Kariane Costa A Semana Nacional pela Democratização da Comunicação começou nesta segunda-feira (19) e vai motivar debates em todo o país. Um dos aspectos que mais preocupam professores e especialistas é a baixa representação de crianças nos meios de comunicação. Ildete Batista dá aula para crianças de cinco anos em uma escola no Distrito Federal. Ela afirma que as questões raciais aparecem principalmente no momento de disputa e durante as brincadeiras.

Em 10 anos, geração do lixo aumentou cinco vezes mais que o crescimento da população

lixão

    Depois da água, gestão do lixo pode ser o novo centro de crise no Brasil Em 10 anos, geração do lixo aumentou cinco vezes mais que o crescimento da população. "Cenário é crítico", afirmam especialista. Um café com leite e um pão com manteiga iniciam o dia de milhares de brasileiros. O preço do pãozinho subiu. O do café também. E o banho matinal está mais curto por causa da crise hídrica.

Top