nº 2.346, 2015 [21/07/2015]

    Hortas comunitárias e agricultura urbana, artigo de Roberto Naime Plutão seja Aqui, artigo de Efraim Rodrigues Déficit de chuvas no Brasil vem aumentando e se tornando mais grave nas últimas décadas A caminho de uma Terra sem água? Pegada hídrica e o uso consciente da água nas metrópoles. Entrevista com Vanessa Empinotti Novo radar orbital vai melhorar fiscalização do desmatamento na Amazônia Até 119 milhões de árvores viraram fumaça em áreas protegidas da Amazônia entre 2012-2014 CFBio

Hortas comunitárias e agricultura urbana, artigo de Roberto Naime

  Crianças em uma das 126 hortas escolares de Belo Horizonte. Foto: FAO   [EcoDebate] Já é uma tendência mundial e se ainda não chegou com a força e a vitalidade que merecia ao Brasil, isto decorre da ausência de maior organização na sociedade civil e da histórica carência de gestão no setor público. As hortas comunitárias são uma expressão de realidade já relevante em cidades europeias e demonstram que é só querer

Plutão seja Aqui, artigo de Efraim Rodrigues

    [EcoDebate] Foi um feito de engenharia. Decolar um foguete tão rápido que passou pela Lua em poucas horas, e seguiu na mesma velocidade por nove anos até chegar em Plutão, de onde começou a mandar as fotos nesta semana. Eu entendo a alegria dos engenheiros quando a coisa toda dá certo. Em meu laboratório, comemoramos coisa muito menor, como medir temperaturas a 100 m de distância. Essas coisas tem infinitos modos

Déficit de chuvas no Brasil vem aumentando e se tornando mais grave nas últimas décadas

  Por Elton Alisson, de São Carlos | Agência FAPESP     O déficit de chuvas em todo o Brasil vem aumentando nas últimas décadas e se tornando mais grave nos últimos anos. A região Sudeste do país, por exemplo, que enfrentou em 2014 e 2015 o maior período de estiagem dos últimos 70 anos, entrará em meados de agosto – quando se inicia a estação mais seca do ano – com menos água do

A caminho de uma Terra sem água?

  Crise hídrica brasileira é parte de fenômeno global. Consumo abusivo de recurso renovável, porém limitado, pode gerar, em trinta anos, inferno de desabastecimento e guerras.     A reportagem é de Elianne Ros, publicada por Outras Palavras, 16-07-2015. Em 2030, a população mundial deverá ser de uns 8,5 bilhões de pessoas e, se a humanidade continuar a viver do mesmo modo, o déficit de água doce do planeta chegará a 40%, diz informe das

Pegada hídrica e o uso consciente da água nas metrópoles. Entrevista com Vanessa Empinotti

  “O manejo e a gestão da água nas metrópoles poderiam assumir uma nova dimensão ao proporcionar uma reflexão sobre o modelo predominante utilizado hoje para garantir a sua segurança hídrica e o acesso à agua por seus habitantes e atividades econômicas”, afirma a engenheira agrônoma. Imagem: plantevida.com.br  Além de ser um método para “identificar a quantidade de água alocada durante o processo produtivo”, a pegada hídrica pode ser um instrumento importante no

Novo radar orbital vai melhorar fiscalização do desmatamento na Amazônia

  O trabalho de detecção do desmatamento na Amazônia vai ficar mais eficiente, em breve, com o uso de um radar orbital capaz de monitorar a região mesmo quando o tempo está encoberto por nuvens. O contrato de financiamento para a compra de imagens de radares acoplados a satélites foi assinado ontem (20) no Ministério da Defesa, pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipan) e o

Até 119 milhões de árvores viraram fumaça em áreas protegidas da Amazônia entre 2012-2014

  Araújo, E., Barreto, P., & Martins, H. 2015. Áreas Protegidas críticas na Amazônia no período de 2012 a 2014. (p. 20) Belém: Imazon.Em geral, as Unidades de Conservação (UCs) têm sido uma das medidas mais eficazes contra o desmatamento na Amazônia e, consequentemente, para a redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE). Mas, algumas delas se encontram em situação crítica de desmatamento. Geralmente, essas áreas apresentam ocupações irregulares e estão em regiões de influência de grandes

CFBio regulamenta atuação do biólogo em Gestão Ambiental

    Resumo: O biólogo está técnica e legalmente habilitado a atuar em 45 áreas da Gestão Ambiental. Com o objetivo de regulamentar a atuação do biólogo na Gestão Ambiental de atividades e de empreendimentos públicos e privados, o Conselho Federal de Biologia (CFBio) publicou no dia 12 de junho a Resolução nº 374/2015, que reitera que o biólogo é o profissional técnica e legalmente habilitado para atuar em Gestão Ambiental, incluindo elaboração,

Belo Sun Mining – Indios Yudjá pedem consulta sobre mineração que quer extrair ouro no Xingu

  Mapa: ISA   A região onde a empresa quer operar é a que vai sofrer os maiores impactos de Belo Monte. MPF/PA, Funai e UFPA reuniram com os índios para debater o direito de consulta O cenário da Volta Grande do rio Xingu, em Altamira, oeste do Pará, é um deslumbrante labirinto de ilhas, praias, pedrais e floresta virgem, principalmente agora, no alto verão amazônico, quando o rio seca e as temperaturas sobem

Deep Web, o lado obscuro da internet, esconde crimes, fraudes e negociações anônimas

  Imagem: securityaffairs.co   Pesquisadora explica que área que garante sigilo dos usuários é utilizada de forma criminosa para venda de armas, negociação de drogas e pedofilia O uso da Internet tem crescido ao longo dos anos no Brasil. Segundo dados da Pesquisa Brasileira de Mídia, realizada pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República, indica que 76% das pessoas acessam a rede mundial de computadores todos os dias, com uma exposição média diária

Top