Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.331, de 29/06/2015

    Perversão legal, artigo de Montserrat Martins Além da realidade econômica, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira Especialista alerta para degradação e desertificação no Semiárido É possível despoluir Lagoa Rodrigo de Freitas até Olimpíadas, diz especialista Seminário define lista de recomendações para promoção de políticas públicas de fomento agroecológico RJ: 4.500 hectares são reflorestados em iniciativa do Comitê Guandu COP21, Paris: Proposta do Observatório do Clima sugere 35% de redução em

Perversão legal, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] O Odebrecht deve estar arrependido de não ser banqueiro, onde poderia lucrar à vontade, com leis e governos sempre a favor. Entre 1980 e 2014, o Estado brasileiro aplicou 861 bilhões em investimentos e 3 trilhões e 584 bilhões com o pagamento de juros, dado publicado pelo jornalista Clóvis Rossi, da Folha de São Paulo, que não foi manchete daquele jornal e de nenhum outro do país – quem

Além da realidade econômica, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira

    [EcoDebate] A afirmação a seguir é do jornalista e educador norte-americano Richard Heinberg: “O crescimento econômico que conhecemos é coisa do passado. O crescimento de que estamos falando consiste na expansão do tamanho da economia como um todo (com mais pessoas obtendo bens e serviços e mais dinheiro circulando) e nas quantidades de energia e de bens materiais fluindo através dela”. Para Heinberg, a questão é uma só: há de se

Especialista alerta para degradação e desertificação no Semiárido

  “O processo de degradação e de desertificação está em marcha acelerada no Semiárido, então alguma coisa tem que ser feita e agora temos um agravante que é o aquecimento global”. O professor João Ambrósio de Araújo Filho é grande entendedor do Semiárido brasileiro. Possui vasta experiência no assunto manejo agrossilvipastoril da Caatinga. Ao longo de sua trajetória, realizou pesquisas de grande relevância social e ambiental para a região. Recentemente, ele

É possível despoluir Lagoa Rodrigo de Freitas até Olimpíadas, diz especialista

    A Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, que será um dos palcos das Olimpíadas de 2016 nas provas de remo, pode ser completamente despoluída até o início das competições, em agosto do próximo ano, evitando cenários que se repetem periodicamente, de grande mortalidade de peixes, garante o professor da Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro Paulo Cesar Rosman. Integrante do Departamento de Recursos Hídricos e Meio

Seminário define lista de recomendações para promoção de políticas públicas de fomento agroecológico

  Foto: 14ª Jornada de Agroecologia / Página do MST   A inclusão permanente do tema agroecologia em grupos de trabalho da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), a criação de mecanismos de cooperação entre países e a promoção de políticas públicas de fomento agroecológico são algumas das 18 recomendações no documento final elaborado pelos participantes do Seminário Regional sobre Agroecologia na América Latina e Caribe. O evento teve início na última quarta-feira

RJ: 4.500 hectares são reflorestados em iniciativa do Comitê Guandu

    Enquanto o Supremo Tribunal Federal (STF) aguarda que os estados atingidos pela crise hídrica apresentem um plano que amplie as metas para a recuperação e conservação da vegetação nativa nas margens de nascentes, rios e reservatórios do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo, o Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Guandu, da Guarda e Guandu-Mirim (Comitê Guandu) já desenvolve programas de reflorestamento no estado do Rio há mais

COP21, Paris: Proposta do Observatório do Clima sugere 35% de redução em relação às emissões de 2010

    OC lança proposta de meta para o Brasil em Paris. Documento aponta medidas para limitar emissões em 2030 a 1 bilhão de toneladas de CO2 por ano   As emissões de gases de efeito estufa do país ficam limitadas a 1 bilhão de toneladas de gás carbônico equivalente até 2030. O número representa 35% de redução em relação às emissões de 2010. Para concretizar o plano, o Observatório do Clima lista o

Inscrições abertas para seminário gratuito na FIRJAN sobre mudança do clima e gestão de recursos hídricos

    Ministro da Divisão de Clima do Itamaraty discutirá as perspectivas para a COP21 no Seminário Ação Ambiental. Casos de sucesso de gestão da água e lançamento do Manual de Licenciamento Ambiental também serão destaques do evento, que acontece em 30 de junho e 1º de julho Para debater os desafios sobre a mudança do clima e o uso eficiente da água, o Sistema FIRJAN promove, gratuitamente, nos próximos dias 30 de junho

Alemanha fecha a mais antiga usina nuclear e mantém meta de blecaute nuclear total no país até 2022

    A central atômica de Grafenrheinfeld, a mais antiga em funcionamento na Alemanha, encerrará definitivamente neste sábado sua atividade, dentro do plano desenhado pelo governo após a catástrofe da usina japonesa de Fukushima e que fixa para 2022 o blecaute nuclear total no país. Matéria da EFE, no UOL Notícias. Grafenrheinfeld, administrada por E.ON, estava em funcionamento há 33 anos e é a primeira central a fechar na segunda fase desta estratégia

Top