Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.277, de 01/04/2015

    A desigualdade no século XXI segundo Thomas Piketty, por José Eustáquio Diniz Alves e Miguel Antônio Pinho Bruno Saiba Mais - Política Nacional De Recursos Hídricos, por Antonio Silvio Hendges Os céticos de clima no Brasil 1: Colaboração da Mídia, artigo de Philip M. Fearnside Para MPF, legislação não admite criação de camarões em área de manguezal Ambientalistas propõem adaptação a mudanças climáticas com base em ecossistema Preservação dos polinizadores será política pública no Brasil Estados

A desigualdade no século XXI segundo Thomas Piketty, por José Eustáquio Diniz Alves e Miguel Antônio Pinho Bruno

  “A Terra tem o suficiente para a necessidade de todos, mas não para a ganância de uns poucos" Mahatma Gandhi “Está em xeque o modelo que traz muitos benefícios para poucos, poucos benefícios para muitos e nenhum benefício para a natureza e a biodiversidade” (ALVES, 2014)     [EcoDebate] A desigualdade entre ricos e pobres está atingindo uma proporção absurda. A riqueza combinada da parcela de 1% mais rico do mundo cresceu de 44%

Saiba Mais – Política Nacional De Recursos Hídricos, por Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A Política Nacional de Recursos Hídricos – Lei 9.433/1997 - teve como base para sua elaboração uma legislação anterior do Estado do Rio Grande do Sul, a lei estadual 10.350/1994, que implantou no Estado do RS a Política Estadual de Recursos Hídricos, com base no modelo de gestão francês a partir do estágio realizado em 1991 neste país europeu por componentes da Comissão Consultiva do Conselho de Recursos Hídricos

Os céticos de clima no Brasil 1: Colaboração da Mídia, artigo de Philip M. Fearnside

    [Amazônia Real]  O Brasil, assim como muitos países, tem um pequeno número de céticos de clima, alguns dos quais são frequentemente procurados pelos meios de comunicação. No entanto, eles nunca ganharam poder e influência política. A influência dos céticos no Brasil tem sido muito diferente do que nos Estados Unidos, onde essa visão predomina no partido político que atualmente controla as duas casas do Congresso (e.g., [1]). Nos EUA há forte

Para MPF, legislação não admite criação de camarões em área de manguezal

  Parecer do MPF defende que a carcinicultura em preservação ambiental é uma atividade altamente nociva ao meio ambiente e não pode ser liberada com base no Novo Código Florestal     O Ministério Público Federal (MPF) emitiu parecer em que se posiciona contra a liberação da prática da carcinicultura em Área de Preservação Permanente (APP). O documento foi encaminhado à Quarta Turma do Tribunal Regional Federal da 5.ª Região (TRF5), que julgará recurso

Ambientalistas propõem adaptação a mudanças climáticas com base em ecossistema

    A Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente promove hoje (1º) debate com especialistas sobre o tema Mudanças do Clima e Biodiversidade. Um dos trabalhos que serão apresentados, a convite do ministério, aborda o tema Adaptação Baseada em Ecossistemas: Oportunidades para Políticas Públicas em Mudanças Climáticas. O trabalho, elaborado com apoio do Observatório do Clima, será apresentado pelo coordenador de Estratégias de Conservação da Fundação Grupo

Preservação dos polinizadores será política pública no Brasil

  Biodiversidade - Evento reúne especialistas, pesquisadores de universidades e de organismos internacionais e sociedade civil     O Ministério do Meio Ambiente está traçando os contornos gerais para uma política pública voltada aos polinizadores. O assunto foi discutido por especialistas na área, pesquisadores de universidades e de organismos internacionais e sociedade civil organizada nesta segunda e terça-feira (30 e 31), em Brasília (DF), durante o seminário Projeto GEF Polinizadores Biodiversidade e Agricultura. “A ideia é

Estados Unidos anunciam compromisso de reduzir gases de efeito estufa até 2025

    Os Estados Unidos assumiram ontem (31), perante a Organização das Nações Unidas (ONU), o compromisso de reduzir até 2025 as emissões de gases de efeito estufa (GEE) entre 26% e 28%, em relação aos níveis de 2005. O compromisso ocorreu durante a Convenção Quadro da ONU sobre as Alterações Climáticas (UNFCCC, sigla em inglês). O país é segundo maior emissor de GEE do mundo. Em primeiro está a China. Com a

Nova portaria aperfeiçoa divulgação de lista suja do trabalho escravo

  A ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti, e o ministro do Trabalho, Manoel Dias, assinaram ontem (31) nova portaria interministerial aperfeiçoando a divulgação da lista de empregadores que tenham submetido trabalhadores a condições análogas à escravidão. Uma das mudanças é que a divulgação deixará de ser semestral. De acordo com o ministro Manoel Dias, a lista será atualizada constantemente e novos nomes incluídos à medida

Top