Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.252, de 24/02/2015

    Sustentabilidade e celebração da vida II, artigo de Roberto Naime A crise da água e o Rio Grande do Sul, artigo de Antonio Silvio Hendges Preso grileiro responsável por 20% do desmatamento da Amazônia Programa Produtor de Água começa a apresentar primeiros resultados Confira algumas dicas para recuperar áreas com solo degradado MT: Pesquisa avalia impacto dos agrotóxicos na Bacia do Juruena MPF/MG obtém decisões que impedem danos ambientais ao

Sustentabilidade e celebração da vida II, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Não é fácil haver programação neuronial ou existencial de maneira individual ou treinamento sensibilizatório para que se considere a beleza intrínseca em cada situação de vida, aparentemente singela mas plena de significados. Esta é cada vez mais uma premissa exigida para que haja equilíbrio de vida no atual contexto. Acordar pela manhã, em condição de saúde plena e com disposição e ânimo para enfrentar todos os desafios do dia

A crise da água e o Rio Grande do Sul, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] Uma das notícias com mais repercussão nos últimos meses é a crise de abastecimento de água e a diminuição dos recursos hídricos necessários às diversas atividades humanas e econômicas na Região Sudeste, principalmente nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, para onde está previsto nos próximos meses o colapso quase irreversível da disponibilidade deste recurso fundamental, inclusive com a possibilidade do êxodo de atividades econômicas e cidadãos

Preso grileiro responsável por 20% do desmatamento da Amazônia

Ezequiel Antônio Castanha, o maior grileiro da BR 163, foi preso pelo Ibama no último sábado (21), em Novo Progresso, no Pará. A ação contou com a participação da Polícia Federal e da Força Nacional de Segurança. A prisão preventiva foi decretada pela Justiça Federal de Itaituba por ação movida pelo Ministério Público do Pará.     A prisão de Castanha coroa com êxito a Operação Castanheira, deflagrada pelo Ibama, Ministério Público Federal,

Programa Produtor de Água começa a apresentar primeiros resultados

  Governo estimula política de pagamento por serviços ambientais voltada à proteção hídrica     Por: Rafaela Ribeiro – Editor: Marco Moreira O governo federal, estimulado pelo grande sucesso das ações, estuda a melhor forma de ampliar o Programa Produtor de Água, desenvolvido pela Agencia Nacional de Águas (ANA). Hoje são 38 projetos em execução, abrangendo área de 400 mil hectares, dos quais 40 mil já recuperados. São mais de 1.200 produtores recebendo por serviços

Confira algumas dicas para recuperar áreas com solo degradado

    De forma geral áreas degradadas são aquelas que, após algum tipo de distúrbio, tem seus meios de regeneração eliminados. Isso pode ser fruto de mineração, uso intensivo do solo para fins agropecuários, queimadas consecutivas ou desmatamento. A recuperação dessas áreas tem por objetivo oferecer ao meio ambiente condições para que ele se recupere da degradação sofrida. Os métodos para se recuperar áreas degradadas variam conforme a natureza da degradação. Portanto, o

MT: Pesquisa avalia impacto dos agrotóxicos na Bacia do Juruena

  Estudo acadêmico é financiado por multas e condenações obtidas pelo MPT     O Núcleo de Estudos Ambientais e Saúde do Trabalhador da Universidade Federal de Mato Grosso (Neast/UFMT) estudará o impacto de agrotóxicos na Bacia do Jurema. Uma equipe de pesquisadores esteve nas cidades de Campo Novo dos Parecis, Sapezal e Campos de Júlio (MT), entre 2 a 7 de fevereiro, para divulgar o trabalho e coletar água e sedimentos para análise.

MPF/MG obtém decisões que impedem danos ambientais ao Parque Nacional da Serra da Canastra

  Atividades de pecuária extensiva promovem queimadas clandestinas e retirada da vegetação nativa     O Ministério Público Federal em Minas Gerais (MPF/MG) obteve duas decisões judiciais que irão impedir propriedades situadas no interior e nos limites do Parque Nacional da Serra da Canastra (PNSC) de continuarem degradando o meio ambiente e violando o sistema de proteção integral desse tipo de unidade de conservação. Em uma decisão, proferida pela Justiça Federal em Passos/MG, o ICMBio

Justiça Federal mantém suspensão da licença ambiental do Porto de São Sebastião

    Decisão também impõe estudos mais detalhados para os impactos relativos à mobilidade e ao adensamento populacional na região do litoral norte de São Paulo A pedido do Ministério Público Federal e do Ministério Público de São Paulo, a Justiça Federal manteve, no último dia 12 de fevereiro, a suspensão dos efeitos da licença prévia emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (IBAMA) para ampliação do Porto de São

‘Aumento na produção agrícola mundial não é sinônimo de fim da fome’, afirma FAO

  Trabalhadores agrícolas colhem cenouras em uma fazenda em Chimaltenango, Guatemala. Foto: Banco Mundial/Maria Fleischmann   O modelo de produção agrícola predominante nos dias de hoje não é apropriado para responder aos desafios de segurança do século 21, disse o chefe da Organização da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO), nesta sexta-feira (20), em um Fórum Internacional na França. Para o brasileiro José Graziano da Silva, o mundo precisa de umnovo modelo

Top