Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.229, de 15/01/2015

    Observações sobre os estudo de impacto ambiental e relatórios de impacto ambiental (EIA-RIMA), artigo de Roberto Naime TTIP, tirem as mãos da comida! artigo de Esther Vivas Literatura em barbante, artigo de Bruno Peron Projeto 'Reduzir & Repensar' da USP, campus de São Carlos, ganha destaque na ONU Lixo da indústria de alimentos pode virar energia limpa Projeto da Embrapa quer valorizar cadeia produtiva do dendê Pesquisa feita no Rio

Observações sobre os estudo de impacto ambiental e relatórios de impacto ambiental (EIA-RIMA), artigo de Roberto Naime

  [EcoDebate] As práticas de elaboração de estudos de impacto ambiental evoluíram a partir de práticas americanas e europeias e foram regulamentados no Brasil pela Resolução 001/86 de 23 de janeiro de 1.986 pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA). A legislação brasileira, que é aquela que vamos interpretar e buscar sempre atender propõe que sejam entendidos 4 pontos fundamentais para os estudos. Inicialmente deve ser desenvolvida uma compreensão do significado do projeto.

TTIP, tirem as mãos da comida! artigo de Esther Vivas

    Uma ameaça paira sobre as políticas agroalimentares na Europa. Trata-se do Tratado de Livre Comércio entre os Estados Unidos e a União Europeia, mais conhecido como TTIP, a sua sigla em inglês, a longa sombra do agronegócio que se estende do campo ao prato. Como vampiros em busca de sangue, as multinacionais do setor esperam lucrar, e muito, com estas novas medidas de liberalização comercial. Mas o que é o TTIP?

Literatura em barbante, artigo de Bruno Peron

    Nesta oportunidade, chamo a atenção do leitor para um gênero literário através do qual brasileiros se descobrem fielmente: a literatura de cordel. A literatura de cordel destaca a importância de expressões culturais autênticas e tradicionais no Brasil, desperta o interesse geral em leitura, e trata literatura como uma atividade prazerosa e massageadora das aptidões do espírito. Esse gênero literário não usa, portanto, uma linguagem enfadonha sobre temas estranhos que poucos conseguem

Projeto ‘Reduzir & Repensar’ da USP, campus de São Carlos, ganha destaque na ONU

  O projeto de ação “Reduzir & Repensar”, desenvolvido nos restaurantes universitários do campus de São Carlos da USP com o objetivo de diminuir o desperdício de alimentos pelos usuários do serviço, ganhou destaque no concurso “PensarComerConservar“, promovido por meio da iniciativa “Save Food”, uma parceria entre o Programa para o Meio Ambiente e a Organização para Alimentação e Agricultura, ambos vinculados à Organização das Nações Unidas (ONU). O concurso teve como

Lixo da indústria de alimentos pode virar energia limpa

  Pesquisadores do Cempeqc/Unesp desenvolvem metodologia para produzir hidrogênio a partir de águas residuárias do beneficiamento da laranja (fotos: divulgação e Wikimedia)   Por Karina Toledo Agência FAPESP – Pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Araraquara (SP) estudam a viabilidade de usar a água residuária da indústria de suco de laranja para produzir hidrogênio – uma fonte de energia renovável, inesgotável e não poluente. A pesquisa, apoiada pela FAPESP, está em andamento no Centro

Projeto da Embrapa quer valorizar cadeia produtiva do dendê

O projeto tem as vertentes de estudar a genética da planta e desenvolver soluções para os produtos do fruto   Projeto valoriza o dendê. Foto: Daniela Collares A planta do dendê, chamada de palma-de-óleo, é considerada a com maior potencial entre as fontes de óleo para a produção de biodiesel, além de abastecer a indústria de alimentos. No entanto, a disponibilidade de sementes de qualidade, o aumento do número de variedades disponíveis e

Pesquisa feita no Rio Tietê revela técnica para despoluição de águas contaminadas

  , Resultados de pesquisa iniciada em 2013 pelo Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade de São Paulo (USP) revelam a possibilidade de aplicação de medidas visando a despoluição de águas contaminadas por metais pesados e agroquímicos. A pesquisa fornece também elementos que levam à descoberta de antibióticos eficazes contra bactérias resistentes à ação de remédios atualmente. No que se refere à despoluição de águas contaminadas, o estudo mapeia a diversidade

Abertura de poços fora de normas técnicas não resolve problema do desabastecimento. Entrevista com Reginaldo Bertolo

  “Se houver uma superexplotação de aquíferos em larga escala, numa vazão total dos poços maior que a quantidade de água infiltrada nos aquíferos pela chuva, haverá um abaixamento dos reservatórios subterrâneos”, alerta o pesquisador. Foto: Águas Americanas A crise de abastecimento de água vivida pela cidade de São Paulo trouxe à tona, mais uma vez, o que parecia ser uma grande ideia. Ora, se o sistema público não está “dando conta” de

PR: Produtores rurais são orientados sobre segunda fase do inventário florestal

    A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema) e o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) estão orientando os agricultores paranaenses que vivem nas regiões Noroeste, Norte Central, Norte Pioneiro e Oeste do Estado sobre o início da segunda fase do Inventário Florestal. O inventário é um levantamento detalhado sobre a quantidade e qualidade das florestas e que está sendo realizado no Paraná em três fases. A partir desta terça-feira (13),

Top
Betway Casino Roulette Image Banners
Betway Casino Roulette Image Banners