Superbactéria ameaça banhistas no cartão postal do RJ, por Márcia Pimenta

O cidadão carioca já se acostumou com os maus tratos infligidos por seus políticos à nossa cidade ainda maravilhosa (até quando?). A cidade, que é linda por natureza, não aguenta mais tanta irresponsabilidade, incompetência e hipocrisia.

Enquanto em Nova York o Prefeito Eduardo Paes é anunciado como novo presidente do C40 de Liderança Climática das Cidades, a falta de saneamento básico emporcalha rios, lagoas e praias e ameaça a saúde dos cidadãos.

Hoje acordamos com mais esta novidade; o Instituto Oswaldo Cruz alerta que bactérias resistentes à maioria dos antibióticos disponíveis foram encontradas num dos principais rios da cidade, o Carioca: “Um dos locais contaminados fica próximo à Praia do Flamengo e é frequentado por banhistas e pessoas que gostam de pescar”. Segundo o estudo, os micro-organismos saíram do universo hospitalar, é resistente á remédios e pode causar infecção urinária e pulmonar.

Se meio ambiente saudável e qualidade de vida dos cidadãos não sensibilizam mais nossos governantes, apelamos para a parte mais sensível do corpo humano; o bolso! De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cada dólar investido em saneamento gera uma economia de quatro dólares em tratamento de doenças de veiculação hídrica.

Segundo a ONG Instituto Trata Brasil ”o custo de uma internação por infecção gastrintestinal no Sistema Único de Saúde (SUS), em 2013, o foi de cerca de R$ 355,71 por paciente na média nacional. Isso acarretou despesas públicas de R$ 121 milhões no ano. A universalização do saneamento traria uma economia anual de R$ 27,3 milhões.

Obras de mobilidade urbana para desafogar o trânsito e diminuir a asfixia gerada pelas emissões veiculares são necessárias, mas há muito mais a fazer. O Rio não merece completar 450 anos “afogado” em coliformes fecais e bactérias.

Márcia Pimenta, Jornalista com especialização em gestão ambiental, é Articulista do Portal EcoDebate e publica o blogue Pimenta no Meio

Publicado no Portal EcoDebate, 17/12/2014


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Top