Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.158, de 22/09/2014

    Comércio justo no supermercado? artigo de Esther Vivas Alimentos orgânicos uma opção de vida e um bom negócio MPF/MG recomenda que Copam não aprecie pedido de licença ambiental do mineroduto Minas Rio Cadastro Ambiental Rural (CAR) não evita desmatamento ilegal em imóveis cadastrados Desmatamento em alta, artigo de Marco Gonçalves Proteção das Terras Indígenas (TI) em 'xeque' Pedestres e ciclistas ainda são excluídos de espaços públicos na América Latina Veja as propostas

Comércio justo no supermercado? artigo de Esther Vivas

    [EcoDebate] Apesar de “supermercado justo” ser um oximoro, onde o primeiro conceito anula o segundo e vice-versa, são numerosos os casos de grandes cadeias de distribuição que contam nas suas linhas com produtos certificados como justos e solidários. Alguns dos maiores supermercados a nível mundial, como Wal-Mart e Tesco, vendem alimentos de comércio justo e promovem marcas próprias, dotando-se de uma imagem responsável e equitativa. O mesmo fazem em Espanha

Alimentos orgânicos uma opção de vida e um bom negócio

    Para alguns uma opção de vida, para outros um negócio e, para muitos, algo que não faz parte de seu cotidiano. Esta ainda é uma realidade dos produtos orgânicos que precisa ser modificada para dar acesso a uma alimentação mais saudável a todos. A agricultura orgânica se insere nas agriculturas de base ecológica que incluem os diferentes estilos de agricultura que se desenvolveram ao redor do mundo, como a convencional, transgênica,

MPF/MG recomenda que Copam não aprecie pedido de licença ambiental do mineroduto Minas Rio

    Em outra recomendação, MPF questiona falta de estudos técnicos sobre os impactos do empreendimento Morro do Pilar Minerais A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), órgão do Ministério Público Federal (MPF), recomendou ao secretário de estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais, Alceu José Torres Marques, que é também o presidente do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam), a retirada de pauta do pedido de concessão da

Cadastro Ambiental Rural (CAR) não evita desmatamento ilegal em imóveis cadastrados

    O Cadastro Ambiental Rural foi criado com o intuito de possibilitar, aos órgãos responsáveis pela gestão ambiental, exercer controle sobre a situação da cobertura florestal dos imóveis e assentamentos rurais em todo o país. Sua efetividade, no entanto, depende da capacidade desses órgãos em realizar o monitoramento e a fiscalização, tanto das informações fornecidas pelos proprietários no ato do cadastramento quanto das mudanças no uso do solo nas propriedades. Vários profissionais

Desmatamento em alta, artigo de Marco Gonçalves

    O material publicado em jornais, revistas e sites noticiosos nos últimos 20 dias sobre a Amazônia foi dominado pelos resultados da Operação Castanheira, que desbaratou uma quadrilha especializada em grilagem de terras no Pará; pela reportagem da Folha de S.Paulo sobre os “descaminhos” gerados pela falta de gestão ao longo da BR-163; pelos atrasos na divulgação dos dados decorrentes do monitoramento da cobertura florestal na Amazônia e, por fim, pela

Proteção das Terras Indígenas (TI) em ‘xeque’

  Abandonados pelo poder público e pelas entidades que deveriam garantir seus direitos, indígenas assumem as trincheiras de batalha para garantir a preservação suas terras, contra a ação de madeireiros ilegais   No final de agosto o Governo divulgou, depois de mais de três anos de silêncio, os dados da degradação florestal na Amazônia. Superficialmente conclui-se que houve uma queda geral dos índices. Mas uma análise mais apurada aponta para um fato preocupante:

Pedestres e ciclistas ainda são excluídos de espaços públicos na América Latina

  Na América Latina, as pessoas contam com apenas 4% de espaço exclusivo. Espaços públicos de qualidade e meios de transporte que cheguem aos mais vulneráveis é essencial para reduzir a desigualdade e a pobreza, diz especialista.     Um rápido passeio pelo centro de qualquer grande cidade latino-americana será suficiente para saber quem manda nas ruas. Enquanto cerca de cem milhões de carros – um para cada cinco pessoas – circulam diariamente pelas

Veja as propostas dos(as) candidatos(as) à Presidência para a política externa

  O fortalecimento do Mercosul e da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) estão entre as principais promessas dos candidatos à Presidência da República em relação à política externa. A preocupação em ampliar acordos com outros blocos também aparece na maior parte dos programas de governo apresentados à Justiça Eleitoral. E mesmo com a divergência de alguns sobre pontos como a busca por um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações

IBGE informa erro nos resultados da PNAD 2013

    O IBGE vem a público, por meio desta nota, informar que foram verificados erros nos resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2013, após a sua divulgação, ontem (18/09/2014). Os erros ocorreram no processo de expansão da amostra da PNAD 2013, o que provocou alterações nos resultados de sete estados: Ceará, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. A PNAD é uma pesquisa por amostragem

Após correção de erro, PNAD 2013 mostra queda na desigualdade no país e não aumento

    O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na noite de sexta-feira (19) uma correção da análise de dados e microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) divulgada na quinta-feira (18), o que levou a erro em alguns resultados das estimativas. O índice de Gini, por exemplo, que mede a desigualdade no país, em 2012 estava em 0,496 e, em 2013, caiu para 0,495, o que mostra

Top