Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.102, de 25/06/2014

    A Guerra Civil do Iraque e o Pico do petróleo, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Suape: promessas não cumpridas (2), artigo de Heitor Scalambrini Costa Monitorar qualidade da água é questão de saúde pública Do campo à cidade: as secas agora afetam a população urbana brasileira A seca: inimiga silenciosa do Brasil e da América Latina Brasil tem condições de chegar ao desmatamento zero, diz secretário do MCTI Comunidades

A Guerra Civil do Iraque e o Pico do petróleo, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A guerra civil no Iraque pode desencadear uma grande crise internacional ao reduzir a oferta global de petróleo e antecipar o Pico de Hubbert (ou Pico do Petróleo). A guerra Iraque-Irã, quando ainda havia abundância, iniciada em 1980, aumentou o preço da energia e provocou uma forte recessão na economia global, gerando uma década perdida para muitos países. A situação atual pode ser mais grave, porque o mundo continua viciado

Suape: promessas não cumpridas (2), artigo de Heitor Scalambrini Costa

  Suape. Foto: Fotoimagem   [EcoDebate] O Complexo Industrial Portuário de Suape (CIPS), chamado por segmentos da sociedade pernambucana de “joia da coroa”, “locomotiva do desenvolvimento”, “poupança do povo”, “redenção do Nordeste”, e “Eldorado”, entre outros, vive momentos de desnudamento de uma realidade cruel. Movimentos sociais, ao longo dos anos, têm denunciado questões referentes à ação da empresa Suape – como a imoralidade dos procedimentos judiciais que tramitam na Vara Privativa da Fazenda Pública

Monitorar qualidade da água é questão de saúde pública

    [Por Larissa Straci, para o EcoDebate] Monitoramento de parâmetros relaciona alterações nas características físicas, químicas e biológicas da água. Processo é fundamental para mensurar os índices de qualidade dos recursos hídricos, especialmente da água direcionada ao abastecimento público A água do planeta sofre constantes transformações, se renova e é reutilizada. Uma das principais transformações que a água sofreu no último século é a crescente contaminação, problema que afeta especialmente as grandes

Do campo à cidade: as secas agora afetam a população urbana brasileira

  A falta de chuva diminuiu o volume de água do Sistema Cantareira, que abastece São Paulo. Foto: Sabesp/Divulgação/ABr São Paulo, com 11 milhões de habitantes, vive a pior seca em 80 anos.   Mudanças climáticas e o aumento no consumo de água ameaçam o abastecimento em algumas das principais cidades, algo inimaginável há alguns anos Até pouco tempo atrás, no imaginário coletivo dos brasileiros, a seca ainda era um problema exclusivo da região nordeste, uma

A seca: inimiga silenciosa do Brasil e da América Latina

  A falta de água gera mais vítimas que a combinação de terremotos e furacões. O fenômeno afetou a 2 bilhões de pessoas no mundo no último século. Na América Latina hoje há mais conhecimento sobre o tema e que a capacidade dos governos é maior do que há 10 ou 20 anos. Países com diferentes regimes climáticos estão se unindo e vendo o que necessitam para fazer frente às secas. A seca é

Brasil tem condições de chegar ao desmatamento zero, diz secretário do MCTI

    Em entrevista a programa televisivo, o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Carlos Nobre, destacou a viabilidade de o país reduzir ainda mais o desmatamento e contribuir para a diminuição das emissões de gases de efeito estufa. “Há condições plenas de chegarmos ao desmatamento zero”, afirmou o climatologista. Na conversa com o jornalista José Roberto de Toledo, no programa A

Comunidades tradicionais litorâneas correm risco de desaparecer

  Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil   Comunidades indígenas, quilombolas e caiçaras que vivem no litoral entre o Rio de Janeiro e São Paulo correm o risco de desaparecer. Elas sofrem com a grilagem de terras na Serra do Mar, com o turismo de escala e com a falta de políticas públicas, como educação e infraestrutura. Para chamar a atenção sobre esses grupos, o Fórum das Comunidades Tradicionais de Angra, Paraty e Ubatuba lança

Povos indígenas e camponeses alimentam o mundo com menos de um quarto da terra agrícola mundial

    Aqueles que fazem parte das organizações camponesas e indígenas mundo afora e todos aqueles que mantêm alguma proximidade e solidariedade com suas lutas sabem que a falta de terra e a expulsão do campo são hoje processos extremamente graves. Entretanto, um número considerável de especialistas não deixa de assegurar que a maior parte da terra continua nas mãos dos camponeses e indígenas. O GRAIN realizou uma profunda análise das informações existentes

Copa do Mundo já gerou mais de 43 toneladas de resíduos no DF

    Brasília já foi palco de três jogos da Copa do Mundo e nas duas primeiras partidas foram produzidas 43,2 toneladas de resíduos no Estádio Nacional, o Mané Garrincha, e na área do Taguaparque, destinada à Fifa Fan Fest. Segundo o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) do Distrito Federal, 102 garis se dedicam à limpeza do estádio e mais 90 trabalhadores à Fan Fest. No primeiro jogo na capital federal, entre o Equador

Reciclagem de resíduos sólidos: a propaganda é bonita, mas o processo explora os catadores. Entrevista com Alex Cardoso

  “A Política Nacional de Resíduos Sólidos optou por fazer reciclagem investindo nas pessoas, gerando riqueza e conhecimento a partir dos resíduos para incluir e não para excluir”, diz coordenador do Fórum de Catadores de Porto Alegre. Foto: manosso.nom.br Quatro anos depois da publicação da Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS, “menos de 40 municípios contrataram catadores para realizar a coleta seletiva” e apenas 34% deles fizeram um Plano Municipal de Gerenciamento Integrado

Top