Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.077, de 16/05/2014

    Edição n° 51 da revista Cidadania & Meio Ambiente está disponível para acesso e/ou download A fecundidade na adolescência no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Lançado sistema com informações sobre desastres climáticos e seus impactos Mudança climática dificultará acesso à água disponível de grande parte do planeta Conferência 'Adaptation Futures 2014' discute erros e acertos na adaptação às mudanças climáticas Desmatamento nas bacias hidrográficas agravou crise da água

Edição n° 51 da revista Cidadania & Meio Ambiente está disponível para acesso e/ou download

  Prezadas(os) Leitoras(es) do EcoDebate e da revista Cidadania & Meio Ambiente Informamos que a edição n° 51 da revista Cidadania & Meio Ambiente, ISSN 2177-630X, já está disponível para acesso e/ou download na página do Portal EcoDebate.   Capa da edição n° 51 da revista Cidadania & Meio Ambiente   Vejam, abaixo, o sumário da edição:   As edições da revista, na versão on-line, também estão disponíveis, no formato do Acrobat Reader, para livre acesso ou download

A fecundidade na adolescência no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  A universalização dos serviços de saúde sexual e reprodutiva é de fundamental importância para reduzir a gravidez não desejada na adolescência, aumentar a autonomia feminina e propiciar o empoderamento dos jovens para efetivar a auto-determinação reprodutiva e o livre exercício da sexualidade (ALVES, 17/11/2013)     [EcoDebate] As taxas de fecundidade caíram de forma acelerada no Brasil nos últimos 50 anos. Em 1960, a Taxa de Fecundidade Total (TFT) era de 6,3 filhos

Lançado sistema com informações sobre desastres climáticos e seus impactos

    Cristiane d'Avila, AFN   A consolidação da parceria entre meteorologistas, climatologistas, Defesa Civil e especialistas em saúde pública foi, na opinião dos palestrantes e do público, o destaque do seminário Eventos climáticos extremos, desastres e impactos sobre a saúde - o que dizem os sistemas de informação?, realizado no Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica (Icict/Fiocruz). Iniciativa do Observatório de Clima e Saúde, do Laboratório de Informação em Saúde (Lis/Icict), o

Mudança climática dificultará acesso à água disponível de grande parte do planeta

    Menos água nas regiões secas, ainda mais inundações, fluxos de rios modificados, contaminação... O aquecimento global transformará radicalmente o mapa do acesso à água e acirrará as tensões em torno desse recurso vital. Matéria da AFP, no UOL Notícias. O aquecimento previsto ao longo do século XXI e a pressão demográfica reduzirão a quantidade de água disponível tanto na superfície como nas camadas inferiores do solo na bacia do Mediterrâneo, na

Conferência ‘Adaptation Futures 2014’ discute erros e acertos na adaptação às mudanças climáticas

    Participantes do Adaptation Futures 2014, em Fortaleza, vão redigir relatório e levar conclusões aos formuladores de políticas públicas   Comunidades de diferentes partes do mundo estão colocando em prática planos de adaptação às mudanças climáticas, cujos efeitos – como a elevação do nível do mar e o aumento na frequência de enchentes, estiagens, ondas de frio e calor intenso – começam a ser sentidos pela humanidade e tendem a se intensificar nos

Desmatamento nas bacias hidrográficas agravou crise da água em SP

  Sistema Cantareira perdeu 70% de mata em duas décadas. Cobertura vegetal aumenta a vida útil dos reservatórios, além de prolongar tempo de abastecimento durante seca. Depois de atingir o menor nível já registrado – apenas 8,4% da sua capacidade –, o sistema Cantareira, principal fornecedor de água da região metropolitana de São Paulo, vai em busca das últimas gotas. Nesta quinta-feira (15/05), a Sabesp inicia uma operação emergencial para

RO: especialistas discutem novos estudos de impacto das usinas do Madeira

  Debate será na próxima terça-feira, 20 de maio, no auditório da OAB, a partir das 14h   Localização da Usina Hidrelétrica Jirau. Foto: Reprodução/Energia Sustentável do Brasil   Para discutir a necessidade de novos estudos de impacto ambiental das usinas hidrelétricas no rio Madeira após a cheia histórica de 2014, seis instituições vão realizar um debate na próxima terça-feira, 20 de maio, com especialistas reconhecidos nacional e internacionalmente. A iniciativa de promover o debate

Crimes contra animais em extinção: lucros chegam a 10 bilhões de dólares, afirma ONU

  Rinocerontes-de-sumatra, espécie ameaçada de extinção. Seus chifres são cobiçados por caçadores. Foto: Charles W. Hardin (Creative Commons)   O diretor executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), Yury Fedotov, afirmou nesta terça-feira (13) que, com lucros anuais entre 8 e 10 bilhões de dólares, os crimes contra a vida silvestre e o meio ambiente são comparáveis ao lucro obtido com o tráfico humano, de armas e de drogas.

Comissão Pró-Índio promove oficina sobre políticas públicas para comunidades quilombolas

    Com o objetivo de compartilhar e refletir sobre os resultados do mapeamento de políticas públicas realizado no âmbito Programa Quilombos de Parceiros da ICCO, a Comissão Pró-Índio de São Paulo realiza a oficina Políticas de Desenvolvimento e Inclusão produtiva para Quilombolas: construindo estratégias conjuntas de incidência. O evento será em Belém entre os dias 20 e 22 de maio. O mapeamento de políticas públicas para comunidades quilombolas, realizado entre dezembro de

Justiça aceita denúncia do MPF/RJ contra seis acusados do atentado no Riocentro

    Juíza reconheceu que crimes são contra a humanidade e imprescritíveis A Justiça Federal aceitou na última terça-feira, 13 de maio, a denúncia do Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF/RJ) contra seis pessoas por envolvimento no atentado a bomba no Riocentro, em Jacarepaguá, no dia 30 de abril de 1981, durante a realização de um show para comemorar o Dia do Trabalhador. Com a decisão, pela primeira vez na história

‘O Capital no século XXI’: A esquerda abandonou a luta pela igualdade

    A problemática das desigualdades retoma o tema da esquerda, relação essa que se esfumaçou. A esquerda esqueceu-se – ou, talvez, seja melhor dizer abandonou (conscientemente) – a luta pela igualdade. De acordo com o pensador político italiano Norberto Bobbio, um dos elementos que distingue a esquerda da direita é justamente o lugar e a importância concedidos à igualdade. Mas, nas últimas décadas – marcadas por uma nova revolução tecnológica, pela emergência

Top