Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.053, de 09/04/2014

    O Cairo+20 e a agenda da CIPD pós-2014, artigo de José Eustáquio Diniz Alves UTI ambiental: revitalização de bacias hidrográficas I, artigo de Osvaldo Ferreira Valente Alimentos 0 km, além do marketing, artigo de Esther Vivas Espionagem e a Tecnologia de Código Aberto no Governo, artigo de José Rodrigues Filho Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS. O desafio de garantir uma lei de proteção ambiental. Entrevista com Alessandro Soares

O Cairo+20 e a agenda da CIPD pós-2014, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD) das Nações Unidas reuniu 179 países na cidade do Cairo, no Egito, em 1994 e aprovou um Plano de Ação (POA) de 20 anos que representou uma mudança de paradigma com respeito ao debate populacional, à relação entre população e desenvolvimento e às políticas populacionais. A CIPD foi o maior evento de porte internacional sobre temas populacionais até então realizado e

UTI ambiental: revitalização de bacias hidrográficas I, artigo de Osvaldo Ferreira Valente

    [EcoDebate] As nossas bacias hidrográficas estão perdendo a capacidade de produzir água com regularidade. Ou provocam cheias e inundações, conforme notícias frequentes, ou ameaçam com escassez nos períodos de estiagens. Quaisquer dos comportamentos provocam sofrimentos e reações de desconforto ou até de revolta. E se há mudanças no regime de chuvas, com muito mais razão precisamos rever os nossos conceitos de uso das bacias hidrográficas, que, até pela Lei das

Alimentos 0 km, além do marketing, artigo de Esther Vivas

    Falar de produto 0 km está na moda. O movimento Slow Food começou a promover este conceito nos anos 1990 em defesa de uma alimentação local, saudável e de qualidade. O que chamam de comida “boa, limpa e justa”, em oposição à comida “fast food”. No entanto, agora, inclusive bancos como o Catalunyacaixa promovem seus serviços com este lema: “Banco 0 km, banco de proximidade”. O local, e mais ainda

Espionagem e a Tecnologia de Código Aberto no Governo, artigo de José Rodrigues Filho

    [EcoDebate] As revelações de espionagem de Edward Snowden, agente ligado à Agência de Segurança dos Estados Unidos, denominada de NSA, no ano que passou, apontaram enorme fraqueza relacionada com a segurança de tecnologia de informação, não só nas organizações brasileiras, mas em quase todo o mundo. A situação do Brasil e Alemanha foi estarrecedora, quando a nossa Presidente, Dilma Rousseff, e a Primeira Ministra da Alemanha, Angela Merkel, foram focos

Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS. O desafio de garantir uma lei de proteção ambiental. Entrevista com Alessandro Soares

  “Não vejo, mesmo sabendo que em algumas localidades há uma parceria entre catadores e prefeitura, uma confiança no trabalho que pode ser realizado pelos catadores”, constata o biólogo. Fonte: lixoeletronico.org/ De acordo com o Ministério da Saúde, a Lei 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS, contém instrumentos importantes para permitir o avanço necessário ao país no enfrentamento dos principais problemas ambientais, sociais e econômicos decorrentes do manejo inadequado

IPCC reconhece desigualdade como chave para o risco climático. Mas é preciso ir muito além, análise de Alexandre Costa

  No ano passado, o Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática (o IPCC, da sigla em inglês) deu início à divulgação do seu 5º Relatório de Avaliação (ou AR5), começando pelo trabalho do “Grupo I”, que trata das bases físicas da mudança no clima. Esta semana, essa divulgação teve continuidade, com a publicação do Sumário dos trabalhos do “Grupo II”, que lida com “impactos, adaptação e vulnerabilidade”. É comum a esquerda negligenciar esta

Consumidores de sete países querem que empresas respeitem a biodiversidade

  Imagem: Universidade do Estado da Bahia - UNEB   Pesquisa da União para o BioComércio Ético (UEBT), divulgada ontem (8), em Paris, apurou que 87% dos consultados esperam que as empresas respeitem a biodiversidade quando buscam ingredientes naturais para seus produtos. A UEBT é uma associação sem fins lucrativos que promove o Abastecimento com Respeito de ingredientes provenientes da biodiversidade. A pesquisa foi feita em fevereiro deste ano com 7 mil pessoas

ONU alerta para desafios com envelhecimento da população urbana

  Questão está sendo debatida na Conferência da Comissão sobre População e Desenvolvimento em Nova York; idosos devem ser 21% da população mundial até 2050; saúde, educação e proteção dos direitos humanos vão ajudar a assegurar futuro melhor. Idosos devem ser 21% da população mundial até 2050 Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York. A ONU alertou que uma população mais velha e urbana cria novos desafios e oportunidades para os países. A Comissão

Organizações divulgam parecer rechaçando proposta do MJ de alterar demarcações de terras

  Brasília, 04/12/2013 – Índios de várias etnias protestam em frente ao Palácio do Planalto.   As principais organizações indígenas e indigenistas do país tornaram público nesta terça-feira, 08, durante sessão da 9º reunião extraordinária da Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI), em Brasília (DF), um parecer jurídico a respeito de Minuta de Portaria para a “regulamentação” do Decreto nº1775/96, apresentada pelo Ministério da Justiça, José Eduardo Cardozo. No final de novembro do ano

Adolescentes têm seu primeiro contato com bebidas alcoólicas aos 13 anos

  Por Marcela Baggini, do Serviço de Comunicação Social da Prefeitura do Campus de Ribeirão Preto Foram entrevistados 1.995 jovens do ensino médio da cidade de Uberlândia Pesquisa na Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP aponta o que muitos já desconfiavam: garotos têm 2,2 vezes mais chances de cometer exageros relacionados ao consumo de bebidas alcoólicas se comparado a meninas. Participar de atividades de cunho religioso reduz consideravelmente as chances

AP: jornalista é condenado por postagens racistas na internet

    Mensagens foram dirigidas a índios da etnia Guarani-Kaiowá A Justiça Federal condenou o jornalista amapaense Igor Reale Alves por publicações de conteúdo racista em site de rede social. A sentença é resultado de ação ajuizada pelo Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP) em julho de 2013. De acordo com a decisão, Igor Reale Alves vai prestar serviços comunitários na Casa de Apoio à Saúde Indígena do Amapá (Casai) e pagar seis

Top