Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.025, de 27/02/2014

    Equívocos dos Economistas, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira Novos materiais podem realizar fotossíntese artificial para a produção de energia MPF obtém adequação ambiental de propriedade na zona de amortecimento do Parque Nacional da Serra da Canastra COP20: Itamaraty e sociedade civil se preparam para conferência da ONU sobre clima A ameaça dos contaminantes emergentes na água. Entrevista com Wilson Jardim Programa NY-Sun Initiative incentiva boom de energia solar

Equívocos dos Economistas, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira

    [EcoDebate] "A economia é como um organismo faminto em fase de crescimento. Ela consome recursos naturais como árvores, peixes e carvão. Deles, produz energia e bens úteis e cospe resíduos como dióxido de carbono, lixo e água suja. A maioria dos economistas se preocupa com o sistema circulatório do organismo e em como a energia e os recursos podem ser eficientemente alocados. E tende a ignorar seu sistema digestivo: os

Novos materiais podem realizar fotossíntese artificial para a produção de energia

  Pesquisadores da Unicamp desenvolvem moléculas de clorofila artificial capazes de usar energia solar e água para gerar hidrogênio e oxigênio; estudo foi apresentado em evento na Inglaterra (imagem de cloroplastos de planta: Wikimedia) A capacidade de fotossíntese das plantas tem servido de inspiração para cientistas de diferentes áreas tentarem produzir em laboratório materiais artificiais com propriedades semelhantes. Um grupo de pesquisadores do Instituto de Química (IQ) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp),

MPF obtém adequação ambiental de propriedade na zona de amortecimento do Parque Nacional da Serra da Canastra

  Vista parcial do Parque Nacional da Serra da Canastra. Foto: Wikimedia   Entendimento é o de que proteção imposta à unidade de conservação estende-se às propriedades situadas na sua zona de amortecimento Passos. O Ministério Público Federal (MPF) em Passos obteve sentença na Ação Civil Pública nº 284-23.2013.4.01.3804 condenando os três proprietários de um imóvel denominado “Sítio Caju”, localizado na zona rural do município de Delfinópolis/MG, a executarem projeto de adequação ambiental conforme

COP20: Itamaraty e sociedade civil se preparam para conferência da ONU sobre clima

  Imagem: Infoandina   O Ministério das Relações Exteriores promoveu ontem (26) uma reunião entre entidades da sociedade civil e autoridades governamentais que preparam o país para a Conferência das Partes de Lima (COP-20) da Convenção-Quadro das Nações Unidas (ONU) sobre Mudança do Clima. O objetivo é recolher informações e contribuições dos movimentos sociais, setor privado, academia e representantes da sociedade interessados no clima, de forma a obter subsídios para elaboração da posição

A ameaça dos contaminantes emergentes na água. Entrevista com Wilson Jardim

  “Verificamos que as capitais costeiras apresentaram uma água de abastecimento de melhor qualidade quando confrontadas com águas de capitais localizadas no interior do país. Uma das explicações para este fato seria que as capitais costeiras lançam seu esgoto no mar, impactando bem menos os mananciais”, diz o pesquisador. Foto: Nós e a Química (Blogger) Análise recente da água de 20 capitais brasileiras demonstra que há altos índices de contaminantes emergentes, substâncias “não

Programa NY-Sun Initiative incentiva boom de energia solar em Nova York

    Em um terraço no Bronx, com os arranha-céus de Manhattan ao longe, 4.760 painéis solares captam os escassos raios de sol de inverno. "É a maior instalação da história de Nova York", orgulha-se o diretor de vendas do Ross Solar Group, Bob Kline, responsável pela instalação. Esse terraço também é um símbolo do boom da energia solar em Nova York. Matéria de Brigitte Dusseau, da AFP, no Yahoo Notícias. A instalação

Madeireiros expulsos do território dos Awá, a tribo mais ameaçada do mundo

  A campanha global da Survival International para salvar os Awá, a tribo mais ameaçada do mundo, celebrou um grande sucesso esta semana: madeireiros e fazendeiros responsáveis pela destruição da floresta da tribo na Amazônia brasileira estão sendo expulsos. Os primeiros prazos para os invasores deixarem o território expiraram nessa segunda-feira 24 de fevereiro, 2014. De acordo com relatórios da FUNAI (Fundação Nacional do Índio) muitos madeireiros e fazendeiros deixaram a área

MPF pede que Google retire do YouTube vídeos que promovem a intolerância religiosa

    Material dissemina o preconceito contra religiões de origem africana O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro expediu recomendação para que o Google do Brasil retire do YouTube 15 vídeos com mensagens que promovem a discriminação e a intolerância a religiões de matriz africana. O Google deve enviar, no prazo de dez dias, o relatório com as providências adotadas para o cumprimento da recomendação. Veja a íntegra da recomendação aqui e

Top