Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.968, de 27/11/2013

    Anti-neomalthusianismo ou pró-natalismo disfarçado? artigo de José Eustáquio Diniz Alves A Georrastreabilidade da pecuária de corte é viável economicamente? por Sérgio Gomes Tôsto e Ricardo Guimarães Andrade Coral orelha-de-elefante é eficaz contra superbactéria hospitalar MPF discute riscos de liberação de sementes transgêncicas tolerantes ao herbicida 2,4D Pesquisadores querem proteger áreas úmidas e manter unidades de conservação na Amazônia Diante das mudanças ambientais globais, as ciências sociais querem maior integração com

Anti-neomalthusianismo ou pró-natalismo disfarçado? artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A questão populacional sempre foi um tema de disputa ideológica, religiosa e científica. No início da Revolução Industrial e Energética, que começou na segunda metade do século XVIII, as questões demográficas foram debatidas na polêmica entre o pessimista Thomas Malthus e os otimistas William Godwin e o Marquês de Condorcet. Malthus, que se tornou o primeiro professor de economia, era contra o desenvolvimento econômico e, para argumentar a favor

A Georrastreabilidade da pecuária de corte é viável economicamente? por Sérgio Gomes Tôsto e Ricardo Guimarães Andrade

    [EcoDebate] Globalmente, os produtos de origem animal proporcionam um sexto da energia e mais de um terço da proteína da alimentação humana. Parte destes nutrientes vem de material que seria consumido diretamente pelo homem, que é convertido pelos animais em alimentos de alta qualidade. As projeções de consumo indicam grandes aumentos na demanda per capita de produtos de origem animal, principalmente nos países em desenvolvimento. Para atender à demanda crescente, as

Coral orelha-de-elefante é eficaz contra superbactéria hospitalar

  Estudo veiculado na ‘Protein & Peptide Letters’ informa resultado inédito com espécie brasileira de coral   coral orelha-de-elefante (Phyllogorgia dilatata). Foto: Foto: Coral Vivo   Uma das bactérias mais importantes causadora de infecções relacionadas à assistência a saúde (IrAS) e que atinge os pulmões - a  Klebsiellapneumoniae (KPC) - acaba de ganhar um combatente inusitado e promissor: o coral orelha-de-elefante (Phyllogorgiadilatata). A espécie, que ocorre na costa do Brasil, é a primeira nas

MPF discute riscos de liberação de sementes transgêncicas tolerantes ao herbicida 2,4D

    Objetivo é aprofundar debate em torno da possível liberação para uso comercial, decisão que cabe à CNTBio O Ministério Público Federal realiza, no próximo dia 12 de dezembro, em Brasília, audiência pública para discutir os riscos da liberação para uso comercial de sementes de milho e soja geneticamente modificadas tolerantes ao herbicida 2,4D, utilizado para combater ervas daninhas de folha larga. A decisão do uso comercial cabe à Comissão Técnica Nacional

Pesquisadores querem proteger áreas úmidas e manter unidades de conservação na Amazônia

  A biodiversidade e o desenvolvimento sustentável na região amazônica foram temas de debate de especialistas     É importante preservar a biodiversidade não só da Amazônia, mas de outras áreas do planeta. A mensagem é dos participantes do debate "Amazônia, biodiversidade e desenvolvimento sustentável", realizado nesta segunda-feira (25), no 6º Fórum Mundial de Ciência (FMC), no Rio de Janeiro. Coordenada pelo diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Adalberto Val, a mesa

Diante das mudanças ambientais globais, as ciências sociais querem maior integração com as ciências naturais

  Relatório ressalta a importância de se respeitarem os diferentes valores, visões de mundo e crenças como uma das respostas às mudanças climáticas     As ciências sociais são importantes no entendimento e enfrentamento das mudanças ambientais globais, mas precisam de maior integração com as ciências naturais. A ideia foi enfatizada pelos participantes de sessão especial em que Françoise Calloids, da International Social Science Council (ISSC), apresentou o "Relatório do Fórum Mundial de Ciências

Proibidos, falsificados e perigosos, agrotóxicos são vendidos descontroladamente

    A venda descontrolada de agrotóxicos ganhou na internet um novo canal para driblar a lei, dificultando a fiscalização e ampliando o risco à saúde de consumidores e agricultores. A novidade agrava um cenário em que uso exagerado dos químicos na lavoura o consumo cresceu muito acima da área plantada , contaminação da água e dificuldade de identificar eventuais excessos de veneno nos alimentos que chegam à mesa se combinam para

COP19: poucos avanços, acordo mínimo e lobbies do setor privado. Entrevista com Camila Moreno

  “No final de 2015 os países devem acordar um novo regime internacional, que entrará em vigor a partir de 2020. Este novo acordo deve estabelecer obrigações de redução de emissões válidas para todos os países, sucedendo o Protocolo de Kyoto”, diz a pesquisadora. Foto: http://bit.ly/1ekPQQm “É flagrante a ocupação do espaço da convenção por lobbies de grandes empresas poluidoras e do chamado ao setor privado (aos mercados, investidores e da oportunidade de negócios

Abaixo-assinado pela revogação do Acordo Nuclear Brasil-Alemanha em 2014

    Desde 2004, o Brasil aceitou a proposta do Governo Alemão para substituir o ultrapassado Acordo Nuclear por outro, com foco em energias renováveis e eficiência energética. Mas, só 4 anos depois, em 2008, este Acordo foi acertado, mantendo os termos do Acordo Nuclear, de27 de junho de 1975. A Articulação Antinuclear Brasileira, a Coalizão por Um Brasil Livre de Usinas Nucleares, e entidades antinucleares parceiras alemãs iniciam uma campanha para

MPT denuncia Casas Bahia por irregularidade na contratação de trabalhadores temporários

    A rede varejista Casas Bahia pode ser multada em até R$ 5 milhões por irregularidades na contratação de trabalhadores temporários, segundo condenação pedida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), que acusa a empresa de contratar 1.294 trabalhadores temporários sem atender aos critérios estabelecidos em lei ou sem apresentar justificativas para estas contratações. Segundo o órgão, as contratações foram feitas por meio de uma empresa terceirizada, que também está sendo processada em

Trabalho escravo na moda: os grilhões ocultos da elite brasileira, por Tiago Muniz Cavalcanti

    Grandes grifes hasteiam a bandeira da responsabilidade social, do respeito, do comportamento ético e do compromisso com a verdade. Mascara-se, no entanto, uma realidade cruel e pungente: uma produção barata e degradante.   [Repórter Brasil] Se o assunto é a transformação da realidade social, a dissimulação é a tônica dentre os detentores do poder econômico. O discurso é o mesmo e já não comove: prega-se o respeito ao meio ambiente, à concorrência

Top