Dívida pública brasileira e o paradoxo da desigualdade. Entrevista com Maria Lúcia Fattorelli

  “A dívida brasileira alcançou R$ 3,6 trilhões ou 82% do PIB”, diz a auditora fiscal. O endividamento público de vários países gerou o que Maria Lúcia Fattorelli denomina de “sistema da dívida”, ou seja, a “utilização do endividamento público às avessas; em vez de servir para aportar recursos ao Estado, o processo de endividamento tem sido um instrumento de contínua e crescente subtração de recursos públicos, que são direcionados principalmente ao

Top