Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.946, de 23/10/2013

    A destruição das florestas do Paraná e a extinção das onças do Parque do Iguaçu, por José Eustáquio Diniz Alves Selos Ambientais, por Antonio Silvio Hendges Áreas Prioritárias para a Expansão da Dendeicultura no Estado do Pará: Uma Análise do Zondendê Quanto vale uma Libra? artigo de Ana Paula de Carvalho Parque Nacional de São Joaquim (SC) vai monitorar os efeitos das mudanças climáticas na biodiversidade local 'O grande desafio

A destruição das florestas do Paraná e a extinção das onças do Parque do Iguaçu, por José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O Brasil está acabando com o verde da sua bandeira. O desflorestamento do país é um crime de ecocído e um crime de especismo, que provoca a extinção de incontáveis espécies vegetais e animais. Em uma região tão rica em biodiversidade, os brasileiros - para atender a demanda interna e internacional - já destruíram 93% da Mata Atlântica. Para piorar, os mesmos crimes estão sendo cometido nos demais ecossistemas

Selos Ambientais, por Antonio Silvio Hendges

  [EcoDebate] Os selos são as certificações ambientais atualmente mais requeridas e com maior visibilidade. Podem ser restritos a um produto ou amplos em relação às matérias primas e processos, atestando a aprovação com base em critérios pré definidos através de auditorias independentes que verificam as condições objetivas em que são realizadas as atividades de produção ou serviços. São outorgados por períodos definidos e auditorias periódicas programadas ou não verificam as condições

Áreas Prioritárias para a Expansão da Dendeicultura no Estado do Pará: Uma Análise do Zondendê

ÁREAS PRIORITÁRIAS PARA A EXPANSÃO DA DENDEICULTURA NO ESTADO DO PARÁ: UMA ANÁLISE DO ZONDENDÊ E A OCORRÊNCIA DO AMARELECIMENTO FATAL DO DENDEZEIRO Adriano Venturieri – Pesquisador A da Embrapa Amazônia Oriental, adriano@embrapa.br; Moises Mourão Junior – Pesquisador B da Embrapa Amazônia Oriental, moises.mourão@embrapa.br; João de Deus Barbosa Nascimento Jr – Analista A da Embrapa Amazônia Oriental, joao.nascimento@embrapa.br; Alessandra de Jesus Boari – Pesquisadora A da Embrapa Amazônia Oriental, alessandra.boari@embrapa.br; Rui

Quanto vale uma Libra? artigo de Ana Paula de Carvalho

    [EcoDebate] Uma Libra Esterlina que é uma unidade monetária Inglesa vale hoje R$ 3,70 para compra e venda. No horóscopo ocidental o signo de Libra que é representado por uma balança, o equilíbrio de forças e não por acaso tem seu ciclo entre os dias 23 de Setembro a 22 de Outubro, portanto findando nesta terça-feira. Os nativos do signo de Libra são pessoas sensíveis e com um poder se

Parque Nacional de São Joaquim (SC) vai monitorar os efeitos das mudanças climáticas na biodiversidade local

  Foto: ICMBio   Projeto vai monitorar os efeitos das mudanças climáticas na biodiversidade local, e formar um banco de dados online com fotos, sons e vídeos   O cenário é uma descida íngreme, em uma trilha recém-aberta na mata de xaxins que fica no Parque Nacional de São Joaquim. Um grupo de 12 pessoas caminha com certa dificuldade, identificando os primeiros marcadores de uma iniciativa que irá avaliar como as mudanças climáticas irão afetar

‘O grande desafio desse século: migrarmos para uma economia mais ‘amigável’ com o meio ambiente. Entrevista com André Lima

  "O Brasil se orgulha de ser o celeiro, o canteiro de obras e de extração de minérios do mundo e não está se preparando para de fato ser a nova economia, apesar do seu enorme potencial comparativo (em biodiversidade, florestas, clima e água)", constata o assessor do IPAM Para André Lima, assessor de políticas públicas do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia – IPAM, a promulgação da Constituição Federal de 1988

MPF/GO requisita instauração de inquérito para apurar coação a vítimas de agrotóxicos

    Vítimas da pulverização aérea de agrotóxicos são ouvidas pelo procurador Wilson Assis Na manhã de 21 de outubro, o Ministério Público Federal em Rio Verde, em Goiás (MPF/GO), realizou a oitiva de vítimas da pulverização aérea de agrotóxicos no projeto de assentamento Pontal dos Buritis, que afirmaram ter recebido ligações anônimas coagindo-as a encerrar as discussões sobre o uso abusivo de agrotóxicos na região. As ameaças ocorreram após manifestação das vítimas em

Saúde do trabalhador rural é foco de dois documentários produzidos pela Fiocruz

    Contribuir para a melhoria das condições de vida, trabalho e ambiente em setores do agronegócio. Essa é a proposta dos documentários Linha de corte e Nuvem de veneno, produzidos pela VideoSaúde – Distribuidora da Fiocruz, em parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), o Instituto de Economia da Universidade Federal Fluminense (UFRJ) e a Secretaria de Estado de Saúde do Mato Grosso. Os vídeos serão lançados

Estudo diz que risco de seca no sul da Amazônia é maior do que se pensava

  Medições indicam que época seca cresce uma semana por década. Pesquisadores afirmam que ação humana é possível causa.     A reportagem é da agência de notícias G1, 21-10-2013. Novo estudo [Increased dry-season length over southern Amazonia in recent decades and its implication for future climate projection] publicado pela revista PNAS, da Academia Nacional de Ciências dos EUA, alerta que a vegetação do sul da Amazônia tem um risco maior de mortalidade por causa

Iguaria para ricos, macacos estão ameaçados na Guiné Equatorial

  O petróleo elevou a renda de uma parte da população da Guiné Equatorial. Para essas pessoas, comer carne de animais selvagens deixou de ser uma questão de sobrevivência para virar símbolo de status. Carne de macaco sendo vendida no mercado municipal de Malabo, capital da Guiné Equatorial Clientes se acotovelam entre as barracas do mercado municipal de Malabo, a principal cidade da ilha de Bioko e capital da Guiné Equatorial.

Jovens guaranis-kaiowás cobram em Brasília garantia dos direitos indígenas

  Brasília, 22/10/2013 - Fórum Direitos e Cidadania na Visão de Crianças e Adolescentes Guarani Kaiowá. O encontro é promovido pelo Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) e a Organização Não Governamental Imagem da Vida. Foto de Antonio Cruz/ Agência Brasil.   Um grupo de crianças de cinco aldeias guarani-kaiowá de Mato Grosso do Sul cobrou ontem (22) de representantes do Poder Público mais atenção aos direitos dos indígenas.

Top