Para criminosos como os que iam enterrar um mendigo vivo, existem pessoas e quase pessoas, por José de Souza Martins

    [O Estado de S. Paulo] Homens de menos - Não se pode deixar de ver com horror a tentativa de três jovens, entre 18 e 15 anos de idade, numa madrugada da semana passada, de enterrar vivo, nas areias da praia de Ipanema, no Rio, um morador de rua, depois de espancá-lo com uma pá e tentar sufocá-lo com um saco plástico. Surpreendidos pela polícia, foi o homem resgatado e levado

Top