Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.882, de 23/07/2013

    Auditorias ambientais, artigo de Roberto Naime Juventude que conta, artigo de Marcelo Neri País mudo não muda, artigo de Chico Alencar MAB constrói aquecedores solares de baixo custo para diminuir conta da luz Em 15 anos, nº de onças-pintadas cai 80% no Parque Nacional do Iguaçu Povos tradicionais têm papel crucial na conservação da biodiversidade Conhecimento tradicional de quilombolas, índios e ribeirinhos pode economizar anos em pesquisa científica Parques eólicos

Auditorias ambientais, artigo de Roberto Naime

  Diagnóstico Ambiental e Sistemas de Gestão Ambiental. Autor: Roberto Naime. ISBN: 85-86661-81-3. Editora Feevale   [EcoDebate] As auditorias ambientais são fases integrantes do próprio Sistema de Gestão Ambiental (SGA) e objetivam aferir a conformidade do Sistema com a Política Ambiental e com as normas e regulamentos legais que devem estar incluídos na Política Ambiental. Podem ser realizadas por equipes internas ou externas, em ciclicidade pré-determinada, ou serem executadas por solicitação de clientes. Todos

Juventude que conta, artigo de Marcelo Neri

  Foto: Marcos Santos/USP Imagem   [Ipea/SAE]  Na visão da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE/PR), não há melhor preditor disponível do futuro do país que o universo das crianças e dos jovens de hoje. Aí incluindo as suas respectivas tendências demográficas tratadas em detalhe na presente pesquisa. A SAE acaba de assumir a presidência da Comissão Nacional de População e Desenvolvimento (CNPD), indicando Ricardo Paes de Barros para liderar

País mudo não muda, artigo de Chico Alencar

    As manifestações que tomaram as ruas das cidades brasileiras mexem com as categorias tradicionais de análise. Tudo o que se elabore a respeito será insuficiente, pré-texto que é também pretexto para justificar o não entendimento completo desse contexto singular. A régua usada para medir movimentos anteriores não é adequada para avaliar os atuais, que “não têm CNPJ”. Uma boa embocadura é fazer considerações a partir do que diziam alguns cartazes

MAB constrói aquecedores solares de baixo custo para diminuir conta da luz

    O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) está construindo aquecedores solares de baixo custo (ASBC) na cidade de São Paulo para aquecer água para o banho e para lavar louças. A instalação está sendo feita nos bairros onde o Movimento está iniciando trabalhos de base com os moradores a fim de conscientizá-los sobre o alto preço da luz e motivá-los a participarem de lutas para diminuir o preço da energia

Em 15 anos, nº de onças-pintadas cai 80% no Parque Nacional do Iguaçu

    O Parque Nacional do Iguaçu, considerado por biólogos um dos locais com as melhores condições de abrigar uma grande população de onças-pintadas no pouco que resta da Mata Atlântica no Brasil, sofreu uma redução de mais de 80% no número de indivíduos do final dos anos 1990 para cá. De uma média de cem onças estimadas em estudo naquele período, hoje acredita-se que só restem 18. A reportagem é de Giovana

Povos tradicionais têm papel crucial na conservação da biodiversidade

  Avaliação é da antropóloga Manuela Carneiro da Cunha, que participará de desenvolvimento de programa com o objetivo de estimular a aproximação entre a ciência e os conhecimentos tradicionais e locais (foto:Edu Cesar)   Na região do alto e do médio Rio Negro, no Amazonas, existem mais de 100 variedades de mandioca, cultivadas há gerações por mulheres das comunidades indígenas, que costumam fazer e compartilhar experiências de plantio, chegando a experimentar dezenas de

Conhecimento tradicional de quilombolas, índios e ribeirinhos pode economizar anos em pesquisa científica

    No Brasil, o uso comercial de espécies nativas passa por uma regulação do governo. Para usá-las, a empresa ou instituição de pesquisa deve fazer um pedido de licenciamento O Brasil abriga cerca de 13% da variedade de seres vivos do planeta, entre espécies de animais e plantas. É o país com a maior biodiversidade do mundo. Mas como a maioria dos países em desenvolvimento, está num dilema: usar todos os recursos

Parques eólicos desestruturam a dinâmica ambiental e ecológica do litoral. Entrevista com Antônio Jeovah de Andrade Meireles

  “Os parques eólicos estão causando a erosão das praias, e o mar já está batendo nos aerogeradores”, alerta o geógrafo. Confira a entrevista. Foto: http://www.portaldomar.org.br Considerada pelos especialistas uma fonte renovável, a energia eólica, que não emite gases de efeito estufa durante sua operação, tem sido objeto de estudo de pesquisadores da Universidade Federal do Ceará, entre eles, Antônio Jeovah de Andrade Meireles, após serem identificados impactos ambientais por conta do funcionamento e

Redução de GEEs pela China cria uma saia justa nas mudanças climáticas, por Marco Antonio Fujihara

  Foto: AFP   [Valor Econômico] O anúncio feito pela China em relação à intenção de limitar, a partir de 2016, as emissões de gases efeito estufa (GEEs) representa uma reviravolta na ordem mundial das mudanças climáticas. Até agora, a resistência chinesa em assumir um teto para as emissões era apontada por outros países, entre os quais o Brasil, como a principal razão para não aceitarem metas obrigatórias. O discurso da presidente Dilma

Desastre nuclear esquecido: Operadora de Fukushima admite vazamento de água radioativa no mar

  Usina de Fukushima, após o desastre nuclear – Em 11 de março de 2011, o mundo soube da tragédia de Fukushima: um fortíssimo terremoto e um tsunami de grandes proporções, a que se seguiu a explosão de uma usina nuclear com todas as consequências de um acidente nuclear: a difusão de radioatividade, que permanecerá ativa durante anos, ameaçando muitas gerações. Foto: DW   A Tokyo Electric Power (TEPCO), operadora da central de

Carta da 17ª Romaria da terra e das águas de Minas Gerais

    Carta da 17ª Romaria da terra e das águas de Minas Gerais e 9ª Romaria do/a Trabalhador/a Rural da Diocese de Leopoldina, MG. Nós, romeiros e romeiras, do campo e da cidade, do Estado de Minas Gerais, reunimo-nos na cidade de Miradouro, Diocese de Leopoldina, Zona da Mata Mineira, para celebrar a 17ª Romaria da terra e das águas do estado de Minas Gerais e a 9ª Romaria do/a Trabalhador/a

Top