Livro apresenta 1.200 casos de camponeses mortos e desaparecidos entre setembro de 1961 e outubro de 1988

  Reunião das ligas camponesas em 1960 (Foto: Wikimedia Commons)   Cerca de 90 trabalhadores rurais sem terra acompanharam, na última sexta-feira (24), o lançamento do livro Camponeses Mortos e Desaparecidos: Excluídos da Justiça de Transição. A obra pretende auxiliar a Comissão Nacional da Verdade (CNV) no reconhecimento oficial de 1.196 casos de camponeses mortos e desaparecidos no campo em função das diversas formas de repressão política e social entre setembro de 1961

Setor de Metalurgia ganha obra para profissionais não especializados em materiais

    É importante avaliar a integridade de equipamentos e instalações, por meio do conhecimento das suas características e propriedades, antes de tomar medidas para mantê-los com elevado nível de confiabilidade operacional. No entanto, nem todos sabem por onde começar. Lançado pela editora Interciência, o livro “MATERIAIS Aplicações de Engenharia, Seleção e Integridade” é destinado aos profissionais não especializados que desejam adquirir conhecimentos básicos sobre materiais metálicos, não metálicos e compósitos utilizados

A medicalização da vida faz mal à saúde. Entrevista com José Roque Junges

  A partir da obra de Ivan Illich, o pesquisador pondera que a medicalização torna a saúde e a doença realidades heterônomas, uma vez que retira a responsabilidade e o protagonismo do processo da cura e da qualidade de vida do usuário para entregá-lo à expertise técnica. “A medicina está sendo reconfigurada e ressignificada a serviço dessa grande revolução biopolítica-econômica-cultural de apropriação da vida. A medicalização da vida só é compreensível em

Top