Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.816, de 16/04/2013

    Evolução da normatização ambiental, artigo de Roberto Naime A economia ecológica e evolucionária de Georgescu-Roegen, por Andrei Domingues Cechin e José Eli da Veiga Poluição sonora é alvo do Ministério Público Usinas eólicas encerram 2012 com capacidade instalada de 2,5 gigawatts Desenvolvimento e Proteção Ambiental: Choques de culturas, artigo de José Goldemberg Degelo na Antártica é 10 vezes mais rápido que há 600 anos Lideranças da Terra Indígena Raposa Serra

Evolução da normatização ambiental, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A normatização ambiental iniciou na Inglaterra com a norma BS (British Standard) 7750 que foi emitida pelo Instituto Britânico de Normatização (BSI), tendo sua primeira versão publicada em 1992. A Norma BS 7750 especifica os requisitos para o desenvolvimento, implantação e manutenção de sistemas de gestão ambiental que visem garantir o cumprimento de políticas e objetivos ambientais definidos e declarados. A norma não estabelece critérios de desempenho ambiental específicos, mas

A economia ecológica e evolucionária de Georgescu-Roegen, por Andrei Domingues Cechin e José Eli da Veiga

  Nicholas Georgescu-Roegen (1906-1994) foi um matemático e economista heterodoxo romeno cujos trabalhos resultaram no conceito de decrescimento econômico. É considerado como o fundador da bioeconomia.   A economia ecológica e evolucionária de Georgescu-Roegen   Andrei Domingues Cechin*; José Eli da Veiga     ABSTRACT The ecological and evolutionary economics of Georgescu-Roegen. The main argument of this paper is that Georgescu-Roegen's contributions represent a major disruption with economics' pre-analytic vision. He rejected at the same time both the closed

Poluição sonora é alvo do Ministério Público

    A poluição sonora agrava problemas de saúde e segurança, aumenta os índices de violência e é considerada um dos grandes desafios ambientais do mundo moderno, mas, mesmo assim, é tratada com omissão por parte dos órgãos públicos. Por isso, o MP quer fechar um cerco contra essa grande vilã das grandes cidades e vai discutir a questão no XIII Congresso Brasileiro do Ministério Público de Meio Ambiente que acontece do

Usinas eólicas encerram 2012 com capacidade instalada de 2,5 gigawatts

    A capacidade eólica brasileira instalada em seus 108 parques alcançou 2,5 gigawatts (GW) no ano de 2012, crescimento de 73% em relação a 2011, segundo o balanço anual divulgado ontem (15) pela Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica). Com isso, esse tipo de energia respondeu, no ano passado, por 2% da matriz elétrica do país. Do total, o equivalente a 1,3 GW é resultado de incentivos do Programa de Incentivo às

Desenvolvimento e Proteção Ambiental: Choques de culturas, artigo de José Goldemberg

    [O Estado de S.Paulo] A segunda metade do século 20 foi marcada por um forte conflito entre duas culturas: a humanista e a científica. Esse conflito foi desencadeado por uma conferência do químico e novelista C. P. Snow na Universidade de Cambridge, em 1959, em que expandiu a sua visão dos problemas formulados por um artigo publicado em 1956 num influente jornal inglês. O que Snow fez foi chamar a atenção

Degelo na Antártica é 10 vezes mais rápido que há 600 anos

  A plataforma de gelo Larsen (The Larsen Ice Shelf, Foto: Donald Stewart & British Antarctic Survey)   O degelo da Antártica durante o verão é 10 vezes mais rápido que há 600 anos e acelerou nos últimos 50 anos, revela um estudo internacional [Acceleration of snowmelt in an Antarctic Peninsula ice core during the twentieth century] divulgado nesta segunda-feira. Matéria da AFP, no UOL Notícias*. Os cientistas perfuraram a 364 metros de profundidade

Lideranças da Terra Indígena Raposa Serra do Sol entregam carta de reivindicações para o governo

  Brasília, 15/04/2013 – O secretário nacional de Articulação Social da Secretaria-Geral da Presidência da República, Paulo Maldos, recebe lideranças indígenas dos povos Macuxi, Wapichana, Taurepang, Ingarikó, Wai-Wai, Yanomani, Patamona, Sapará e Ye’kuana, representadas pelo Conselho Indígena de Roraima, e também dos povos Kaiabi e Xavante, no Palácio do Planalto. Foto de Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr   Lideranças da Terra Indígena Raposa Serra do Sol entregaram nesta segunda-feira (15) uma carta de reivindicações ao

Líderes de diversas etnias se reúnem em Brasília para discutir projetos contrários a interesses indígenas

  Brasília, 15/04/2013 – O secretário nacional de Articulação Social da Secretaria-Geral da Presidência da República, Paulo Maldos, recebe lideranças indígenas dos povos Macuxi, Wapichana, Taurepang, Ingarikó, Wai-Wai, Yanomani, Patamona, Sapará e Ye’kuana, representadas pelo Conselho Indígena de Roraima, e também dos povos Kaiabi e Xavante, no Palácio do Planalto. Foto de Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr   Preocupados com as propostas legislativas e do Poder Executivo que, a seu ver, constituem uma ameaça aos

O pastor Feliciano e o Agronegócio, artigo de Antônio Canuto

    Desde que foi eleito para a Presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, o Pastor Feliciano têm sido alvo de críticas vindas de todos os lados da sociedade, em decorrência de suas ideias e opiniões. Confira artigo de Antônio Canuto, Secretário da Coordenação da CPT Nacional, sobre a atuação do deputado. O pastor Feliciano, desde que eleito para a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos

MPF aciona 26 frigoríficos por abate de animais de áreas desmatadas e com trabalho escravo na Amazônia

    Ações foram propostas pelo MPF, Ibama, MPT, MP/AM e MP/RO contra estabelecimentos sediados no Amazonas, Mato Grosso e Rondônia O Ministério Público Federal no Amazonas, Mato Grosso e Rondônia, o Ibama, o Ministério Público do Trabalho e o Ministério Público no Estado do Amazonas e Rondônia estão processando judicialmente 26 frigoríficos pela compra e comercialização de bois criados ilegalmente, às custas de devastação florestal, trabalho escravo e violação de direitos indígenas

Trabalhadores em condições análogas ao de escravo são resgatados em frigorífico em Barreiras, BA

    Vinte e nove trabalhadores foram resgatados na madrugada desta sexta-feira (12) em um frigorífico da Mauricéa Alimentos localizada a 46 quilômetros do centro de Barreiras, município do oeste baiano. A partir de uma denúncia feita à Gerência Regional do Trabalho e Emprego do município, foi montada uma operação conjunta com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) e o apoio das polícias Federal e Rodoviária

Top