Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.805, de 01/04/2013

    Dusik e o Mousekey são realizações que desafiam nossos preconceitos e ignorâncias, artigo de Montserrat Martins Energia nuclear e maledicências, artigo de Heitor Scalambrini Costa DETER/INPE: De 11/2012 a 02/2013, as áreas de desmatamento e degradação na Amazônia somaram 615,4 km2 Alertas de desmatamento na Amazônia Legal sobem 26% em seis meses Ibama impede fraude que legalizaria 2,7 mil caminhões de carvão ilegal no Pará ONG alerta que couro usado em sapatos comprados pelos franceses

Dusik e o Mousekey são realizações que desafiam nossos preconceitos e ignorâncias, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Um exagero carinhoso seria chamá-lo de “nosso Hawking”, mas seu sobrenome é Dusik, ele é de Esteio e desenvolveu um teclado virtual que facilita o acesso ao computador a pessoas com limitações físicas, como ele próprio. Dusik apresenta atrofia muscular espinhal, que dificulta ao extremo seus movimentos, mas os obstáculos desde pequeno não foram só físicos: seus pais tiveram de lutar contra os preconceitos para conseguir um lugar na

Energia nuclear e maledicências, artigo de Heitor Scalambrini Costa

    [EcoDebate] Existem maledicências evidentes quando se defende a expansão de usinas nucleares no país, justificando-as com o que está ocorrendo em diversas partes do mundo, com a necessidade da núcleoeletricidade para garantir o crescimento econômico, e de relacionar a construção dessas usinas no Nordeste com o desenvolvimento regional. No debate verifica-se uma intransigência de origem daqueles que comandam o setor. E um jogo de interesses de grupos que se beneficiariam caso

DETER/INPE: De 11/2012 a 02/2013, as áreas de desmatamento e degradação na Amazônia somaram 615,4 km2

  De novembro de 2012 a fevereiro de 2013, as áreas de alerta de desmatamento e degradação na Amazônia somaram 615,4 km². Os dados foram registrados pelo DETER, o sistema de detecção do desmatamento em tempo real do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que serve para orientar a fiscalização. A distribuição das áreas de alerta nos estados da Amazônia Legal é apresentada na tabela a seguir.   As nuvens encobriram 34% da

Alertas de desmatamento na Amazônia Legal sobem 26% em seis meses

    Os alertas de desmatamento na Amazônia Legal subiram 26%, entre 1º de agosto de 2012 e 28 fevereiro de 2013, em comparação ao mesmo período do ano passado, informou , na sexta-feira (28), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Os dados foram registrados pelo Deter, sistema de detecção de desmatamento em tempo real do Inpe, que usa imagens de satélite para analisar a perda da Floresta Amazônica em nove estados.

Ibama impede fraude que legalizaria 2,7 mil caminhões de carvão ilegal no Pará

  Clique na imagem para ampliar   O Ibama embargou três madeireiras e três carvoarias envolvidas em esquemas de legalização fraudulenta de carvão vegetal, entre 18 e 22 de março, em Tailândia, no sudeste do Pará. Na operação, os agentes ambientais identificaram 46 mil m³ de resíduos de serraria fictícios ativos nas contas das empresas no Sisflora – o sistema eletrônico que controla a compra, venda e transporte de produtos florestais no estado

ONG alerta que couro usado em sapatos comprados pelos franceses pode vir de áreas desmatadas

    Desmatamento na Amazônia caiu, mas pecuária ainda é responsável por 80% da destruição de florestas. As liquidações de inverno na França foram a ocasião escolhida pela associação ecologista Envol Vert para lançar uma campanha contra os importadores de couro de gado criado em regiões desmatadas da Amazônia. De acordo com a ONG, um em cada sete sapatos de couro comprados pelos franceses implica direta ou indiretamente matéria-prima produzida em áreas desflorestadas

Santa Catarina é o primeiro estado brasileiro a concluir inventário florestal

    Documento apresenta o levantamento feito para verificar o que resta de florestas e epífitas em todo território catarinense e as especificidades regionais em termos de cobertura florestal Sergio Gargioni, presidente eleito do Confap e da Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina), recebeu na segunda-feira (25) quatro volumes com os resultados do Inventário Florístico-Florestal de Santa Catarina (IFF-SC), financiados pelo governo estadual. Ele assina um

A lógica perversa da perda de água nas redes públicas de distribuição, artigo de Washington Novaes

    [O Estado de S.Paulo] O Dia Mundial da Água, 22 de março, motivou a publicação de informações importantes sobre recursos hídricos, em diversos setores e formatos. E isso talvez permita aproximação relacionada diretamente com os interesses de cada cidadão. Um dos ângulos mais tratados na comunicação foi o das perdas de água nas redes públicas de distribuição no País, avaliadas (Estado, 20/3) em 37,5% do faturamento das empresas operadoras dos serviços.

Ministério Público brasileiro se reúne e coloca o saneamento em pauta

    O saneamento é um dos temas centrais do XIII Congresso Brasileiro do Ministério Público de Meio Ambiente que reunirá entre os dias 17 e 19 de abril, promotores, procuradores, magistrados, autoridades políticas e especialistas do meio ambiente de todo Brasil. A sede do encontro será a capital do Espírito Santo, Vitória, um cenário escolhido a dedo pela Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente (Abrampa), uma vez

Fiscalização flagra trabalho escravo na produção de roupas para skatistas e surfistas

  Reportagem de Igor Ojeda, da Agência de Notícias Repórter Brasil Trabalhadores em condições análogas às de escravos foram resgatados produzindo peças da Gangster Surf and Skate Wear, confecção paulistana que tem como público-alvo surfistas, skatistas e praticantes de outros esportes radicais. A libertação foi feita na última terça-feira (19), durante fiscalização em uma pequena oficina localizada no bairro São João, em Guarulhos (SP), onde trabalhavam dois bolivianos e um peruano. Os

Deputado denuncia ofensiva contra combate ao trabalho escravo no Congresso Nacional

  Reportagem de Guilherme Zocchio, da Agência de Notícias Repórter Brasil “Há uma forte ofensiva de setores obscurantistas [no Congresso Nacional] contra direitos que já achávamos consolidados”, alerta o deputado federal Cláudio Puty (PT-PA), responsável por presidir a recém-encerrada Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Trabalho Escravo. Nesta entrevista exclusiva à Repórter Brasil, o parlamentar denuncia que a bancada ruralista tentou usar a CPI para fragilizar a atual legislação trabalhista no campo e flexibilizar o

Top