Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.800, de 22/03/2013

    A população de Singapura em 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Contexto do Diagnóstico Ambiental, artigo de Roberto Naime Pegada Hídrica: medindo o consumo de água, artigo de Valdir Lamim-Guedes Mais um Dia Mundial da Água, artigo de Ana Echevenguá População desconhece fórum de gestão das águas, diz o ambientalista Glauco Kimura, do WWF-Brasil Justiça Federal determina fim de lançamento de esgoto sem tratamento em rios no Noroeste Fluminense

A população de Singapura em 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Singapura é um pequeno país tropical, mas economicamente rico e com excelente qualidade de vida de seus cidadãos. O país é uma Cidade-Estado, de 700 km2 (menor do que o tamanho da cidade do Rio de Janeiro) composta por 63 ilhas, separado da Malásia pelo Estreito de Johor e separado da Indonésia pelo Estreito de Singapura. A maior parte da população é composta por chineses, seguidos de malaios e

Contexto do Diagnóstico Ambiental, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] O Diagnóstico Ambiental é uma ferramenta de gestão ambiental que se insere nos procedimentos de gerenciamento empresarial, com a função específica de proceder uma radiografia da empresa quanto aos aspectos de relacionamento com o meio ambiente, particularmente tratamento de efluentes, gestão de resíduos sólidos e monitoramento e controle de emissões atmosféricas. Com todas as interfaces suscitadas por estas ações, incluindo ainda a inserção dos conceitos ambientais no cotidiano da empresa,

Pegada Hídrica: medindo o consumo de água, artigo de Valdir Lamim-Guedes

  Figura : A pegada hídrica da humanidade no período de 1996-2005. Os dados são apresentados em milímetros por ano. Fonte: Hoekstra e Mekonnen (2012).   [EcoDebate] A pegada hídrica (PH) de um indivíduo, comunidade ou empresa é o volume total de água doce que é utilizado para produzir os bens e serviços consumidos por estes, portanto, é um indicador do consumo de água doce. Ela é baseada no mesmo raciocínio da pegada

Mais um Dia Mundial da Água, artigo de Ana Echevenguá

    [EcoDebate] A ONU – Organização das Nações Unidas – proclamou 2013 como o Ano Internacional da Cooperação da Água. O nome é pomposo e bonito. Mas oco. Vazio. Não sei ainda o que isso significa. Cooperar com a água? Seja lá o que for, é pouco. Afinal, essa ONU, em 2010, divulgou que “Água poluída mata mais que violência no mundo, incluindo guerras”. E que: “Falta de água potável mata 1,8

População desconhece fórum de gestão das águas, diz o ambientalista Glauco Kimura, do WWF-Brasil

  Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados Comissão de Meio Ambiente realizou audiência pública em comemoração ao Dia Mundial da Água.   Dezesseis anos após a entrada em vigor da Lei das Águas (Lei Nº 9.433, de 8 de janeiro de 1997), uma das principais inovações da legislação continua desconhecida da maioria da população. De acordo com o coordenador do Programa Água para a Vida do WWF-Brasil, Glauco Kimura, 84% dos brasileiros nunca ouviram

Justiça Federal determina fim de lançamento de esgoto sem tratamento em rios no Noroeste Fluminense

  Foto de arquivo   Despejo de efluentes em rios ocasiona danos ambientais e à saúde da população Após pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Itaperuna (RJ), a Justiça determinou que os municípios de Italva, Porciúncula e Aperibé tomem as medidas necessárias para interromper todo lançamento de esgoto sem tratamento nos rios Muriaé, Carangola e Pomba, no Noroeste Fluminense. Também são réus nas ações o Ibama e União. (Processos nº 0000179-77.2010.4.02.5112 e nº

Na semana mundial da água, livro infantojuvenil resgata mitos e lendas sobre a água

  Na lua crescente, fechando a semana que marca o dia Mundial da Água, as Editoras Mãe Terra e Legere vão lançar o livro infantojuvenil “Era uma vez um rio”, da escritora Anne Raquel Sampaio, ilustrado por Júlio Shimamoto. Vai ser na livraria Argumento do Leblon (rua Dias Ferreira, 417), no dia 24 de março (domingo), a partir das 17 horas. A publicação resgata mitos e lendas indígenas sobre a água, que

13 milhões de hectares de floresta são destruídos anualmente, alerta ONU

  Investimento nas florestas é um ganho para as comunidades, clima e conservação dos orangotangos. Foto: PNUMA   Nesta quinta-feira (21), Dia Internacional das Florestas, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu que governos, empresas e sociedade civil se empenhem para proteger as florestas, ao reduzir o desmatamento, evitar a degradação do meio ambiente e proporcionar meios de vida sustentáveis para todos os que dependem desses ecossistemas. As florestas são os ecossistemas de maior

Sociedade começa a discutir Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)

    Moradores dos mais de 5 mil municípios do país e representantes do governo e da iniciativa privada começam a discutir, desde 20/3, quais as principais medidas, dificuldades e demandas para a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) no Brasil. As propostas devem ser concluídas até agosto deste ano quando serão discutidas pelos governos estaduais. A PNRS foi criada em 2010, prevendo medidas de consumo sustentável, redução dos impactos ambientais

Política Nacional de Resíduos Sólidos. Logística reversa e Responsabilidade Compartilhada. Entrevista com Dan Moche Schneider e Diogo Tunes Alvares da Silva

  “A PNRS estabelece a responsabilidade compartilhada, porém até o presente momento não há clareza e muito menos um consenso sobre a verdadeira responsabilidade de cada setor nesta cadeia”, dizem os engenheiros. Confira a entrevista. “A Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei n. 12.305/2010 e seu Decreto Regulamentador) é um marco histórico nas políticas públicas de saneamento e de meio ambiente. É a ferramenta por meio da qual o tema fundamental e transversal

Aquecimento de 2ºC poderá multiplicar furacões extremos por dez

    Um aquecimento de 2 graus Celsius da Terra poderá multiplicar por dez a quantidade de furacões de grande intensidade, revelou o estudo [Projected Atlantic hurricane surge threat from rising temperatures] de um meteorologista dinamarquês publicado nos Estados Unidos. Matéria da AFP, no Yahoo Notícias, com informações adicionais do EcoDebate. "Se a temperatura aumentar um grau, a frequência de furacões extremos aumentará de três a quatro vezes; e se o clima do

Top