Pepsico é processada por irregularidades trabalhistas e problemas na fábrica

    O Ministério Público do Trabalho (MPT) ajuizou ação civil pública contra a Pepsico do Brasil pedindo a condenação da empresa ao pagamento de R$ 1 milhão por danos morais coletivos decorrentes de irregularidades trabalhistas e problemas na segurança, organização e limpeza da fábrica de Ribeirão Preto. Na ação, ajuizada no último dia 1° e divulgada ontem (13), o MPT pede também a regularização imediata de condutas trabalhistas consideradas impróprias pela Vigilância

Top