Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.736, de 11/12/2012

    Sustentabilidade e o legado da copa I, artigo de Roberto Naime Espacialização de uso e cobertura das terras com apoio na ferramenta Sistema de Informação Geográfica (SIG), artigo de Sérgio Gomes Tôsto, Lauro Charlet Pereira e João Alfredo de C. Mangabeira Jesus de Nazaré, um profeta radical? A Bíblia respira profecia (Parte 5), artigo de Gilvander Luís Moreira IBGE torna público as informações atualizadas de recursos minerais e solos da

Sustentabilidade e o legado da copa I, artigo de Roberto Naime

  Mascote da Copa do mundo de 2014 (Imagem: Fifa/Divulgação)   [EcoDebate] A conceituação do desenvolvimento sustentável tem como marco o ano de 1987, quando a então presidente da Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, Gros Harlem Brundtland, apresentou para a Assembleia Geral da ONU, o documento “Nosso Futuro Comum”, que ficou conhecido como Relatório Brundtland (VEIGA, Desenvolvimento sustentável, o desafio do século XXI, 2005, p. 191). Nesse Relatório o desenvolvimento sustentável

Espacialização de uso e cobertura das terras com apoio na ferramenta Sistema de Informação Geográfica (SIG), artigo de Sérgio Gomes Tôsto, Lauro Charlet Pereira e João Alfredo de C. Mangabeira

  Espacialização de uso e cobertura das terras com apoio na ferramenta SIG Sérgio Gomes Tôsto1 Lauro Charlet Pereira2 João Alfredo de Carvalho Mangabeira3 [EcoDebate] O desenvolvimento econômico com relativa distribuição de renda que se verifica nos países emergentes, denominados “BRICS”: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, bem como outros emergentes da Ásia e aliado às tendências atuais de crescimento populacional e aumento no consumo per-capita, tem impulsionado, principalmente nas últimas décadas, a

Jesus de Nazaré, um profeta radical? A Bíblia respira profecia (Parte 5), artigo de Gilvander Luís Moreira

    Jesus de Nazaré, um profeta radical? A Bíblia respira profecia (Parte 5) Gilvander Luís Moreira1 2.6 – Jesus de Nazaré, um profeta que se tornou Cristo. Jesus, o galileu de Nazaré, se tornou Cristo, filho de Deus. Como camponês, deve ter feito muitos calos nas mãos, na enxada e na carpintaria, ao lado de seu pai José. Os evangelhos fazem questão de dizer que Jesus nasceu em Belém, (em hebraico, “casa do pão” para

IBGE torna público as informações atualizadas de recursos minerais e solos da Amazônia Legal

  IBGE traz informações do solo e dos recursos minerais a Banco de Dados da Amazônia Legal     Complementando o acervo do Banco de Dados e Informações Ambientais (BDIA) sobre os recursos naturais da Amazônia Legal (AM Legal), o IBGE torna público as informações gráficas e alfanuméricas atualizadas de geologia e solos dessa região, cuja área (5.016.136,3 km2) ocupa cerca de 59% do território brasileiro. As informações, apresentadas com um nível de detalhe

A Arquitetura da destruição no rio Tapajós

  Por Carlos Juliano Barros, de A Pública Quando decidiu encarar de carro os 3.338 quilômetros que separam o Rio de Janeiro do município de Itaituba, no oeste do Pará, o geólogo Juan Doblas – especialista em imagens de satélite – nem imaginava que daria uma contribuição e tanto à biologia da Amazônia. Enquanto dirigia pelo trecho da BR 163 que atravessa o Parque Nacional do Jamanxim, uma das doze unidades federais

Manifestação em Altamira exige julgamento de ações contra Belo Monte

    Cerca de 150 pessoas protestaram hoje (10) em Altamira, na frente da sede da Justiça Federal. Os manifestantes instalaram uma árvore de natal com galhos secos e pacotes simbolizando os 56 processos contra Belo Monte e em defesa dos direitos das populações do Xingu que aguardam julgamento. O protesto, organizado pelo Movimento Xingu Vivo Para Sempre, faz parte da Campanha Belo Monte Justiça Já! e ocorre no dia do aniversário da

A política energética e a MP 579: um debate político e corporativista. Entrevista com Célio Bermann

  “A MP 579 apenas reforça o caráter autocrático com que o atual governo procura conduzir a política energética no país”, declara pesquisador do Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP. Confira a entrevista. “O que se observou foi uma grande confusão”. É assim que Célio Bermann resume a polêmica acerca da MP 579, que trata da renovação das concessões do setor elétrico. Na entrevista a seguir, concedida por e-mail à IHU

Aterros sanitários de pequeno porte são opção para cidades menores

  Estudo mostra que método para descarte de resíduos sólidos não altera qualidade do solo ou de água subterrânea Aterros sanitários de pequeno porte e alternativas para o descarte de resíduos sólidos urbanos em pequenas cidades foram o tema da tese de doutorado de Cristiano Kenji Iwai, da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. Formado em Engenharia Civil, Iwai comprovou que, em geral, não houveram alterações significativas na qualidade do solo

Bolsa ‘Verde’: Produtores rurais que preservam vegetação nativa poderão negociar cotas de reserva ambiental

    A partir de ontem (10), produtores rurais que preservam vegetação nativa em suas propriedades poderão ganhar dinheiro negociando, por meio de uma plataforma online, contratos de compra e venda de Cotas de Reserva Ambiental Futura (Crafs). Os contratos de compra e venda serão negociados na bolsa de valores ambientais BVRio (Bolsa Verde do Rio de Janeiro). Criada há um ano com o apoio da Secretaria de Estado do Ambiente e da

Edição especial da Climate and Development disponível para download

    A edição especial da revista Climate and Development, intitulada International Mechanisms for Linking Development and Climate Policies, está disponível para download gratuito esta semana, por conta da Conferência das Nações Unidas para Mudanças Climáticas (COP 18), que terminou no dia 7 de dezembro em Doha, Qatar. A edição, que pode ser acessada em www.tandfonline.com/toc/tcld20/4/3, destaca duas posições emergentes no debate sobre mudanças climáticas globais: a noção de que a ação com

O CO2 na vida de Niemeyer, na minha vida, na sua… artigo de Alexandre Costa

    Mudanças significativas do clima costumam envolver escalas relativamente longas, de milhares a milhões de anos. Mas o advento da sociedade industrial encurtou essa escala para algo muito mais breve. A duração da vida de um único ser humano, que nem precisa ser dos mais longevos, já corresponde a tempo mais do que suficiente para que tais mudanças sejam percebidas.   Falar de longevidade e não citar a morte de Oscar Niemeyer, nestes

Top