COP18 Países voltam a discutir as responsabilidades para conter os impactos das mudanças climáticas

    A partir da próxima semana, negociadores de mais de 190 países voltam a discutir as responsabilidades para conter os impactos das mudanças climáticas. Durante a 18ª Conferência das Nações Unidas para o Clima (COP18), que ocorrerá de 26 de novembro a 7 de dezembro, em Doha, capital do Catar, técnicos, especialistas e autoridades governamentais devem estabelecer uma nova agenda e reforçar compromissos já assumidos para minimizar os efeitos provocados pelas

COP18: Mesmo com pouca expectativa, ambientalistas vão pressionar por respostas concretas dos países

    A pouca expectativa em torno de um resultado concreto da 18ª Conferência das Nações Unidas para o Clima (COP18) não deve contaminar as negociações a serem travadas no encontro pela redução dos impactos das mudanças climáticas. Para as organizações ambientais que vão acompanhar os debates, do dia 26 de novembro a 7 de dezembro em Doha (Catar), o evento tem que servir, ao menos, para “pavimentar o caminho” para as

Ministério do Trabalho resgata índios submetidos a condições análogas às de escravo no RS

    A Fiscalização do Trabalho resgatou 41 índios submetidos a trabalho escravo no interior do município gaúcho de Vacaria. Eles trabalhavam na cultura de maçã em péssimas condições e sem carteira assinada. Entre os trabalhadores estavam crianças e adolescentes. Apresentação Dílson Santa Fé, Radioagência Nacional / ABR EcoDebate, 26/11/2012 [ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for

SUS atende 2,5 vezes mais mulheres vítimas de violência do que homens

  Violência contra mulher: SUS atende 2,5 vezes mais mulheres que homens. Foto de Marcello Casal Jr./ABr   A violência contra mulheres no Brasil causou aos cofres públicos, em 2011, um gasto de R$ 5,3 milhões somente com internações. O dado foi calculado pelo Ministério da Saúde a pedido da Agência Brasil. Foram 5.496 mulheres internadas no Sistema Único de Saúde (SUS), no ano passado, em decorrência de agressões. Além das vítimas internadas, 37,8

Greenpeace condena Zara por uso de substâncias perigosas nos tecidos de suas peças

    zoom quinta-feira, 22 de novembro de 2012 Ativistas do Greenpeace protestando em frente a loja Zara de Hong Kong - © Clemente Tang / Greenpeace Nossa campanha pedindo para a Zara que se desintoxique começou há apenas 48 horas. Até agora, mais de 200 mil clientes preocupados, ativistas e fashionistas já assinaram, alertando a maior varejista do mundo que ela precisa criar moda sem poluir. Com essa enorme mobilização de

Top