Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.625, de 02/07/2012

  Divina evolução, artigo de Efraim Rodrigues Padrão de (des)ordem da natureza, artigo de Roberto Naime O Paraguai e as pegadas do dinossauro, artigo de Bruno Peron Ignacy Sachs: desenvolvimento sustentável só é possível com intervenção do Estado no mercado Ibama: falta de qualidade técnica de projetos é um dos principais entraves para licenciamento Pesquisa indica que extrato da semente da pitanga pode ajudar no combate à leishmaniose Pesquisa revela que

Divina evolução, artigo de Efraim Rodrigues

  [EcoDebate] Em 1987 eu dava aulas de Ciências na periferia de São Paulo quando alguns alunos  mostraram resistência com conceitos básicos em evolução. Fui então atrás da literatura criacionista e a falta de substância rapidamente me levou à fonte primária do muito mais comentado do que lido Gênesis. Ao contrário do que se possa imaginar, não foi uma leitura arrogante tipo – O que pode conter um texto de milhares de anos

Padrão de (des)ordem da natureza, artigo de Roberto Naime

  Ilustração por José Eustáquio Diniz Alves [EcoDebate] A literatura técnica e a própria legislação brasileira através de suas leis e resoluções de órgãos como o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA) tem definições para o conceito de meio ambiente. Em nossa acepção, meio ambiente é o conjunto de relações entre os meios físico, biológico e antrópico. Podemos dizer que meio ambiente é como a confiança. A confiança é uma relação de integridade

O Paraguai e as pegadas do dinossauro, artigo de Bruno Peron

  Por Simanca no Ferrão do Humor, no Humor Político http://www.humorpolitico.com.br/ [EcoDebate] Nem todo tema se fossiliza no debate político latino-americano. Muda o contexto e as condições de produção da história, mas certos fenômenos reincidem nas pegadas frescas do dinossauro. Quando se depositava confiança na construção da democracia e na estabilidade de suas instituições, mais uma manobra política suspeitosa (possivelmente uma nova variedade de golpe de Estado) aflora na América Latina. Desta vez,

Ignacy Sachs: desenvolvimento sustentável só é possível com intervenção do Estado no mercado

  Ignacy Sachs. Foto de Antônio Scarpinetti / Unicamp O desenvolvimento ambiental não pode ser dissociado das questões sociais e econômicas. Mas para haver uma relação de equilíbrio entre essas vertentes, é preciso intervenção do Estado para conter o mercado, que de forma geral não se preocupa com os custos sociais e ambientais. Essa visão é defendida há mais de 40 anos pelo economista Ignacy Sachs que, aos 85 anos de idade,

Ibama: falta de qualidade técnica de projetos é um dos principais entraves para licenciamento

  A falta de qualidade técnica dos projetos de infraestrutura do país submetidos à análise do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é uma das principais justificativas para a demora na conclusão dos processos de licenciamento ambiental. Ao assumir o órgão há pouco mais de um mês, Volney Zanardi disse que, em muitos casos, as autorizações e licenças não esbarram em questões ambientais, mas na própria

Pesquisa indica que extrato da semente da pitanga pode ajudar no combate à leishmaniose

  Pitanga (Eugenia uniflora L. ). Foto no Portal São Francisco Pesquisa desenvolvida pela Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo (USP) de Pirassununga, feita com resíduos da semente de pitanga, pode ajudar no combate à leishmaniose. O extrato obtido, com parte da fruta rejeitada pela indústria e que corresponde a 30% do seu peso, poderá ser usado na produção de medicamento para combater a doença que

Pesquisa revela que um em cada cinco brasileiros sofreu punição física regular na infância

  Dado foi revelado por pesquisa realizada com 4.025 pessoas em 11 capitais brasileiras pelo Núcleo de Estudos da Violência da USP (Foto da Wikimedia) Uma pesquisa realizada em 11 capitais brasileiras revelou que mais de 70% dos 4.025 entrevistados apanharam quando crianças. Para 20% deles, a punição física ocorreu de forma regular – uma vez por semana ou mais. Castigos com vara, cinto, pedaço de pau e outros objetos capazes de provocar

‘O Mundo segundo a Monsanto’, um documentário que denuncia a gigante dos transgênicos

  O documentário "O Mundo segundo a Monsanto", exibido pela TV franco-alemã Arte, traça a história da principal fabricante de organismos geneticamente modificados (OGM), cujos grãos de soja, milho e algodão se proliferam pelo mundo, apesar dos alertas de ambientalistas. A diretora, a francesa Marie-Monique Robin, baseou seu filme - e um livro de mesmo título - na empresa com sede em Saint-Louis (Missouri, EUA), que, em mais de um século de

A questão dos limites e da desigualdade ficou fora da Rio+20. Entrevista com Ricardo Abramovay

    "Passar de quatro milhões para 6,3 milhões de automóveis produzidos anualmente, investir 700 bilhões de dólares em combustíveis fósseis e outros 250 bilhões em estradas, isso vai fazer certamente com que a economia brasileira cresça: mas será que é a melhor forma de responder às necessidades mais importantes de sua população?", pergunta o professor da USP. “O conteúdo do documento final é especialmente preocupante, pois reflete a resistência governamental em reconhecer

Rio+20: Como a ‘sustentabilidade’ se transformou em ‘crescimento sustentado’, artigo de George Monbiot

  Por Mário para A Tribuna de Minas, no Humor Político http://www.humorpolitico.com.br/ A Declaração do Rio rasga os princípios básicos da ação ambiental. Seu esboço têm 283 parágrafos de balelas. Ele sugere que os 190 governos obrigados a aprová-lo, com efeito, desistiram do multilateralismo, desistiram do mundo e desistiram de nós. A opinião é de George Monbiot, jornalista e ambientalista inglês, em artigo publicado no sítio do jornal The Guardian, 22-06-2012. A tradução

Rio+20 e os Oceanos: A esperança morreu na praia, artigo de Leandra Gonçalves

  Por Sinfrônio para o Diário do Nordeste, no Humor Político http://www.humorpolitico.com.br/ [Correio Braziliense] O pulmão do mundo está no azul dos mares, não no verde das florestas. Era nos oceanos também que estavam sendo depositadas as maiores fichas de esperança para resultados positivos da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. A esperança morreu na praia. Os mares cobrem 70% da superfície do Planeta Terra e são responsáveis por

Top