Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.491, de 15/12/2011

  A silvicultura, as indústrias moveleira e de celulose e os ecologistas, artigo de Roberto Naime Diagnóstico dos Catadores de Materiais Recicláveis no Brasil, artigo de Antonio Silvio Hendges Passivo Ambiental em Derramamento de Petróleo: Uma Reflexão Técnica! artigo de Sérgio Gomes Tôsto, Lauro Charlet Pereira e João Alfredo de Carvalho Mangabeira Cartilha trata de Mudanças Climáticas sob a ótica do Povo Guarani CPT denuncia que água usada por comunidade quilombola

A silvicultura, as indústrias moveleira e de celulose e os ecologistas, artigo de Roberto Naime

  [EcoDebate] As necessidades de fornecimento em fluxo contínuo da indústria moveleira e da indústria de celulose para papel determinam que estes setores tenham que investir e pesadamente na manutenção de hortos florestais e áreas de plantio conhecidas como silvicultura. A princípio não parece que estas atividades tenham potencial de impactar tanto os ecossistemas naturais. Mas em realidade projetos de reflorestamento são bastante impactantes e por isso geram reações de toda natureza

Diagnóstico dos Catadores de Materiais Recicláveis no Brasil, artigo de Antonio Silvio Hendges

  [EcoDebate] O Plano Nacional de Resíduos Sólidos contextualiza as atividades desenvolvidas pelos trabalhadores com materiais recicláveis/reutilizáveis no Brasil e apresenta propostas para a inclusão social destes trabalhadores, sustentabilidade desta atividade e implantação de políticas públicas eficazes. As fontes de informações foram o Comitê Interministerial de Inclusão Social dos Catadores de Materiais Recicláveis – CIISC, Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística –

Passivo Ambiental em Derramamento de Petróleo: Uma Reflexão Técnica! artigo de Sérgio Gomes Tôsto, Lauro Charlet Pereira e João Alfredo de Carvalho Mangabeira

  PASSIVO AMBIENTAL EM DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO: UMA REFLEXÃO TÉCNICA! Sérgio Gomes Tôsto1 Lauro Charlet Pereira2 João Alfredo de Carvalho Mangabeira3 [EcoDebate] Em março de 1989, o petroleiro Exxon Valdez, carregando cerca de 200 milhões de litros de petróleo, encalhou e rompeu seus tanques na baia de Prince William Sound, no Estado do Alaska. O vazamento de petróleo, com mais de 40 milhões de litros, foi um dos maiores da história dos EUA e um

Cartilha trata de Mudanças Climáticas sob a ótica do Povo Guarani

  [Por Bianca Pyl, para o EcoDebate] O tema das Mudanças Climáticas tem ganhado cada vez mais espaço nos debates da sociedade. Com os povos indígenas isso não ocorre de forma diferente, já que eles discutem sobre as diferenças na natureza que afetam seu modo de vida. Para aproximar este diálogo a Comissão Pró-Índio de São Paulo (CPI-SP) elaborou a Cartilha “Mudanças Climáticas e o Povo Guarani” em conjunto com professores

CPT denuncia que água usada por comunidade quilombola é envenenada no Maranhão

  CPT Maranhão denuncia que fazendeiros envenenaram água usada por comunidade do Quilombo Slagado, em Pirapemas (MA). Quilombolas encontraram o vasilhame do veneno antes de beberem a água. Confira Nota da CPT Maranhão sobre o caso: NOTA PÚBLICA A Comissão Pastoral da Terra do Maranhão vem, por meio deste, comunicar mais atos de violência envolvendo a comunidade quilombola de Salgado, zona rural de Pirapemas (MA), num conflito que já se arrasta há 30

Conferência aborda os desafios políticos da Campanha Nacional contra os Agrotóxicos

    "A difusão do uso de agrotóxicos no Brasil não tem a ver com necessidade agronômica. Está totalmente relacionada à etapa atual do capitalismo, à qual a nossa sociedade está subordinada", enfatizou o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, na palestra Campanha Nacional contra os Agrotóxicos e o contexto político atual, realizada na Escola Nacional de Saúde Pùblica (Ensp/Fiocruz), na segunda-feira (12/12). O coordenador do MST

Pesquisa indica a ineficiência das atuais estações de tratamento de esgoto no rio Piracicaba

  Pesquisa do CENA monitora rio Piracicaba por 365 dias Num trabalho inédito e revelador, por 365 dias, sempre na mesma hora e local, o doutorando do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA/USP), Diego Vendramini colheu amostras do rio Piracicaba para a elaboração de sua tese de doutorado que identificou a influência das ocupações agrícolas, urbanas e industriais na qualidade/quantidade de água disponível. O resultado foi preocupante, principalmente pelo registro de

Relatório sobre compra de terras por estrangeiros só será votado na Câmara em 2012

  Foi adiada para fevereiro a votação do relatório do deputado Beto Faro (PT-PA) na subcomissão criada para analisar e propor medidas sobre a aquisição de áreas rurais por estrangeiros. A subcomissão, vinculada à Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, tem como presidente o deputado Homero Pereira (PSD-MT). O Parlamentar pediu prorrogação por 60 dias do prazo para a conclusão dos trabalhos, previsto inicialmente para 23 de dezembro. A ideia, segundo

MPF pede indenização de R$ 20 bilhões a Chevron por danos ambientais

  Procurador quer ainda suspensão de todas as atividades da empresa no Brasil O Ministério Público Federal (MPF) em Campos (RJ) moveu ação civil pública contra a petroleira norte-americana Chevron, sua filial no Brasil e a empresa contratada Transocean, pedindo indenização de R$ 20 bilhões pelos danos ambientais e sociais causados pelo derramamento de óleo no Campo de Frade, na Bacia de Campos, no dia 7 de novembro. O MPF quer também

Votação da nova Política Estadual de Meio Ambiente da Bahia é adiada para dia 20/12

  O Projeto de Lei que regulamenta a nova Política Estadual de Meio Ambiente da Bahia teve votação adiada para próxima terça-feira, dia 20 de dezembro, na Assembléia Legislativa da Bahia. A votação estava pautada para o dia de ontem, terça-feira, dia 13 de dezembro e seu adiamento foi solicitado pela Presidência da Comissão de Meio Ambiente da Assembléia, apoiada pela bancada de oposição. O adiamento foi uma vitória do movimento

Código Florestal: deputados ruralistas articulam retirar os raros avanços ambientais incluídos pelos senadores

  Código ruralista - Projeto aprovado no Senado, debaixo de críticas dos ambientalistas, pode beneficiar o agronegócio na Câmara. Reportagem de Izabelle Torres, na revista ISTOÉ N° Edição: 2196. Aprovado no Senado sob aplausos dos ruralistas e protestos de entidades ligadas ao meio ambiente, o texto do novo Código Florestal vai parecer ainda mais uma lei sob encomenda do agronegócio brasileiro depois da votação na Câmara. Um grupo de parlamentares ligados a

Top