Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.488, de 12/12/2011

  Se a decisão é nada decidir, então chega de COPs, por Henrique Cortez A 'escolha de Sofia' da Manu, artigo de Montserrat Martins Velhos amigos, crônica de Efraim Rodrigues Comissão Pastoral da Terra (CPT) denuncia desapropriações forçadas no 'Superporto' de Açu, do grupo EBX Polícia Federal vai indiciar administradores da refinaria Reduc, da Petrobras, por crime ambiental COP17, em Durban, termina com acordo de renovação Protocolo de Quioto pelo menos

Se a decisão é nada decidir, então chega de COPs, por Henrique Cortez

  [EcoDebate] A tão esperada COP17 chegou a duas decisões marcantes: 1) decidiu que a COP18 será no Qatar, de 26 de novembro e 7 de dezembro de 2012 e 2) que iniciaria as discussões sobre um acordo global vinculante, a ser definido até 2015, com metas obrigatórias de corte de emissão de gases de efeito estufa, para entrar em vigor logo após 2020. O Protocolo de Kyoto foi 'prorrogado', pelo menos,

A ‘escolha de Sofia’ da Manu, artigo de Montserrat Martins

  [EcoDebate] É fácil comentar sobre os outros como se fossemos “neutros” e não personagens também, no próprio assunto. Mas não é honesto quando estamos diretamente envolvidos, porque esta é a hora de se expor pessoalmente e aceitar críticas, de ser também vidraça e não só pedra. Eu já havia tido vontade de comentar sobre o papel emblemático da Manuela D’Ávila nessa eleição, depois desisti da idéia, mas acabei citando num

Velhos amigos, crônica de Efraim Rodrigues

  [EcoDebate] - Voce está de óculos ! disse ela, ainda acordando, entre uma tosse e outra. - Já faz 25 anos... - Você está diferente. - Diferente, voce quer dizer velho e fraco ? levantando forte o braço dela. - Nao, sua pegada ainda está boa, ainda que não tão animada quanto da última vez. Voce está, sei lá... meio professor. Pera lá, voce falou 25 anos ?? Onde estive todo este tempo ? -

Comissão Pastoral da Terra (CPT) denuncia desapropriações forçadas no ‘Superporto’ de Açu, do grupo EBX

  A Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulgou nota, no dia 09/12, contra o processo de desapropriação de agricultores no município de São João da Barra, norte do estado do Rio, onde está sendo construído um complexo industrial ligado ao Superporto de Açu, do grupo EBX, do empresário Eike Batista. A CPT denunciou que um número que pode chegar a 1,5 mil famílias - nos distritos de Água Preta, Barra do Jacaré,

Polícia Federal vai indiciar administradores da refinaria Reduc, da Petrobras, por crime ambiental

  Administradores da refinaria Duque de Caxias (Reduc) da Petrobras serão indiciados pela Polícia Federal (PF) por crime ambiental, pelo lançamento de efluentes no Rio Iguaçu, na Baixada Fluminense. A decisão é do delegado Fábio Scliar, da Delegacia de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico da PF, que já remeteu o inquérito ao Ministério Público Federal (MPF). “Que eu vou indiciar pessoas da Reduc, isso aí é fora de dúvida. Uma vez que

COP17, em Durban, termina com acordo de renovação Protocolo de Quioto pelo menos até 2017

  Na mais longa reunião da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre mudanças climáticas até hoje, representantes de 194 países concordaram, por volta das 5h deste domingo (1h de Brasília), em renovar o Protocolo de Quioto pelo menos até 2017 e iniciar um processo com força legal, cujo resultado será um novo pacto global sobre o clima, a entrar em vigor a partir de 2020. A 17ª Conferência das Nações Unidas sobre

COP17: Negociadores fecham acordo sobre clima, mas críticos consideram que o plano de ação não é suficiente

  Os negociadores sobre clima chegaram a um acordo neste domingo que, pela primeira vez, forçará todos os maiores poluidores a agirem contra a emissão de gases do efeito estufa. Os críticos, no entanto, disseram que o plano de ação não é suficientemente agressivo para reduzir o ritmo do aquecimento global. O acordo estendeu o Protocolo de Kyoto, o único pacto global que regula os cortes de emissão de carbono, concordou na

COP17, em Durban: Essencial para países pobres, Fundo do Clima sai do papel

  O Fundo Verde, que visa destinar até 100 bilhões de dólares ao ano até 2020 para combater as mudanças climáticas em países pobres, foi operacionalizado para começar a funcionar já em 2012. Reportagem de Lilian Ferreira, do UOL CIência e Saúde, em Durban. O dinheiro inicial para constituição do fundo vem da Coreia. Como os países não querem um "fundo vazio", também houve o empenho em angariar financiamentos antes de seu

COP17, em Durban: Posições internacionais quanto a um pacto global de corte de gases estufa

  China A China tem se mostrado propensa a aceitar um acordo que vise um compromisso de metas obrigatórias a partir de 2020, com regras a serem definidas no futuro e se uma série de cinco condições forem atendidas. Entre as demandas está o acordo de uma segunda fase de Kyoto, a criação do Fundo Verde para o Clima e o princípio de responsabilidade comum, mas com exigências diferenciadas, dependendo da capacidade de

Greenpeace classifica resultado da COP17 como ‘fracasso’

  A ONG internacional Greenpeace criticou duramente a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP-17) - realizada nas últimas duas semanas em Durban -, descreveu-a como uma "fracasso" e afirmou que os governos participantes "deveriam se sentir envergonhados". "As negociações de Durban acabaram da mesma forma como começaram: em fracasso", diz um comunicado divulgado no site da entidade. "Os governos preferiram ouvir os poluidores ao povo". Matéria da Agência EFE. O Greenpeace acusa

Tomate roxo não transgênico é desenvolvido no Cena/Esalq da USP

  Nova variedade de tomate também contém alta quantidade de vitamina C Pesquisadores do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, desenvolveram uma nova variedade de tomate, sem utilizar transgênicos. A particularidade do fruto é que ele é roxo, por ter predominância do pigmento antioxidante antocianina, que pode ajudar a prevenir o câncer. Em 2008, cientistas do Centro John

Top