Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.462, de 03/11/2011

  Aspectos ambientais da exploração do pré-sal, artigo de Roberto Naime 7 bilhões não são problema, artigo de Efraim Rodrigues Enchentes: É preciso adensar as cidades, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos Os equívocos na condução das negociações internacionais sobre as mudanças climáticas, artigo de Sulema Mendes de Budin Ocupação de Belo Monte: o recado foi dado, por Paul Wolters (CIMI) Governo apresenta oficialmente oito propostas para a Rio+20 MPRJ requer

Aspectos ambientais da exploração do pré-sal, artigo de Roberto Naime

  [EcoDebate] A riqueza representada pelas enormes jazidas de petróleo existentes na camada de rochas conhecida como pré-sal que ocorre nas bacias sedimentares da plataforma continental brasileira são esperança para enormes avanços sociais no país e ninguém duvida da importância econômica que tem e das possibilidades que gera se os resultados econômicos da explotação forem realmente utilizados para o resgate ainda que parcial da enorme dívida social do país. Príncipios e preceitos

7 bilhões não são problema, artigo de Efraim Rodrigues

  [EcoDebate] Nesta semana nasceu o heptabilionésimo habitante da Terra. Vivemos o maior crescimento populacional da história da espécie humana. Para chegar ao primeiro bilhão levamos toda a idade da Terra, depois em 123 anos chegamos a dois bilhões e agora crescemos mais 1 bilhão em 11 anos. Neste mês vimos artigos do tipo "Iremos alimentar 10 bilhões de pessoas ?” ou "Planeta sedento”. Estou pouco preocupado com a quantidade de gente.

Enchentes: É preciso adensar as cidades, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

[EcoDebate] Esse é o quinto e penúltimo artigo de uma série de textos dedicados à demonstração da importância das medidas ditas não estruturais no combate às enchentes urbanas. Esses textos estão concebidos para, o mais didaticamente quanto o espaço permite, demonstrar a imperiosa necessidade da adoção de uma nova cultura técnica para a gestão dos problemas urbanos e orientar ações que podem perfeitamente ser adotadas pela sociedade e pelas administrações

Os equívocos na condução das negociações internacionais sobre as mudanças climáticas, artigo de Sulema Mendes de Budin

  [EcoDebate] Que me perdoem a ousadia os senhores mandatários das grandes e médias potências internacionais, mas as negociações nas COPs não avançam porque partem de uma premissa equivocada e não consideram o viés econômico como ponto inicial e crucial para as discussões sobre o clima. Outro fator negativo é, pelo que se deduz das posições e atitudes, a falta de assessoria ambiental competente dos Governantes dos países que se reúnem,

Ocupação de Belo Monte: o recado foi dado, por Paul Wolters (CIMI)

  ‘Demos um soco para a presidente da república!’ diz um dos caciques Kaiapó, do Pará sobre a ocupação do canteiro de obras de Belo Monte.* ‘O movimento foi muito bom. Enviamos nossa mensagem. O mundo inteiro ouviu e sabemos que muitos estão dando apoio para nós. O mundo quer viver em paz.’ *Por motivos de segurança os nomes na matéria foram anonimizados Se for por eles, os seus guerreiros Kaiapó teriam continuado

Governo apresenta oficialmente oito propostas para a Rio+20

  O governo apresentou nesta terça-feira (1º) a versão oficial do documento com oito propostas para a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, conhecida como Rio+20, a ser realizada no Rio de Janeiro de 28 de maio a 6 de junho de 2012. O documento foi apresentado hoje pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira e pelo Itamaraty, em coletiva de imprensa, em Brasília. A primeira proposta é a criação

MPRJ requer fim de emissão de poluente da TKCSA

  O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) requereu ao Juízo da 2a Vara Criminal de Santa Cruz liminar proibindo a Thyssenkrupp CSA Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA) de despejar ferro gusa em poços ao ar livre, sem controle de emissões de poluentes. A atividade foi identificada como fonte de poluição atmosférica, que é objeto de reclamação dos moradores de Santa Cruz. O pedido do MPRJ faz parte da

Justiça vai analisar liminar que proíbe siderúrgica TKCSA de despejar ferro-gusa em poços ao ar livre

  A Justiça do Rio deve analisar, nos próximos dias, o pedido de liminar que o Ministério Público (MP) estadual enviou, em 31/10, à 2ª Vara Criminal de Santa Cruz, proibindo a ThyssenKrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA) de despejar ferro-gusa - subproduto usado na fabricação do aço - em poços ao ar livre, sem controle de emissão de poluentes. O pedido faz parte da segunda ação penal movida em pouco mais

Desigualdade social e econômica no Brasil faz IDH diminuir cerca de 30%

  A desigualdade na distribuição de renda no Brasil faz com que o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) 2011 do país fique 27,7% menor. Conforme ranking divulgado hontem (2) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o Brasil registrou IDH de 0,718 neste ano, marca que situa o país no grupo dos países com desenvolvimento humano elevado. O IDH Ajustado à Desigualdade (IDHAD) foi criado pelo Pnud em 2010 para

Pnud alerta que problemas ambientais ameaçam avanços no desenvolvimento humano

  As ameaças ambientais podem comprometer avanços no desenvolvimento humano nos próximos anos, e os principais prejudicados serão os países mais pobres do mundo. O alerta é do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), que divulgou ontem (2) o relatório Sustentabilidade e Equidade: Um Futuro Melhor para Todos. De acordo com o Pnud, os avanços em saúde e renda, que, junto com educação, compõem o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH),

Riscos ambientais podem comprometer avanços da América Latina

Apesar do progresso da região, desmatamento e outras ameaças podem ofuscar conquistas regionais e impedir o progresso Leia também Brasil avança no desenvolvimento humano e sobe uma posição no ranking do IDH 2011 do PNUD Os países da América Latina e do Caribe estão conseguindo reduzir a desigualdade de renda e enfrentar o desmatamento e outras ameaças ambientais que poderiam prejudicar o desenvolvimento humano na região, aponta o Relatório de Desenvolvimento Humano (RDH) 2011

Top