Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.422, de 09/09/2011

  Mata ciliar - parte I: da metragem ao sonho, artigo de Osvaldo Ferreira Valente Observatório de Itacuruba: uma obra inacabada, artigo de Heitor Scalambrini Costa A água como arma de guerra, artigo de Ana Echevenguá Um sermão denunciando Belo Monte? artigo de Paulo Sanda Responsabilidade e Educação Ambiental, artigo de Donato Velloso Fazendeiros destroem aldeia e expulsam indígenas Guarani-Kaiowá em MS MPF/MS pede abertura de inquérito para apurar ataque contra indígenas Guarani-Kaiowá Condenado o deputado federal Asdrúbal

Mata ciliar – parte I: da metragem ao sonho, artigo de Osvaldo Ferreira Valente

  [EcoDebate] É mais do que conhecido o fato de os conceitos ficarem prejudicados quando as discussões se acirram. Nos embates recentes sobre o novo Código Florestal, onde a emotividade já superou qualquer limite racional, os conceitos viraram uma salada de componentes altamente indigestos. E aí aparece a mata ciliar, coitada, que virou a heroína capaz de, sozinha, salvar os nossos recursos hídricos. Já escrevi, há tempos, um artigo falando

Observatório de Itacuruba: uma obra inacabada, artigo de Heitor Scalambrini Costa

  [EcoDebate] Há 23 anos, a cidade de Itacuruba localizada no meio da caatinga pernambucana foi inundada pelas águas do Rio São Francisco para a construção da barragem de Itaparica. Os moradores foram transferidos para a nova Itacuruba, uma espécie de cidade cenográfica a cerca de 481 km de Recife, com uma população de pouco mais de 4 mil habitantes, vivendo quase que exclusivamente dos empregos que a Prefeitura Municipal oferece.

A água como arma de guerra, artigo de Ana Echevenguá

  Muito além das questões religiosas, os conflitos no Oriente Médio fulcram-se na escassez de água regional. Apesar do inconcebível silêncio a respeito do tema, o mundo sabe que são os recursos hídricos que provocam e/ou contribuem para o acirramento dos conflitos. O exemplo clássico é a invasão por Israel das colinas de Golã, na Jordânia, onde está a nascente do rio Jordão. É sabido que israelenses,

Um sermão denunciando Belo Monte? artigo de Paulo Sanda

  Para que vocês saibam, vim aqui, eu que represento a voz de Cristo. E por isto convém que prestem toda atenção, não uma qualquer, mas a de seus corações, e sentimentos, ouçam a maior novidade que jamais ouviram, a mais áspera e dura, a mais espantosa e perigosa, que jamais imaginaram que ouviriam. Esta é a voz que todos estais em pecado mortal, e nele vivem e morrem, por causa da

Responsabilidade e Educação Ambiental, artigo de Donato Velloso

  [EcoDebate] Nós que tivemos a oportunidade de ensino público de qualidade em décadas passada aprendemos desde pequenos que devemos diariamente celebrar e cuidar de todas as formas da vida, a mais preciosa manifestação do nosso planeta TERRA. Até onde conhecemos, ela só é possível, porque temos elementos como água, indispensável nos organismos vivos, energia, essencial para as reações biológicas que ocorrem nos organismos, luz absorvida pelos vegetais através do processo da

Fazendeiros destroem aldeia e expulsam indígenas Guarani-Kaiowá em MS

  Fazendeiros da região de Iguatemi, em Mato Grosso do Sul, atacaram violentamente mais de 125 famílias de indígenas Guarani-Kaiowá, que haviam retomado suas terras tradicionais no último dia 9 de agosto e estabelecido no local a aldeia Pyelito Kue /Mbarakay. Desde a ocupação da região os indígenas têm sido vítimas de terror constante por parte dos empregados das fazendas, que durante a noite circundavam as barracas e atiravam para o alto

MPF/MS pede abertura de inquérito para apurar ataque contra indígenas Guarani-Kaiowá

  Ataque deixou feridos e destruição Município de Iguatemi, sul de Mato Grosso do Sul, 23 de agosto de 2011, por volta das oito da noite. Indígenas guarani-kaiowás, acampados às margens de uma estrada vicinal são atacados por homens armados. O relato é de um dos líderes do grupo: "Estavámos rezando, de repente chegaram dois caminhões cheios de homens, chegaram atirando, ordenaram parar queimar barracas e roupas e amarrar todos índios. Saímos

Condenado o deputado federal Asdrúbal Mendes Bentes (PMDB-PA) por crime de esterilização irregular

  Por votação majoritária, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou, nesta quinta-feira (8), o deputado federal Asdrúbal Mendes Bentes (PMDB-PA) pela prática do crime de esterilização cirúrgica irregular, previsto na Lei de Planejamento Familiar (artigo 15 da Lei 9.263/1996), à pena de reclusão de três anos, 1 mês e 10 dias, em regime inicial aberto, mais 14 dias-multa, no valor unitário de um

Com um século de atraso, energia elétrica chega à comunidade quilombola da Ilha da Marambaia, RJ

  Com cerca de 100 anos de atraso, a energia elétrica chegou, a partir de ontem (8), para parte dos moradores da comunidade quilombola da Ilha da Marambaia, na Baía de Sepetiba. Como o sistema inaugurado só foi instalado nas casas mais antigas, ficaram fora as famílias constituídas pelos jovens, que não são reconhecidos como novos núcleos pela Marinha, administradora da ilha. Acessível somente pelo mar, a comunidade de descendentes de escravos

Doar sangue salva vidas além da transfusão

  Milhares de pessoas dependem de medicamentos produzidos a partir do plasma A produção de hemoderivados significa um melhor aproveitamento do sangue doado A doação de sangue é um gesto solidário que ajuda a salvar a vida de milhões de brasileiros todos os anos. E não só por meio da transfusão. Além das vítimas de graves acidentes, dos pacientes que irão se submeter a cirurgias delicadas ou que estão com alguma deficiência momentânea

Top