Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.421, de 08/09/2011

  Os Economistas e o Meio Ambiente, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira Economia solidária e agrofloresta no Vale do Ribeira, artigo de Juliana Higa Bellini Ribeirinhos enfrentam cheias e outras dificuldades em Manaus Índios brasileiros ordenam que Shell deixe suas terras Índios kassupás e salamãis receberão compensações da UHE Santo Antônio Mesmo embargadas, madeireiras maranhenses continuavam a operar ilegalmente Justiça veta licenciamento de ampliação de terminal no Porto de Paranaguá (PR) Dificilmente, a CCJ do Senado votará

Os Economistas e o Meio Ambiente, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira

  [EcoDebate] A relação dos economistas com o meio ambiente passa, indubitavelmente, pela seguinte pergunta: Quando é que os economistas vão entender definitivamente que a economia é apenas um subsistema do meio ambiente? Tal qual ocorre com o debate em torno da necessidade de se incluir as pessoas nas análises econômicas, fato esse quase sempre ignorado pela economia tradicional, também a questão do meio ambiente e sua relação com o todo

Economia solidária e agrofloresta no Vale do Ribeira, artigo de Juliana Higa Bellini

  [EcoDebate] O Vale do Ribeira responde por uma das regiões mais pobres, com o menor IDH do Estado de São Paulo e incluída no maior contínuo de mata atlântica preservada do país, mas não foi por isso que este artigo está valendo a pena. É nesta região que está localizado o Bairro Guapiruvu, formado por descendentes de indígenas, negros escravizados e portugueses, constituindo-se hoje como uma comunidade caiçara que vive principalmente

Ribeirinhos enfrentam cheias e outras dificuldades em Manaus

  [Por Maria Carolina Gonçalves, para o EcoDebate] Em Manaus é comum pessoas de baixa renda morarem perto das margens dos rios. São comunidades como outras observadas no território brasileiro, porém, com uma particularidade: os alagamentos anuais. “O problema daqui é que alaga. A violência não assusta”, diz Elisângela de Freitas, moradora de igarapé. Elisângela é doméstica e sempre morou na região do Igarapé São Raimundo, banhado pelo Rio Negro. Ela já

Índios brasileiros ordenam que Shell deixe suas terras

  Homem Guarani. A Shell está usando cana de açúcar plantada nas terras dos Guarani. © Fiona Watson/Survival Índios da tribo Guarani, no Brasil, exigiram que a gigante da energia, Shell, pare de usar suas terras ancestrais para produção de etanol. Ambrosio Vilhalva, um Guarani de uma das comunidades afetadas, disse à Survival International, 'A Shell tem que sair das nossas terras ... as empresas têm que parar de trabalhar na terra dos indígenas.

Índios kassupás e salamãis receberão compensações da UHE Santo Antônio

  Após entendimento com o Ministério Público Federal, consórcio comprometeu-se a incluir a etnia no programa de proteção aos povos indígenas, com mitigações e compensações Os índios kassupás e salamãis foram incluídos nas ações de mitigação e compensação a serem promovidas pelo consórcio Santo Antônio Energia S/A, que constrói a hidrelétrica de Santo Antônio, no rio Madeira, em Porto Velho (RO). A inclusão destas etnias no programa de proteção aos povos indígenas

Mesmo embargadas, madeireiras maranhenses continuavam a operar ilegalmente

  Oito dias após deflagrar uma operação para coibir a retirada de madeira de áreas protegidas, no Maranhão, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) já desativou dez serrarias. O órgão também aplicou multas no valor de R$ 1,9 milhão e apreendeu 3,2 mil metros cúbicos de madeira irregular. O material confiscado é suficiente para encher 160 caminhões. As dez madeireiras desativadas tinham sido embargadas no ano

Justiça veta licenciamento de ampliação de terminal no Porto de Paranaguá (PR)

  Ação civil pública do Ministério Público Federal defende que obra apresenta risco ambiental O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria Regional da República da 4ª Região (PRR4), obteve vitória judicial que manteve a tutela antecipada determinando suspensão da licença de operação para a ampliação do Terminal 01 da empresa Cattalini Terminais Marítimos Ltda. no Porto de Paranaguá (PR). O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) acatou o recurso

Dificilmente, a CCJ do Senado votará o projeto de mudanças no Código Florestal no próximo dia 14/9

  Presidente da CCJ do Senado teme atraso nas discussões do projeto do novo Código Florestal Dificilmente, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado votará o projeto de mudanças no Código Florestal Brasileiro no próximo dia 14. Segundo o presidente da comissão, Eunício Oliveira (PMDB-CE), questões de mérito "polêmicas" incluídas no texto pelo relator Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC) podem gerar atraso na discussão. De acordo com Eunício, a possibilidade

Padrão de consumo no planeta é insustentável, afirmam pesquisadores

  Em audiência sobre o tema "Decrescimento: Por que e como construir", realizada nesta segunda-feira (5) na Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do Regime Internacional sobre Mudanças Climáticas da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), os três professores convidados condenaram o desenvolvimentismo que leva a um consumo de recursos naturais acima da capacidade do planeta, e discutiram formas de conduzir

Casos de câncer cresceram 20% em uma década no mundo, diz World Cancer Research Fund (WCRF)

  A incidência de câncer no mundo cresceu 20% na última década, sendo registrados 12 milhões de novos casos por ano – número superior à população da cidade de São Paulo –, informou hoje (7) a organização não governamental (ONG) World Cancer Research Fund (WCRF). Para efeitos comparativos, na última década a população global passou de cerca de 6,2 bilhões de pessoas a 6,9 bilhões (aumento de cerca de 11%), segundo estatísticas

Top