Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.411, de 24/08/2011

Conceitos básicos de Saneamento, artigo de Roberto Naime A transição para a Economia Verde e a Rio+20, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Três hidrelétricas ameaçam indígenas no rio Teles Pires, artigo de Telma Monteiro Amazônia profunda: os sapatos sujos do repórter Ismael Machado, artigo de Rogério Almeida Postos de gasolina e poluição, artigo de Aroldo Cangussu A greve dos professores é justa? artigo de Gilvander Luís Moreira Urânio empobrecido:

Conceitos básicos de Saneamento, artigo de Roberto Naime

[EcoDebate] A água, pela sua intrínseca relação com a vida, não poderia estar fora das preocupações fundamentais do homem, que esteja no meio rural, quer esteja no meio urbano que hoje concentra a maior parte da população. Não existe vida se não existir água e portanto, não existe cidade se não existir água disponível regularmente, capaz de atender às necessidades básicas do ser humano, para o controle e prevenção de doenças,

A transição para a Economia Verde e a Rio+20, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] A crise mundial das bolsas de valores e das dívidas é apenas mais um sinal da inviabilidade da forma como se organiza a atual economia internacional. Se o modelo de endividamento crescente tem se tornado inviável economicamente, também tem se tornado inviável ecologicamente. O atual modelo de desenvolvimento “marron” (poluidor), além de insustentável, pode levar a humanidade ao suicídio e ao ecocídio. Os sinais da insustentabilidade estão por todos os

Três hidrelétricas ameaçam indígenas no rio Teles Pires, artigo de Telma Monteiro

No dia 19 de agosto o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) expediu a Licença de Instalação (LI) da hidrelétrica Teles Pires a ser construída no rio Teles Pires. Ela é uma das seis hidrelétricas inicialmente planejadas nesse rio. O mais curioso é que quatro delas estão sendo licenciadas pelo Ibama e outras três, Sinop, Colíder, Foz do Apiacás

Amazônia profunda: os sapatos sujos do repórter Ismael Machado, artigo de Rogério Almeida

[EcoDebate] As Amazônias do Brasil são várias. Tenho dito. Na vastidão desses mundos de cidades, vilas, lugarejos, aldeias, quilombos uma diversidade de gentes aqui nascidas, e outras que para cá vieram conformam uma sociodiversidade. São negros, índios, mestiços, migrantes locais e muitos de além rio-mar. Boa parte dessa gente é invisível. São indígenas, quilombolas, agricultores, coletores de recursos da floresta que teimam em viver em terra firme, ilhas, às margens

Postos de gasolina e poluição, artigo de Aroldo Cangussu

[Ecodebate] O modelo de vida que a nossa sociedade adotou tem o seu componente mais forte no automóvel. Tudo é feito de carro. As cidades já não têm como resolver os problemas de circulação e estacionamento de veículos. Está tudo lotado e as mazelas advindas desse fato se agigantam, inclusive com o aumento da poluição do ar. Se pensarmos que um automóvel médio brasileiro pesa quase uma tonelada (sem falar nas

A greve dos professores é justa? artigo de Gilvander Luís Moreira

A greve dos professores é justa? Gilvander Luís Moreira1 [EcoDebate] No dia 16 de agosto de 2011, à tarde, participei de mais uma Grande Assembleia Geral das/os professoras/res da Rede Estadual de Educação do Estado de Minas Gerais, na Praça da Assembleia Legislativa, em Belo Horizonte, MG, Brasil. Essas trabalhadoras/se estão em greve há 70 dias (desde 08/06/2011) e decidiram manter a greve por tempo indeterminado. Era um mar de educadores! Cabe

Urânio empobrecido: uma ameaça ainda desconhecida, entrevista com Damacio A. Lopez

Com o processo de enriquecimento de urânio o Brasil está produzindo todo dia um lixo nuclear chamado urânio empobrecido (urânio-238). Entrevista com Damacio A. Lopez do Novo México (EUA), especialista em urânio-238 e seu uso em armas. [Por Norbert Suchanek e Marcia Gomes de Oliveira, para o EcoDebate] As armas e munições modernas feitas com urânio-238 representam um sério risco para os civis e seu uso vai contra vários princípios da

Irregularidades na operação e poluição do ambiente do trabalho paralisam produção de urânio na Bahia

Relatório técnico da FUNASA constata descumprimento de liminar da Justiça da Bahia [Por Zoraide Vilasboas, para o EcoDebate] Dois milhões de reais é o valor da última multa que o IBAMA aplicou na Indústrias Nucleares do Brasil (INB) devido a irregularidades na operação e poluição do ambiente do trabalho na unidade minero-industrial de exploração de urânio, em Caetité, na Bahia. Além da multa, o IBAMA embargou a área 170 da

Amazônia: O desmatamento acumulado no período Ago/10 a Jul/11 totalizou 1628 km2; aumento de 9% com relação ao período anterior

Boletim Transparência Florestal da Amazônia Legal Julho de 2011 Em julho de 2011, o SAD detectou 93 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal. Isso representou uma redução de 40% em relação a julho de 2010 quando o desmatamento somou 155 quilômetros quadrados. Desse total, 41% ocorreram no Pará, seguido por Mato Grosso (23%), Rondônia (18%), Amazonas (14%), e o restante no Amapá, Acre e Tocantins. O desmatamento acumulado

MPT pede à Justiça condenação de Construtoras da Usina Jirau ao pagamento de indenização superior a R$ 4.9 milhões

Uma indenização no valor de R$ 4.903.800,00 é quanto o Ministério Público do Trabalho (MPT) quer que as empresas Construtora Camargo Corrêa e Energia Sustentável do Brasil (ESBR), responsáveis pela construção da Usina de Jirau, no rio Madeira, paguem pela pela prática de condutas ilícitas e danosas, ensejadoras e caracterizadoras de dano moral coletivo. O pedido foi feito à Justiça do Trabalho pelo MPT em Rondônia em uma Ação Civil

Pesquisa da UFRJ desenvolve suplemento energético à base de açaí

  Michelle Meiklejohn Antocianinas, pigmentos do açaí, ajudam a prevenir a fadiga precoce Atletas de alto desempenho têm um enorme dispêndio de energia durante a prática esportiva. Pensando nisso, as farmacêuticas Mirian Leite Moura, Lúcia Jaeger de Carvalho e Jacqueline Peixoto, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), desenvolveram uma bebida energética à base de açaí. Com grande concentração de açúcares, o suplemento não só repõe

Top