Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.389, de 25/07/2011

'Desaguamento' de lodos, artigo de Roberto Naime Inexistência de Política Florestal e risco de descontrole nas transações com produtos de origem florestal em Rondônia, artigo de Joel Mauro Magalhães Desenvolvimento Integrado, Política Ambiental e Economia Verde, artigo de Volney Zanardi Júnior Amazônia: Desmatamento caiu em junho, mas mantém tendência de aumento Manifesto contra redução de Unidades de Conservação no Tapajós MG: mineradora é condenada a recompor área degradada por suas

‘Desaguamento’ de lodos, artigo de Roberto Naime

[EcoDebate] O tratamento das águas residuárias, sejam de origem doméstica ou sejam de origem industrial, sempre produz resíduos sólidos que se denominam “lodos’. Estes lodos devem sofrer processos de “desaguamento” ou retirada do excesso de água para serem destinados para aterros de resíduos de classe I ou classe IIA, dependendo do tipo de origem do lodo e do tipo de tratamento que sofre. O desaguamento posterior dos lodos geralmente é necessário,

Inexistência de Política Florestal e risco de descontrole nas transações com produtos de origem florestal em Rondônia, artigo de Joel Mauro Magalhães

[EcoDebate] Por força do artigo 83 da Lei Federal Nº 11.284, de 02/03/2006, desde fins de 2006, o estado de Rondônia, assim como todas as Unidades da Federação, assumiu a gestão florestal de florestas privadas em áreas inferiores a 50.000 hectares. Para tanto, com fulcro no Parágrafo 1º do artigo 2º da referida lei, o Estado de Rondônia promoveu as adaptações necessárias de sua legislação às prescrições a Lei Nº 11.284/06,

Desenvolvimento Integrado, Política Ambiental e Economia Verde, artigo de Volney Zanardi Júnior

[EcoDebate] O Brasil vive, no momento atual, uma contradição que requer que seja feita uma opção clara em relação aos seus caminhos para o desenvolvimento. As políticas sociais desenvolvidas nos últimos anos revelam que já há um claro entendimento de que crescimento econômico não resulta necessariamente em diminuição das desigualdades sociais e, portanto, inclusão social. No entanto, em relação à dimensão ambiental temos ainda um dilema em relação ao modelo

Amazônia: Desmatamento caiu em junho, mas mantém tendência de aumento

Em junho, o Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) registrou 99 quilômetros quadrados (km²) de novos desmatamentos na Amazônia Legal. Na comparação com junho de 2010, houve redução de 42%. No entanto, a tendência é de avanço do desmatamento na região, segundo boletim divulgado, no dia 22/7, pela organização não governamental (ONG). No acumulado entre agosto de 2010 e junho de 2011 – primeiros 11 meses do

Manifesto contra redução de Unidades de Conservação no Tapajós

EXTERMINADORES DE SONHOS E VIDAS MANIFESTO CONTRA A REDUÇÃO DAS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO FEDERAIS NO TAPAJOS Não creio que o tempo Venha comprovar Nem negar que a História Possa se acabar Basta ver que um povo Derruba um czar Derruba de novo Quem pôs no lugar (Gilberto Gil) No mundo da opressão, da truculência, do neototalitarismo, do mercado, do consumo, do capital, a irracionalidade é soberana. O fim dos tempos não é força de expressão, é literal. O fim da história

MG: mineradora é condenada a recompor área degradada por suas atividades

Empresa teria efetuado exploração mineral clandestina causando graves danos ambientais no Município de Piranga A Justiça Federal em Belo Horizonte condenou a Mineração Monte Verde Ltda a recompor os danos ambientais causados em Santo Antônio do Pirapetinga, distrito do Município de Piranga, na Zona da Mata Mineira, e a pagar indenização no valor de R$ 63.818,15 a ser monetariamente corrigida até a data do efetivo pagamento. A sentença foi proferida em ação

25 de julho, Dia internacional da mulher afro-latina-americana e caribenha, em Belém, PA

25 de julho – Dia internacional da mulher afro-latina-americana e caribenha “Meu cabelo é bom! Ruim é o racismo!” O dia será marcado em Belém com várias atividades com direito à manifestação em via pública, cineclube e roda de conversa, com foco na violência doméstica e com o racismo no cotidiano da mulher negra. Uma vasta programação agitará a capital paraense nesse 25 de julho. Pela manhã, a Articulação de Mulheres Brasileiras -

Prorrogadas até 30/9 as inscrições do concurso audiovisual ‘Nosso Futuro Comum’, sobre a temática ambiental

Concurso audiovisual “Nosso Futuro Comum” inscreve até 30 de setembro Vídeos vencedores participarão de mostra multimídia no Museu do Ambiente, no Rio O concurso audiovisual “Nosso Futuro Comum”, que premiará produções audiovisuais em qualquer mídia ou formato sobre temas ambientais teve o prazo para inscrições prorrogado. Agora, até 30 de setembro poderão ser enviados para a página www.marcouniversal.com.br vídeos de até 1 minuto de duração que abordem os eixos temáticos Êxodos, Consumo,

Fiscalização resgata trabalhadores em condições degradantes no interior de São Jerônimo (RS)

Entre os cinco empregados flagrados em condições degradantes de trabalho havia menores O Grupo Especial de Fiscalização Móvel do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) resgatou cinco trabalhadores, entre os quais dois menores, que trabalhavam na extração de cascas de acácia no interior do município de São Jerônimo (RS). Todos estavam alojados em situação degradante. A ação ocorreu no dia 13 de julho e terminou na última segunda-feira, quando o empregador

Cultivo de erva-mate em Santa Catarina: cinco casos de trabalho escravo em 20 dias

Ao todo, 33 pessoas foram libertadas, incluindo quatro jovens com menos de 18 anos de idade. Todas as propriedades flagradas são de cultivo de erva-mate. Uma das ervateiras (Anzolin) inclusive já fez parte da "lista suja" Por Bianca Pyl, da Agência de Notícias Repórter Brasil. Em apenas 20 dias, a equipe de fiscalização da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Santa Catarina (SRTE/SC), acompanhada do Ministério Público

Voracidade consumista, artigo de Frei Betto

Para o filósofo Edgar Morin, a ciência, ao buscar autonomia fora da tutela da religião e da filosofia, extrapolou os próprios limites éticos, como a produção de armas de destruição em massa. Os cientistas não dispõem de recursos para controlar a própria obra. Há um divórcio entre a cultura científica e a humanista. Exemplo paradigmático desse divórcio é a atual crise econômica. Quem é o culpado? O mercado? Concordar que sim

Top