Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.329, de 28/04/2011

Tragédias Geológicas: o objetivo deve estar na eliminação do risco, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos Operação do Ibama já apreendeu 5 mil cabeças de gado e embargou 19 mil ha de áreas de desmatamento ilegal na Amazônia Fazendeiro desobedece ordem judicial e insiste em invadir terras quilombolas no Marajó Petrobrás, ANP, Ibama e indústria confirmam diesel com menos enxofre para janeiro de 2012 Hipertensão arterial sistêmica e o

Tragédias Geológicas: o objetivo deve estar na eliminação do risco, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

[EcoDebate] Ao dar atenção prioritária aos sistemas de alerta pluviométrico, alguns homens de governo vêm revelando um perigoso mau entendimento sobre qual deveria ser o real foco estratégico dos programas voltados a evitar tragédias geológicas como as que têm ocorrido desde há muito em nossas cidades serranas. Os sistemas de alerta sobre a iminência de chuvas intensas, incluindo indispensavelmente o treinamento da população, são necessários, especialmente considerando as condições emergenciais de

Operação do Ibama já apreendeu 5 mil cabeças de gado e embargou 19 mil ha de áreas de desmatamento ilegal na Amazônia

Iniciada em 31/3, a operação Disparada completa um mês e os resultados são alarmantes nas cinco frentes: Sinop/MT, Lábrea/AM, São Felix do Xingu, Novo Progresso e Redenção/PA. O valor total das multas aplicadas ultrapassam R$ 83 milhões, num total de 54 autos de infração lavrados e quase 20.000 ha de áreas embargadas. Foram apreendidas 5.415 cabeças de gado, 1.600 toneladas de arroz, 1.920,1 m³ de madeira em tora, além de

Fazendeiro desobedece ordem judicial e insiste em invadir terras quilombolas no Marajó

Criador de búfalos dificulta entrada dos servidores do Incra e continua soltando animais nas terras da comunidade O Ministério Público Federal comunicou à Justiça Federal que o fazendeiro Liberato Magno da Silva Castro está desobedecendo ordem judicial que o obriga a respeitar os limites das terras da comunidade quilombola do Jambuaçu, entre os rios Murucutu e Caju, na ilha do Marajó, no Pará. A ordem foi confirmada pelo Tribunal

Petrobrás, ANP, Ibama e indústria confirmam diesel com menos enxofre para janeiro de 2012

Além do diesel S-50, veículos adaptados à nova fase do Proconve já estarão no mercado no final deste ano. A Agência Nacional do Petróleo (ANP), a Petrobrás, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e representantes da indústria automobilística informaram ao Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo que vão cumprir integralmente o acordo firmado com a instituição em outubro de 2008 e iniciarão, em todo

Hipertensão arterial sistêmica e o sal, artigo de Frederico Lobo

O sal é um composto químico natural e abundante na Terra. É constituído de Cloro (Cl) e Sódio (Na) que ao se unirem formam o Cloreto de sódio (NaCl). Na mistural de Na com Cl 40% corresponde ao Sódio e 60% de cloreto. Logo, 1g de Sal tem 0,4g de Sódio e 0,6g de Cloreto. Existe basicamente 2 tipos de sal: 1) Sal marinho: é extraído através da evaporação

O biocombustivel e a fome, artigo de Sergio Sebold

Todos nós temos consciência de que as reservas de petróleo são finitas. Segundo analistas e especialistas nesta área, existe ainda petróleo para os próximos 40 anos dentro dos padrões de consumo atual (75 milhões barris/dia), que em termos de tempo é extremamente exíguo. Por outro lado, o que nos choca é pensar que a natureza levou milhões, talvez bilhões de anos fermentando nas entranhas da terra para se transformar neste

‘Belo Monte vai exportar empregos e ficaremos com os impactos’, entrevista com Philip Fearnside

Biólogo diz que, apesar de ser vendida como solução contra o apagão, usina será fonte de energia para indústrias que exportam produtos primários, como alumínio O biólogo americano Philip Fearnside acompanha os planos do governo para explorar o potencial hidrelétrico da Amazônia desde os anos 70, quando morou em Altamira, no Pará. Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), órgão federal, Fearnside afirma que a Usina de Belo Monte,

Sol, fonte renovável de energia, de vida, de espiritualidade. Entrevista com Enrico Turrini

A energia nuclear é "uma escolha energética em direção à morte e não à vida", segundo o engenheiro italiano Enrico Turrini. Ele poderia ser chamado de "convertido energético": após trabalhar em uma usina nuclear da Europa, se deu conta de que um reator, mesmo projetado com sistemas avançados de segurança, jamais poderá oferecer garantias aos seres que vivem ao seu redor. Assim, indo em direção contrária, Turrini defende uma valorização das

Código Florestal: APPs devem ser consideradas como parte fundamental do planejamento agrícola, dizem cientistas da SBPC/ABC

As Reservas Legais (RL) e Áreas de Preservação Permanente (APPs) deveriam "ser consideradas como parte fundamental do planejamento agrícola conservacionista das propriedades". É o que defende o estudo "O Código Florestal e a Ciência - Contribuição para o diálogo", realizado pelo Grupo de trabalho do Código Florestal, organizado pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e pela Academia Brasileira de Ciência (ABC) e lançado hoje (25). A reportagem

Governo abriga demandas ruralistas no texto do Código Florestal

Documento da Casa Civil propõe a isenção de responsabilidade penal a desmatamentos. Em blitz no Congresso para garantir "consenso" em sua coalizão parlamentar para votar a reforma do Código Florestal, o governo defendeu ontem pontos amplamente rejeitados por ambientalistas. E abriu algumas deserções em sua base parlamentar. Um inédito documento da Casa Civil, entregue por ministros a líderes partidários e obtido pelo Valor, propõe a isenção de "responsabilidade penal" aos desmatamentos com

Em Angra dos Reis, vizinhos das usinas nucleares desconfiam de plano de emergência

Norma Benedita Dias mora com os quatro filhos em Guariba, ocupação às margens da Rodovia Rio-Santos com cerca de 120 moradores. Sem pintura, telefone, internet nem saneamento, as casas têm parabólicas, porque nem o sinal da TV local chega lá. Guariba teria tudo para passar totalmente despercebida se não fosse a vizinhança. A comunidade é a mais próxima das usinas nucleares de Angra 1 e 2, em Angra dos Reis

Destino do lixo nuclear, uma ‘herança’ para nossos filhos

País quer construir mais quatro usinas nucleares, mas não sabe o que fazer com resíduos radioativos A usina nuclear de Angra 1, no litoral do Rio, entrou em operação há 26 anos e a de Angra 2, há 9. O governo pretende inaugurar Angra 3 em 2015 e já concluiu estudos para a construção de mais quatro usinas, duas no Nordeste e duas no Sudeste. Mas ainda não sabe o que

Até hoje, 25 anos depois, pessoas afetadas pelo desastre de Chernobyl vivem com as sequelas

Infográfico no Correio Braziliense Em 1986, Nathalia Manurova levava uma vida tranquila como engenheira em Chelyabinsk, na fronteira da Rússia, então parte da União Soviética, com o Cazaquistão. Seguindo ordens do governo comunista, ela foi mandada para ajudar a minimizar as consequências de um acidente em uma central nuclear. Nada demais para uma pesquisadora que estudava justamente formas de reduzir os efeitos de vazamentos nucleares no meio ambiente. Nathalia ainda não

Japão: Bem-vindos à usina nuclear de Hamaoka, na região mais sísmica do mundo

Central Nuclear de Hamaoka. Foto: Wikipedia Se há um país com probabilidade de sofrer um grande terremoto, é o Japão. E dentro do Japão a região de Tokai, ao sul de Tóquio. Pois exatamente ali, sobre a confluência de três placas tectônicas e onde o governo japonês situa o maior risco de grande terremoto nos próximos 30 anos, encontra-se uma nuclear com cinco reatores. Chama-se Hamaoka, e até o acidente de

A revolta de moradores indianos contra um projeto de reator nuclear

Uma caminhonete avermelhada pelo fogo jaz à beira da estrada. Vidros quebrados de uma casa deixam entrever no lado de dentro pedras e um cartucho. E, pintado em uma mureta, o slogan: “No nuclear”. Reportagem de Frédéric Bobin, Le Monde. As feridas ainda estão abertas em Nate, vila de pescadores do distrito de Ratnagiri, no sul de Maharashtra, uma semana depois dos confrontos de 18 de abril que custaram a vida

Agora valorizada como alimento, quinoa se torna inacessível em sua terra, a Bolívia

RIO - Quando os cientistas da Nasa procuravam, décadas atrás, por um alimento ideal para longas viagens ao espaço, eles se depararam com um planta dos Andes chamada quinoa. Formada por uma excepcional mistura de aminoácidos, a quinoa, segundo eles, não tem rival à sua altura entre animais e plantas para os nutrientes que carrega. Reportagem do Extra Online. Embora os bolivianos se sustentem desse alimento

Top