Desastre Nuclear em Fukushima: Uma advertência ao mundo, artigo de Amy Goodman

Autor: Bruno Lima Rocha Democracy Now! em português a coluna semanal de Amy Goodman,18 de março de 2011 Uma advertência ao mundo Ao descrever a devastação em uma cidade do Japão, um jornalista escreveu: "Parece que um trator gigante passou por cima e arrasou tudo o que existia ali. Escrevo estes fatos...Como uma advertência ao mundo". O jornalista era Wilfred Burchett, que escrevia de Hiroshima, Japão, em 05 de setembro de 1945.

Tepco teria mentido nos relatórios de controle sobre complexo nuclear de Fukushima

Administradora Tokio Eletric Power divulga foto de funcionários trabalhando para reparar prédio de reator danificado após terremoto e tsunami (Foto: AP/G1) Dez dias antes do acidente na central nuclear de Fukushima, a companhia Tokyo Electric Power (Tepco), operadora da usina, admitiu que havia mentido nos relatórios de controle de suas instalações. Dez dias antes do terremoto seguido de tsunami que arrasou o nordeste do Japão e danificou gravemente a central nuclear de

O maior erro de Fukushima é a localização de Fukushima

Mapa mostra local de usina em Fukushima (Arte G1) Os centenas de especialistas nucleares, que durante anos teorizaram sobre a energia atômica, minimizaram algo que era uma obviedade: que na costa japonesa, além de terremotos, poderia haver tsunamis. Só dessa maneira se explica a construção de seis reatores semi-enterrados abaixo do nível do mar. Esse foi, segundo os engenheiros nucleares consultados, o grande erro de Fukushima. Isso, sem entrar na

Após o desastre nuclear de Fukushima as termelétricas a gás natural são a nova ‘aposta’

O gás natural pode estar vivendo um momento muito favorável, agora que as fontes de energia concorrentes estão em uma fase ruim. Os graves problemas da usina nuclear acidentada no Japão fizeram com com que surgissem novas dúvidas quanto à segurança da energia nuclear. Após a explosão da plataforma da BP no ano passado, não houve novas iniciativas para a exploração de petróleo no Golfo do México. E existe um sentimento

Cambio económico o cambio climático, por Carlos Merenson

Para los ecólogos no es un secreto que la naturaleza confía en los equilibrios. Los ciclos del agua, del carbono o del nitrógeno resultan claros ejemplos de los delicados y complejos equilibrios de la vida. La regeneración natural de los ecosistemas boscosos o de los humedales son otras expresiones de esos equilibrios. Si existen equilibrios, necesariamente deben existir “límites” y una economía de crecimiento ilimitado contradice entonces esta tendencia natural,

Chinese geologists warn of dam building on Nu River’s faultines

Geólogos chineses alertam para falhas geológicas na construção de barragens no rio Nu At fault on the Nu River Liu Jianqiang China Dialogue, March 22, 2011 As China gears up for a hydropower push in its earthquake-prone south-west, it should pause to consider events in Japan, two geologists tell Liu Jianqiang on World Water Day. “You could say Japan is on the side of a knife, while the Nu River is on the blade.” With the

Top