Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.300, de 17/03/2011

Parar de crescer não significa parar de se desenvolver, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira A Crise Ambiental e a CNBB, artigo de Maurício Gomide Jirau e Santo Antônio: exemplos desastrosos de barragens na Amazônia, artigo de Telma Monteiro Como incluir a sustentabilidade na especificação de materiais na arquitetura, artigo de Paola Figueiredo A Formação Holística do Profissional de Enfermagem como Processo Socioeducativo na Perspectiva da Educação Ambiental Acidente em

Parar de crescer não significa parar de se desenvolver, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira

[EcoDebate] Um dos pontos mais importantes discutidos nos meandros da economia ecológica diz respeito ao fato de que fazer a economia parar de crescer não significa, conseqüentemente, parar de se desenvolver. O que os economistas com uma visão mais apurada da questão ambiental desejam é justamente obter desenvolvimento. O que esses mesmos economistas tanto condenam é o crescimento conseguido sob as ruínas da degradação do capital natural. Assim, a economia

A Crise Ambiental e a CNBB, artigo de Maurício Gomide

[Ecodebate] Foi publicada em 9.3.11, pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a súmula da Campanha da Fraternidade de 2011, na qual a atenção episcopal dá relevo à fraternidade para o momento histórico grave do momento, proveniente do desequilíbrio climático por que atravessa a Terra. O tema ambiental será comentado nas prédicas públicas dos sacerdotes. Recomenda que seus seguidores colaborem para a execução de ações preservativas da Natureza. Reconhece aquele órgão

Jirau e Santo Antônio: exemplos desastrosos de barragens na Amazônia, artigo de Telma Monteiro

Cachoeira do Teotônio no rio Madeira. Foto: Durval Lara [EcoDebate] Problemas de desmatamento, falta de compromisso com as populações que sofrem o impacto do deslocamento compulsório, violações dos direitos humanos, desrespeito à legislação ambiental, prejuízos financeiros. Eis o balanço parcial da construção das usinas no rio Madeira, em Rondônia. Desde 2004, depois que Dilma Rousseff inventou o tal Novo Modelo Institucional de Energia Elétrica, a sociedade civil tem alertado para as

Como incluir a sustentabilidade na especificação de materiais na arquitetura, artigo de Paola Figueiredo

[EcoDebate] Parte do tempo de um arquiteto ou projetista resume-se à especificação de materiais para seus projetos. A atividade de seleção de materiais tem importância crítica para a vida útil da futura edificação, a viabilidade da construção, sua sustentabilidade e, ainda, traz preocupações muito pertinentes com relação à responsabilidade civil do profissional de especificação. Acompanhar o lançamento de produtos, as novas exigências e também orientar os clientes na busca por melhores

A Formação Holística do Profissional de Enfermagem como Processo Socioeducativo na Perspectiva da Educação Ambiental

A FORMAÇÃO HOLÍSTICA DO PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM COMO PROCESSO SOCIOEDUCATIVO NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL     SILVA, M.A1; KAYSER, A. M2; CARDOSO, E3.. RESUMO A Política Nacional de Humanização através do dispositivo da transversalidade ocupa espaço estratégico junto com a Bioética, referente a mudanças na formação do profissional enfermeiro. No presente artigo, busca-se uma discussão articulada entre os temas bioética e humanização. Uma vez que a Humanização das práticas assistenciais visa à autonomia e

Acidente em usina nuclear japonesa preocupa população de Angra dos Reis

O recente acidente nuclear no Japão reacendeu a polêmica em torno desse tipo de geração de energia e está causando preocupação entre as populações que vivem próximas a usinas. Mesmo em Angra dos Reis, na costa verde fluminense, onde não existe risco de tsunamis ou terremotos, parte da população está ainda mais aflita com um possível vazamento radioativo nas usinas Angra 1 e 2, criadas na década de 70. Uma

Apesar da resistência de movimentos sociais, Belo Monte será construída, diz ministro

A construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA), será levada adiante, apesar das manifestações contrárias, disse ontem (16) o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, principal interlocutor do governo com movimentos sociais. A usina é alvo de protestos de organizações ambientalistas, indígenas e ribeirnhas da região do Xingu. A polêmica já chegou à Organização dos Estados Americanos (OEA), que na última semana exigiu do

Ministério da Justiça processa indústrias que não informam presença de transgênicos em alimentos

Uma ação coordenada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça em diferentes regiões do país identificou pelo menos dez produtos alimentícios que usam ingredientes transgênicos em suas composições, mas essa informação não é apresentada ao consumidor. Com isso, caracteriza-se o descumprimento das regras de rotulagem para produtos que utilizam organismos geneticamente modificados (OGM). A fiscalização foi feita em parceria com os Procons de São

MPF denuncia quadrilha que traficava trabalhadores para o exterior

As pessoas eram iludidas com falsas promessas de emprego em países europeus Patos de Minas. O Ministério Público Federal (MPF) em Patos de Minas denunciou cinco pessoas pelo crime de aliciamento para fim de emigração (art. 206, do Código Penal), que consiste em recrutar trabalhadores, mediante fraude, para levá-los a território estrangeiro. Na denúncia, o MPF relata que as vítimas eram iludidas com promessas de emprego em países europeus, especialmente na Bélgica,

Cidadãos podem promover ação popular em defesa do meio ambiente

Atuação do Ministério Público como fiscal da lei é imprescindível para garantir a validade do processo No parecer apresentado à Segunda Turma do Tribunal Regional Federal da 5.ª Região (TRF5), o Ministério Público Federal (MPF) defende a continuidade da ação popular ajuizada por uma cidadã contra a abertura de uma estrada de acesso à Praia de Tourinhos, no Rio Grande do Norte, local de desova das tartarugas marinhas. O processo foi

‘A multiplicação de carros no Brasil é uma bomba relógio ambiental de grandes proporções’. Entrevista com André Trigueiro

“Não existe mais hora do rush e isso significa perda de mobilidade”, constata Trigueiro, ao avaliar o trânsito caótico das cidades. Segundo ele, a engenharia de tráfico do país tem que mudar e, “em bom português”, diz que isso “significa que os investimentos públicos em transporte de massa eficiente, barato e rápido devem ser superiores, devem suplantar os investimentos públicos que abrem caminho para o transporte individual”. De acordo com

Top