De Chernobyl até hoje, a tecnologia melhorou, mas os riscos continuam

As instalações nucleares são seguras? Pode-se responder a essa pergunta de dois modos: com uma análise técnica ou com um simples teste psicológico. Tomemos o teste. Dizem-lhe que uma refinaria explodiu a 40 quilômetros de casa. Você estende um doloroso pensamento às dezenas de vítimas da bola de fogo e volta para se ocupar com os seus afazeres. Dizem-lhe, ao contrário, que explodiu uma central nuclear do outro lado do

Alemanha suspende temporariamente prorrogação de atividade das usinas nucleares

Após os terremotos e consequentes acidentes nucleares no Japão, governo conservador de Angela Merkel decide voltar atrás no plano de prorrogar atividade de centrais termonucleares do pais – pelo menos temporariamente. O governo alemão anunciou nesta segunda-feira (14/03) que suspenderá por três meses a prorrogação da atividade das usinas nucleares do país. A chanceler federal Angela Merkel admitiu que a decisão está relacionada aos acidentes com reatores nas usinas do Japão. Segundo

Acidente nuclear no Japão ‘acende alerta’ em Angra

Obras desde o verão de 2009 | Foto: Alexandre Vieira / Agência O Dia Rotas de fuga são estreitas, têm sinalização precária, pista irregular, obras antigas e risco de deslizamento. População não está preparada para escapar rapidamente Rio - A tragédia nuclear japonesa acendeu um alerta nas usinas Angra 1 e 2, no Estado do Rio de Janeiro. Mas, se no Japão a população já estava instruída e tinha infraestrutura para esvaziar

Derretimento do gelo no Ártico evidencia problemas do clima global

Efeitos do aquecimento global são cada vez mais visíveis O Ártico não é uma região isolada das demais, mas um ponto central, onde se encontram três continentes e dois oceanos. As mudanças que lá ocorrem afetam o clima de todo o planeta, dizem especialistas. Os exploradores russos Daniel Gavrilov e Elena Soloveva estão orgulhosos do recorde mundial alcançado por eles e outros navegadores a bordo do barco Peter 1º em 2010. Pela

Top