CNA manipula dados de matas e florestas para pressionar por mudanças do Código Florestal, artigo de Léa Vaz Cardoso

A senadora Kátia Abreu (DEM-TO), presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), está em franca campanha pela aprovação do relatório do deputado Aldo Rebelo que cria o Novo Código Florestal brasileiro. Usando dados do IBGE faz parecer que a área de matas e florestas nas propriedades particulares cresceu significativamente, o que não ocorreu. Nessa batalha, a senadora já conversou com o ministro da

Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.286, de 23/02/2011

Reduzir os gastos militares e investir em economia verde e inclusiva, artigo de José Eustáquio Diniz Alves O Alto Preço do Desenvolvimento Insustentável, artigo de Gilson de Oliveira Cheble Dengue e Controle de Pragas, artigo de Bruno Peron Loureiro Em seminário da Frente Ambientalista, especialistas criticam perdão a produtores que desmataram Cientistas criticam argumento de produtividade para alterar o Código Florestal Operação encontra trabalhadores indígenas em situação degradante em Miranda (MS) Impacto de poluentes na região

Reduzir os gastos militares e investir em economia verde e inclusiva, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] No ano 2000, o mundo decidiu estabelecer os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). O primeiro objetivo foi reduzir a extrema pobreza pela metade, entre 1990 e 2015. Este objetivo já foi atingido em vários países do mundo (inclusive no Brasil). Pode também ser atingido em nível mundial se houver a expansão do sistema de proteção social e se os preços dos alimentos não despararem nos próximos anos.

O Alto Preço do Desenvolvimento Insustentável, artigo de Gilson de Oliveira Cheble

[EcoDebate] Vivemos dias em que, infelizmente, o dinheiro e os interesses econômicos ainda falam mais alto. A cada instante recebemos notícias de intervenções humanas (ou desumanas) no curso normal da Natureza. Foi assim com a transposição imprudente do Rio São Francisco, que já começa a apresentar diversos problemas, antes mesmo da conclusão das obras. Foi assim com a aprovação e início da construção da gigantesca Usina Hidrelétrica de Jirau, em Rondônia,

Dengue e Controle de Pragas, artigo de Bruno Peron Loureiro

[EcoDebate] A desinformação e o consequente despreparo da população ao lidar com situações de risco de saúde ensejam o brotamento de doenças que prejudicam o cenário humano na América Latina. O ressurgimento do cólera a todo vapor no Haiti e o alastramento da dengue em vários países latino-americanos preocupam os profissionais e as instituições da saúde. A Organização Panamericana de Saúde (OPS) informou que a dengue tirou a vida de 1.167

Em seminário da Frente Ambientalista, especialistas criticam perdão a produtores que desmataram

Participantes do Seminário Código Florestal: Aspectos Jurídicos e Científicos, realizado na Câmara nesta tarde, sustentaram que a “espinha dorsal” das alterações do Código Florestal é o perdão de punições aos produtores rurais que desrespeitaram os limites de reserva legal e de áreas de preservação permanente (APPSão faixas de terra ocupadas ou não por vegetação nas margens de nascentes, córregos, rios, lagos, represas, no topo de morros, em dunas, encostas, manguezais,

Cientistas criticam argumento de produtividade para alterar o Código Florestal

Cientistas da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e da Associação Brasileira de Ciência (ABC) sustentaram que as alterações do Código Florestal previstas no substitutivo do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) ao Projeto de Lei 1876/99 serão desastrosas para a preservação ambiental no Brasil. Além disso, atestam que essas mudanças não são necessárias para melhorar a produtividade da agropecuária brasileira. Os especialistas participaram do Seminário Código Florestal: Aspectos Jurídicos e

Operação encontra trabalhadores indígenas em situação degradante em Miranda (MS)

Ação conjunta do Ministério Público do Trabalho, Ministério do Trabalho e Emprego e Polícia Federal flagrou 16 indígenas da Aldeia Lalima trabalhando na limpeza do pasto da fazenda de gado, sem registro em carteira e alojados em condições degradantes. Trabalhadores indígenas da Aldeia Lalima foram flagrados em condições degradantes na Fazenda Vargem Grande, em Miranda, durante operação conjunta do Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e

Impacto de poluentes na região de Cubatão é estudado através de biomonitoramento

Biomonitoramento consiste em usar quatro espécies de plantas que podem indicar concentração de poluentes A cidade de Cubatão, no litoral sul paulista, é sempre lembrada como uma das cidades mais poluídas do estado, devido à poluição lançada pelas fábricas localizadas em seu polo industrial. Para descobrir como isso tem afetado os espécimes da mata atlântica existente na região, o Centro de Capacitação de Pesquisa em Meio Ambiente (Cepema) da Escola

No Brasil, preconceito sutil é mais forte e perpetua racismo

O preconceito sutil se utiliza de brincadeiras, piadas, e apelidos que parecem “inocentes” Diferente do preconceito flagrante, a discriminação com brincadeiras e apelidos é difícil de ser denunciada As manifestações sutis de discriminação racial estão cada vez mais presentes no dia-a-dia da sociedade brasileira. Segundo a psicóloga Sylvia Nunes, que pesquisou sobre o preconceito sutil no Instituto de Psicologia da USP, as pessoas ainda precisam pensar e discutir o tema de forma

Pesquisas identificam proteínas no câncer de mama avançado

Estudos podem levar a melhorar a eficiência da quimioterapia A presença das proteínas HIF-1-alfa e VEGF-C abrem perspectivas para melhor se conhecer a evolução da doença Os estudos investigaram a expressão, ou seja, a presença de duas proteínas, a HIF-1-alfa (fator induzível por hipóxia-1-alfa) e a VEGF-C (fator de crescimento endotelial vascular), em mulheres com câncer de mama localmente avançado. Segundo os pesquisadores, Luiz Gustavo Brito e Viviane Schiavon, pós-graduandos do Departamento

Belo Monte e seus impactos sobre os povos indígenas. Entrevista com Ricardo Verdum

Além de todos os impactos ambientais apontados por ambientalistas, Belo Monte também poderá acentuar casos de prostituição na região de Altamira, alerta Verdum. Segundo ele, dez mil homens estão assentados, “imobilizados no canteiro de obras, e isso cria uma série de tensões e pressões, principalmente sobre as mulheres, não só nas cidades próximas, mas também mulheres indígenas e agricultoras. Elas são vítimas muito frequentes neste tipo de situação”. Assessor do Instituto

Top