Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.258, de 14/01/2011

A pendenga do incinerador de Laguna-SC, artigo de Ana Echevenguá Calamidade, artigo de Nelson Tembra O 'Terrorismo' da Pobreza, artigo de Marcelo Szpilman Sociedade da letargia, artigo de Américo Canhoto Nota do Movimento Xingu Vivo para Sempre: Caso Bayma, a antropofagia do governo federal Campanha Avaaz.org: Pare Belo Monte Proporção de tragédias como a da região serrana do Rio pode ser menor com medidas preventivas A vida do Rio Parnaíba em jogo. Entrevista com Francisco das

A pendenga do incinerador de Laguna-SC, artigo de Ana Echevenguá

[EcoDebate] Estamos em 2011. E pouco mudou em relação às ilegalidades cometidas pelo órgão ambiental catarinense – FATMA. A regra do jogo ainda é Licenciamento-Facilitado e Fiscalização-Zero. Com isso, várias empresas investem em SC porque sabe que, aqui, podem ganhar muuuito dinheiro sem se preocupar com a destruição socioambiental que provocam. Navegando na internet, encontrei meus escritos – no respeitável portal do Ecodebate* - sobre uma das situações poluentes que a

Calamidade, artigo de Nelson Tembra

[EcoDebate] O pior é que essas catástrofes estão se tornando rotina, considerando que não é a primeira vez que ocorrem, pois, dentre outros, temos o exemplo recente de Angra dos Reis, quando as fortes chuvas dos últimos dias de 2009 transformaram num cenário trágico um dos principais paraísos turísticos do Estado do Rio. O deslizamento de uma encosta atingiu uma pousada e sete casas na Ilha Grande, na baía de

O ‘Terrorismo’ da Pobreza, artigo de Marcelo Szpilman

[Ecodebate] As manchetes de hoje nos principais jornais do país, e do mundo, nos apresentam mais uma triste catástrofe. O número de mortos pelas enxurradas na Região Serrana do Rio de Janeiro não para de crescer e já passa de 360* (Friburgo com 216 vítimas, Teresópolis com 223, Petrópolis com 39 vítimas e 19 em Sumidouro). Como ocorreu em Angra dos Reis e Niterói no ano passado, essa tragédia me fez

Sociedade da letargia, artigo de Américo Canhoto

[EcoDebate] A capacidade de Adaptação é uma das nossas potencialidades; conforme é colocado no linguajar popular: “A gente se acostuma com tudo”. Esse característica nos capacitou a habitar o planeta de um pólo a outro nas mais diferentes condições e circunstâncias. Porém: Há um provérbio chinês que não deixa de ser um alerta: “Você deve se preocupar é quando tudo está bem”. Dentre outras considerações ele nos alerta para o perigo do

Nota do Movimento Xingu Vivo para Sempre: Caso Bayma, a antropofagia do governo federal

Abelardo Bayma, que presidiu o Ibama desde abril de 2010, deixou o órgão nesta quarta, 12, quando a sua exoneração foi publicada no Diário Oficial. Veículos de imprensa creditaram a sua demissão à negativa de assinar a licença de instalação da hidrelétrica de Belo Monte e a uma suposta reação a pressões do Consórcio Norte Energia e do Ministro das Minas e Energia, Edson Lobão - a despeito de todas

Campanha Avaaz.org: Pare Belo Monte

A mudança de Presidência do IBAMA poderá abrir caminho para a concessão da licença – ou, se nós nos manifestarmos urgentemente, poderá marcar uma virada nesta história. Vamos aproveitar a oportunidade para dar uma escolha para a Presidente Dilma no seu pouco tempo de Presidência: chegou a hora de colocar as pessoas e o planeta em primeiro lugar. Assine a petição de emergência para Dilma parar Belo Monte – ela

Proporção de tragédias como a da região serrana do Rio pode ser menor com medidas preventivas

A tragédia na região serrana do Rio de Janeiro talvez não pudesse ser evitada, porque o volume de chuvas que atingiu os municípios da área foi muito grande, mas se tivessem sido tomadas medidas preventivas adequadas, o número de mortes em consequência das inundações, dos deslizamentos de terra e dos desabamentos poderia ser bem menor. A avaliação é do presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio

A vida do Rio Parnaíba em jogo. Entrevista com Francisco das Chagas Pereira

No mesmo leilão previsto para março que pode aprovar a construção de Belo Monte estão outros projetos hidrelétricos polêmicos. Na região do Rio Parnaíba [1] há dois projetos que vão participar do leilão: UHE Ribeiro Gonçalves e UHE Castelhano. Em dezembro, movimentos sociais da região organizaram a I Marcha dos Povos da Bacia do Rio Parnaíba onde enfatizaram o desejo de que o projeto seja suspenso uma vez que

Peixes e contaminação por metais tóxicos, artigo de Frederico Lobo

[Ecologia Médica] Proteínas, ômega-3, selênio, fósforo, potássio, zinco, cobre, vitaminas do complexo B, arsênio, chumbo e mercúrio. Opa, espere um pouco! O que estes três últimos ingredientes estão fazendo em nossa lista de substâncias encontradas nos peixes? Pois é, esse trio de intrusos malignos pode se acumular na carne de certas espécies e se instalar no seu corpo. Instalar para sempre. Sentiu o drama? O mercúrio é um metal prateado e

Questão de tempo, por Míriam Leitão

[O Globo] Chuvas despencam em volume espantoso sobre áreas do Sudeste, fazendo mais de duas centenas de mortos só na Região Serrana do Rio. Na Austrália, vive-se a maior enxurrada em 120 anos. O Ibama passa por mais uma crise — a terceira — provocada pela exigência de licenciamento da hidrelétrica de Belo Monte. Assuntos separados? Não, partes da mesma insensatez. Os cientistas estão avisando há tempos que os fenômenos naturais,

‘Be a killer, be a star’, artigo de Eugênio Bucci

[O Estado de S.Paulo] O leitor haverá de perdoar o título em inglês, mas isso nem é bem um título de artigo - é, isso sim, um imperativo, uma lei não escrita e, não obstante, reiterada diariamente pelos mil alto-falantes da indústria de entretenimento, na língua dos filmes de guerra de Hollywood, com sabor de bombardeio: é um mandamento que tem gosto de slogan publicitário e de sentença de morte.

Top