Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.191, de 04/10/2010

Eleições 2010: Dilma e Serra decidem eleição presidencial no segundo turno Estatísticas de acesso ao Portal EcoDebate, em setembro de 2010, com 937.345 acessos ou pageviews As piranhas do São Francisco, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) A única saída para o efeito estufa, artigo de Antonio Germano Gomes Pinto Movimentos indígenas e sociais cobram cumprimento de condicionantes de Belo Monte MPF/AL pede anulação de licenciamento estadual de estaleiro no Pontal do Coruripe Desmatamento: A Belém

Eleições 2010: Dilma e Serra decidem eleição presidencial no segundo turno

Infográfico UOL As eleições para Presidência da República só serão decididas no segundo turno, entre a candidata do PT, Dilma Rousseff, e o candidato do PSDB, José Serra. Com 99,99% das urnas apuradas, Dilma tem 46,91% dos votos e Serra, 32,61%. Para que a corrida presidencial fosse decidida no primeiro turno, o candidato mais votado precisaria ter 50% dos votos mais um. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), não há mais chances

Estatísticas de acesso ao Portal EcoDebate, em setembro de 2010, com 937.345 acessos ou pageviews

Relatório: EcoDebate Período reportado Mês Set 2010 Primeira visita 01 Set 2010 - 00:00 Última visita 30 Set 2010 - 23:59 Total de Visitas 238.696 Total de Visitantes Únicos 178.303 Total de Páginas (Pageviews/Impressões) 937.345 (exclui tráfego não visto) Total de Hits 7.963.888 (exclui tráfego não visto) Total de Bytes Transferidos 98,67 GB (exclui tráfego não visto) Média diária de Visitas: 7.956,55 Média diária de Páginas: 31.244,83 (aumento de de 6,42% em relação a 2009) Gráfico: Média diária de Páginas (Impressões

As piranhas do São Francisco, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

[EcoDebate] Quando visitei grupos da solidariedade internacional na Alemanha, pela Misereor, levei um monte de material sobre o São Francisco. Como eu sabia que haveria também trabalhos em escolas, inclusive com crianças, levei também fotografias. Um dia me coube falar com crianças do primário, acho que do primeiro ano. Fiquei imaginando o que fazer durante uma hora com os alemãezinhos. Então levei uma seqüência de fotos. Funcionou. Quando mostrei a cachoeira da

A única saída para o efeito estufa, artigo de Antonio Germano Gomes Pinto

[EcoDebate] As fossas abissais oceânicas, os bolsões vazios provenientes da retirada do petróleo, as falhas geológicas, as áreas desérticas, as crateras geradas pela mineração, são depósitos naturais e ideais para o armazenamento do carbono que está "sobrando" na atmosfera e causando o Efeito Estufa. Utilizando-se esses locais, poderíamos reconstruir o Período Carbonífero quando o Planeta teve sua atmosfera mais limpa de toda sua história. Durante séculos, acreditávamos serem os oceanos

Movimentos indígenas e sociais cobram cumprimento de condicionantes de Belo Monte

Um grupo de representantes de movimentos indígenas e sociais se reuniu, no dia 01/10, com os diretores da área de licenciamento ambiental do Ibama para discutir o cumprimento das exigências estabelecidas na licença ambiental da Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA). Segundo o advogado do Instituto Socioambiental, Raul do Valle, existem medidas que foram previstas mas não estão sendo cumpridas, como a ampliação das escolas existentes na região e

MPF/AL pede anulação de licenciamento estadual de estaleiro no Pontal do Coruripe

Dentre várias nulidades, MPF entende que o governador não poderia desapropriar terras da União e praias públicas, para destiná-las a um estaleiro privado O Ministério Público Federal em Alagoas (MPF/AL) propôs, em 28 de setembro, ação civil pública contra o Conselho Estadual de Proteção Ambiental (Cepram), Estado de Alagoas, Instituto do Meio Ambiente (IMA) e Estaleiro Eisa S/A, para que a Justiça Federal declare a nulidade do processo de licenciamento estadual

Desmatamento: A Belém Continental tem menos de 15% da sua cobertura florestal original

Região com mais de 1,8 milhões de habitantes, a Área Metropolitana de Belém (AMB), no Pará, foi tema de estudo desenvolvido pelo Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG/MCT) sobre fragmentos florestais urbanos que são áreas com vegetação isoladas por atividades humanas, tais como desmatamento, estradas e cidades provocando a redução da riqueza de animais e plantas. A pesquisa analisou os fragmentos contidos no município de Belém. Intitulado A importância dos fragmentos urbanos

Após 9 anos de espera, Terra Indígena Buriti (MS) é reconhecida pelo Ministério da Justiça

Justiça já havia atendido recurso do MPF e declarado a área como terra indígena. TI Buriti terá 17,2 mil hectares. Quatro mil e quinhentos índios da etnia terena vivem na região O Ministério da Justiça declarou nesta semana a Terra Indígena (TI) Buriti como de posse permanente dos índios terena. A área, localizada entre Dois Irmãos do Buriti e Sidrolândia, em Mato Grosso do Sul, foi delimitada em portaria publicada na

As cidades têm solução?

Cientista diz que precisamos conhecer a natureza e respeitar as culturas locais para conseguirmos lidar com os problemas ambientais. Estamos distantes da natureza e cegos, confiamos excessivamente na ciência e acreditamos que a tecnologia pode resolver todos os problemas que as cidades enfrentam hoje. Esse é o diagnóstico do professor Rualdo Menegat, geólogo e doutor em Ecologia de Paisagem, sobre a sociedade atual. Ele propõe algumas mudanças que podem soar

Exercícios protegem neurônios cardíacos do envelhecimento

Os ratos foram submetidos a corridas que, para o ser humano, se aproximariam do teste de cooper Estudo enfatiza a importância da atividade física constante para retardar a neurodegeneração relacionada à idade Uma pesquisa realizada no Departamento de Anatomia do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) em parceria com o Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) constatou que praticar exercícios regularmente protege os neurônios do coração de seu

Pantanal ameaçado pelas mudanças climáticas. Entrevista com Paulo Teixeira de Sousa Júnior

Além do clima extremamente seco nesta época do ano, a baixa produção da pecuária contribui para a maior intensidade de focos de queimada no Pantanal, menciona Paulo Teixeira à IHU On-Line. Ele explica que com a perda da competitividade econômica do gado pantaneiro e, progressivamente, a redução desses animais no ecossistema, a biomassa cresceu na região. “Esses animais pisam na grama e a presença deles, na época das secas, acabava

Top