Índice da edição nº 1.165, de 24/08/2010

Bônus Demográfico e a Sustentabilidade Ambiental, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Terras na Amazônia: de quem são? artigo de Rogério Almeida Poder público, universidade e movimento social opinam sobre empreendimento da Suzano Papel em Imperatriz, MA, artigo de Carlos Leen Santiago Criação da Resex de Tauá-Mirim e sua importância para São Luís, artigo de Horácio Antunes de Sant'Ana Júnior e Elena Steinhorst Damasceno Exposição pré-natal a pesticidas organofosforados é associada ao deficit de

Bônus Demográfico e a Sustentabilidade Ambiental, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] A população brasileira era de 3,4 milhões de habitantes em 1800, passou para algo como 17 milhões, em 1900 e chegou a 170 milhões no ano 2000. Em dois séculos a população brasileira multiplicou 50 vezes o seu tamanho, sendo 10 vezes só no século XX. Estes números impressionantes alimentaram o mito da explosão populacional, ou seja, que a população brasileira iria continuar crescendo a ritmos elevados. Se o alto

Terras na Amazônia: de quem são? artigo de Rogério Almeida

[EcoDebate] A grande propriedade rural, com base de mão de obra escrava, numa lógica de monocultura agro-exportadora foi o fator estruturante do universo rural brasileiro. Tal desenho conferiu poderes econômicos e políticos por longo período aos senhores de terras até os anos inaugurais do século XX. A posse de grandes extensões de terras foi o símbolo do status quo da época, que só a partir de 1930, com o advento de

Poder público, universidade e movimento social opinam sobre empreendimento da Suzano Papel em Imperatriz, MA, artigo de Carlos Leen Santiago

[EcoDebate] Na recente audiência pública realizada para debater os impactos sociais e ambientais da unidade fabril de responsabilidade da Suzano Papel e Celulose, uma das maiores do Brasil, foi anunciada que a mesma será instalada na Estrada do Arroz, próximo ao povoado Bacaba e que deverá produzir 1 milhão e meio de toneladas de celulose branqueada de eucalipto e 500 toneladas de papel por ano. Sem dúvida um empreendimento que mudará

Criação da Resex de Tauá-Mirim e sua importância para São Luís, artigo de Horácio Antunes de Sant’Ana Júnior e Elena Steinhorst Damasceno

[EcoDebate] As Reservas Extrativistas são unidades de conservação previstas em lei federal (SNUC – Sistema Nacional de Unidades de Conservação, Lei Nº 9.985 de 18 de julho de 2000) nas quais a permanência de populações extrativistas tradicionais, cuja subsistência baseia-se no extrativismo e, complementarmente, na agricultura de subsistência e na criação de animais de pequeno porte, está aliada aos objetivos básicos de proteger os meios de vida e a cultura

Exposição pré-natal a pesticidas organofosforados é associada ao deficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] As crianças que foram expostas a pesticidas organofosforados, enquanto ainda no ventre de suas mães, são mais propensas a desenvolver distúrbios de atenção anos mais tarde. É o que conclui um novo estudo [Organophosphate Pesticide Exposure and Attention in Young Mexican-American Children] realizado por pesquisadores da Universidade da Califórnia, Berkeley. As novas descobertas, que serão publicadas na revista Environmental Health Perspectives (EHP), é dos primeiros a

Denúncia: Exploração de urânio em Caetité (BA) viola direitos humanos

[Por Zoraide Vilasboas, para o EcoDebate] A passagem pela Bahia da Plataforma DhESCA Brasil (Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais), onde verificou os prejuízos causados à população e ao meio ambiente pela exploração de urânio em Caetité, no sudoeste do Estado, apontou perspectivas de que, finalmente, os poderes públicos apresentem solução para a contaminação da água, que afeta comunidades rurais, e para os efeitos de toneladas do lixo radioativo

Imazon: Amazônia perde 49 mil km2 de áreas protegidas em um ano

A Amazônia perdeu pelo menos 49 mil quilômetros quadrados (km2) de áreas protegidas por causa da extinção e redução de unidades de conservação (UCs) e terras indígenas entre 2008 e 2009. A área equivale aos estados de Alagoas e Sergipe juntos. Os números são de levantamento da organização não governamental (ONG) do Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), divulgado ontem (23). Entre novembro de 2008 e novembro

INPE registra quase 12 mil focos de queimadas

Tabela dos Focos Acumulados por estados do Brasil - Todos satélites - 2010/08/23 (00:00 GMT) a 2010/8/24 (02:30 GMT) X Estado Focos AC 136 AM 415 BA 221 CE 3 DF 9 ES 4 GO 489 MA 439 MG 351 MS 531 MT 3542 PA 2080 PE 4 PI 370 PR 83 RJ 29 RO 970 RR 2 RS 95 SC 74 SP 306 TO 1009 11162.0 [Leia na íntegra]

Ao contrário do que se estimava, elevação nas temperaturas reduz crescimento das plantas

Imagem: NASA Plantas crescem menos com aquecimento global – O aquecimento global não tem feito as plantas crescerem mais, como se estimava, mas sim menos. Segundo um estudo publicado na revista Science, a produtividade dos vegetais tem decaído em todo o mundo. Até então, achava-se que as temperaturas constantemente mais elevadas estariam estimulando o crescimento das plantas, mas a nova pesquisa, feita com dados de satélites da Nasa, a agência espacial norte-americana,

Lixo interceptado em Rio Grande foi devolvido à Alemanha

A carga de 22 toneladas de lixo interceptada pelo Ibama e Receita Federal no Porto do Rio Grande/RS já está de volta rumo ao porto de Hamburgo, na Alemanha. Os detritos foram embarcados no sábado, 21, no navio Rio Negro, de bandeira Alemã. Constam nos documentos do exportador que a origem do lixo é a República Tcheca. Mas como a saída para o Brasil se deu pelo porto alemão, os resíduos

RJ: Instituto Estadual do Ambiente (Inea) multa CSA em R$ 1,8 milhão por poluir o ar com material particulado

O Conselho Diretor do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão executivo da Secretaria de Estado do Ambiente, fixou em R$ 1,8 milhão nesta segunda-feira (23/8) o valor da multa imposta à Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) por poluir o ar com material particulado (principalmente óxidos metálicos) no entorno da siderúrgica, em Santa Cruz, na semana passada. Segundo a secretária do Ambiente, Marilene Ramos, a siderúrgica terá 15 dias para recorrer

Instituto de Geociências da USP desenvolve fossa séptica mais eficiente e de menor custo

Saneamento acessível – A grande maioria das cidades brasileiras sofre, em maior ou menor grau, de contaminação por nitrogênio, particularmente de nitrato. As zonas rurais são contaminadas por causa do uso excessivo de fertilizantes e os solos urbanos recebem nitrogênio principalmente de fossas sanitárias ou mesmo de redes de esgoto sem manutenção ou mal projetadas. Esse problema levou o grupo de pesquisa do Laboratório de Modelos Físicos do Instituto de Geociências

Nós, do Pará, não precisamos de mais hidrelétricas’. Entrevista com Edilberto Sena

Ligar para o Norte do país exige um pouco de paciência, principalmente se o interlocutor estiver dentro da Amazônia. Depois de nossa ligação ter caído duas vezes no meio da conversa, o padre Edilberto Sena faz piada: “Deve ser aí, porque aqui no Pará tudo é muito desenvolvido”. Sena está organizando o I Encontro dos Povos e Comunidades Atingidas e Ameaçadas por grandes projetos de infraestrutura, nas bacias dos rios

MMA pretende tornar licenciamentos mais rápidos e eliminar exigências consideradas desnecessárias; Ambientalistas temem mudança

Licenciamento de obras terá novas regras. O governo federal vai rever o processo de licenciamento ambiental para obras de infraestrutura no país. A ideia, diz o Ministério do Meio Ambiente, é tornar os licenciamentos mais rápidos e eliminar exigências consideradas desnecessárias. O resultado do trabalho feito pela pasta será apresentado amanhã a entidades estaduais de licenciamento, em Brasília. O governo nega que queira flexibilizar os procedimentos para empreendedores. Reportagem de Estelita Hass

Canola transgênica dos EUA se multiplica na natureza

Canola Versões geneticamente modificadas da planta canola estão florescendo sob a forma de ervas daninhas no Estado de Dakota do Norte, dizem cientistas, em uma das primeiras instâncias de uma variedade transgênica que se espalha livremente na natureza. A canola transgênica também foi encontrada crescendo no Japão, que nem sequer cultiva a planta, apenas a importa. Até que ponto isso pode ser um problema é uma questão a ser discutida. Mas críticos dos

Enorme necessidade energética da China cria cenário propício a desastres ambientais

Vazamento de petróleo em Dalian, China. Foto: Reuters/NYT Às vezes as estatísticas colidem no momento exato para mostrar um quadro mais amplo. A necessidade crescente de energia da China está resultando num aumento dos incidentes industriais, e são poucas as chances de que a série de catástrofes ambientais do país diminua no futuro próximo. Faz um mês que a República do Povo sofreu seu pior vazamento de petróleo. O desastre de 16

Top