Índice da edição de 28/01/2010

Pesquisadores identificam impactos ambientais significativos das algas para biocombustíveis, por Henrique Cortez Obesidade infantil pode aumentar risco de doenças cardiovasculares na fase adulta, por Henrique Cortez SC: Lixotur em Passo de Torres, artigo de Ana Echevenguá Ir a Feira: a Sustentabilidade nas Pequenas Coisas, artigo de Valdir Lamim-Guedes e Jéssica Brito Caetité, BA: O medo faz parte de nossas vidas, artigo de Fabiano Cotrim Rio São Francisco terá duas usinas nucleares, artigo de Aroldo Cangussu BA:

Pesquisadores identificam impactos ambientais significativos das algas para biocombustíveis, por Henrique Cortez

Unidade de produção de algas na Flórida, EUA. Foto: PetroAlgae [EcoDebate] Com muitas empresas investindo pesadamente em biocombustíveis à base de algas, pesquisadores da Universidade da Virgínia, do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, descobriram que há importantes obstáculos a superar antes do massificar a produção deste tipo de combustível. Eles propõem a utilização de águas residuais, como uma solução para alguns desses desafios. A pesquisa [Environmental Life Cycle Comparison of Algae

Obesidade infantil pode aumentar risco de doenças cardiovasculares na fase adulta, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Uma criança obesa , já aos 7 anos de idade, pode ter um significativo aumento do risco de doenças cardíacas e acidente vascular cerebral na fase adulta, mesmo na ausência de outros fatores de risco cardiovasculares, como hipertensão arterial. É o conclui um novo estudo [Obesity Without Established Co-morbidities of the Metabolic Syndrome is Associated With a Pro-inflammatory and Pro-thrombotic State Even Before the Onset of Puberty in

SC: Lixotur em Passo de Torres, artigo de Ana Echevenguá

[EcoDebate] Extraí do website da Prefeitura: “Passo de Torres com suas 24 praias, a maioria delas praticamente intocada. (...) A 15km do centro, em direção ao norte, fica o Parque Ecológico Espigão do Pirutu, com belas colinas e morros. Seus rios, lagoas e exuberante vegetação nativa são um convite ao passeio”(1). Parece uma maravilha, não? Quem não conhece a situação atual da cidade, deve ficar com água na boca. Principalmente os

Ir a Feira: a Sustentabilidade nas Pequenas Coisas, artigo de Valdir Lamim-Guedes e Jéssica Brito

[EcoDebate] Muitas cidades, até mesmo algumas capitais, ainda podem contar com feiras para a comercialização da produção de pequenos agricultores. Muitos destes têm a produção baseada na mão-de-obra familiar, vendendo o excedente produzido. Esta forma de comercialização de produtos agropecuários é muito importante para a economia local por algumas razões, por exemplo, menor tributação sobre os produtos, ausência de atravessadores, proximidade entre a produção e o consumidor final, valor das

Caetité, BA: O medo faz parte de nossas vidas, artigo de Fabiano Cotrim

[EcoDebate] Aviso aos amigos da INB em geral, e à própria INB: Nas linhas abaixo transcreverei, na íntegra, matéria veiculada no sítio do Jornal A Tarde, edição de quinta-feira, 21/01/2010, e acrescentarei, após cada parágrafo transcrito, algumas opiniões pessoais. As opiniões, aviso aos senhores todos, encontram guarida nos direitos de livre expressão e cidadania ainda insculpidos na nossa Constituição e serão grafadas em itálico, já a notícia publicada pelo jornal

Rio São Francisco terá duas usinas nucleares, artigo de Aroldo Cangussu

[EcoDebate] O jornal Folha de São Paulo do dia 15 de janeiro de 2010, no seu caderno Dinheiro, informa que o programa nuclear brasileiro prevê a construção de quatro usinas até 2030, sendo duas no Nordeste e duas no Sudeste. A definição da localização será, como sempre, política e deve sair até março de 2010. Os estudos técnicos que serão levados para a decisão apontam que as duas usinas nordestinas ficarão

BA: Agrocombustíveis alimentam grilagem de terra em Barra

Mais de 400 famílias de pequenos agricultores estão ameaçadas de expulsão das suas terras para dar lugar à monocultura da cana. A área das comunidades dos Baixões, município de Barra - BA, está sendo dividida pela empresa mineira Caossete, intermediária dos herdeiros da fazenda Boqueirão, na venda da terra a um grupo estrangeiro. A empresa alega reconhecer as posses das famílias e vem concedendo escrituras de áreas muito inferiores àquelas

Depois de 10 anos pescadores da Baía de Guanabara esperam que STJ decida com rapidez ação contra a Petrobras

A Federação dos Pescadores do Rio de Janeiro (Feperj) espera que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) conclua na próxima semana, com o fim do recesso, o processo de uma luta judicial de dez anos sobre um vazamento de óleo da Petrobras na Baía de Guanabara. A ação já chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF), onde foi questionada a legitimidade da entidade para representar os pescadores fluminenses. São dois os

FSM 2010: Indígena peruano pede saída da Petrobras de reserva na Amazônia e empresa nega exploração de petróleo em reserva ambiental

O líder indígena Henderson Hualinga, da Associação Interétnica de Desenvolvimento da Selva Peruana, pediu ontem (27), durante o Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, a saída da Petrobras de uma área de exploração de petróleo em uma região de floresta situada no noroeste do Peru. “Na região do Lote 117 [na fronteira Peru-Equador-Colômbia], os povos quechua estão dizendo bem claro que não querem a Petrobras. Ali é uma reserva natural e

Discussão sobre descarte correto de lâmpadas de mercúrio arrasta-se há quase dez anos

MERCÚRIO - Metal presente nas lâmpadas fluorescentes polui meio-ambiente. Foto: Valéria Gonçalvez/AE A definição sobre o descarte correto de lâmpadas de mercúrio está travada há quase dez anos, e a lei que regulamenta o tema não deve sair tão cedo. Desde 2001, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) realiza reuniões, e a expectativa é concluir os trabalhos nos próximos seis meses. O processo, entretanto, é longo e o texto ainda vai

Pesquisadores lançam, em distribuição gratuita, o livro ‘Sociologia dos Desastres: construção, interfaces e perspectivas no Brasil’

Segundo eles, tragédias se repetem porque Brasil não tem cultura de prevenção e proteção civil contra desastres Rotina desastrosa – A cada ano, em períodos de chuvas mais intensas, repetem-se pelo Brasil as cenas de tragédias provocadas por enchentes e deslizamentos de terra. Esses desastres periódicos são, muitas vezes, indevidamente atribuídos apenas à intensidade dos fenômenos naturais. No entanto, na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), um grupo de especialistas no

Presidente do Crea do Rio alerta para novas catástrofes por causa das chuvas

Enseada do Bananal, Ilha Grande (RJ): 31 mortos num paraíso de perigos ignorados. Foto: Revista ISTOÉ O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do Rio de Janeiro (Crea/RJ), Agostinho Guerreiro, disse ontem (27) que o estado sofrerá novas catástrofes provocadas por chuvas. O engenheiro participou de uma mesa-redonda no Clube de Engenharia para discutir os deslizamentos de terra que mataram mais de 50 pessoas em Angra dos Reis, no

Servidores públicos federais do setor ambiental fazem manifestação e prometem greve para março

Brasília - Servidores públicos federais do setor ambiental fazem greve de 24 horas em todo país, em protesto contra a defasagem salarial da categoria, que aguarda a reestruturação de carreira, prometida desde 2004 (27/01/2010) Foto: Marcello Casal Jr/ABr Servidores públicos do ministério do Meio Ambiente e demais instituições ligadas ao órgão, protestaram ontem (27) a favor da reestruturação de carreira da categoria, que está desde 2004 sem reajustes. Concentrados em

SP: Represa de Itupararanga, em Votorantim, abre vertedouro e alaga áreas de Sorocaba

Mesmo sem chuva, casas e ruas foram tomadas pelas águas; bairros de Votorantim também foram afetados SOROCABA - A abertura dos vertedouros da represa de Itupararanga, em Votorantim, causou nesta quarta-feira, 27, alagamentos nas áreas ribeirinhas de Votorantim e Sorocaba. O rio Sorocaba, que recebe a descarga da represa, transbordou e invadiu a avenida Dom Aguirre, a principal de Sorocaba. Mesmo sem chuva, casas e ruas dos bairros Jardim Maria do

Coleta seletiva dá conta de menos de 1% de todo o lixo produzido na cidade de São Paulo

Foto de arquivo 35% da coleta seletiva acaba no lixo comum. Material que o paulistano entrega para ser reciclado não é totalmente aproveitado e vai parar nos aterros sanitários. Desperdício reduz ainda mais a margem de lixo reciclável em SP. Boa parte do lixo que o paulistano separa, lava e guarda pensando que será reciclado vai parar no aterro, misturado ao lixo comum. Ontem, a aposentada Ilka Piquet, 73, moradora da Vila Madalena

Universidade Federal de Uberlândia desenvolve sistema de descontaminação de água

Projeto vai ser implantado em escala piloto na região semiárida de Sergipe A poluição das águas é hoje um dos principais problemas ambientais e que requer soluções seguras e eficientes. O elevado descarte de efluentes industriais tóxicos ou sem tratamento adequado provoca sérios desequilíbrios na biota aquática e pode inutilizar o uso da água para o consumo humano. Os problemas ambientais já são foco das atenções dos governos, como comprova o

Derretimento das geleiras: Após polêmica sobre Himalaia, estudo aponta aceleração do fenômeno

Relatório confirma derretimento de geleira - As geleiras em todo o mundo continuam a derreter em alta velocidade e muitas delas devem desaparecer até a metade deste século, afirmou documento [Preliminary mass balance data 2007/08] divulgado nesta semana pelo Serviço de Monitoramento Mundial de Geleiras (World Glacier Monitoring Service, WGMS, em inglês). O anúncio dos resultados do último ano do monitoramento em nove cordilheiras de quatro continentes chega em um momento

Top