Índice da edição de 11/01/2010

Aquecimento do clima pode reduzir a absorção de carbono pelas árvores, por Henrique Cortez Mudanças climáticas: Ecossistemas e pessoas mudarão de lugar no Planeta, artigo de Carol Salsa Chuva não castiga ninguém, artigo de Frei Gilvander Moreira É preciso conscientizar porque, até março, muita água vai rolar… artigo de Américo Canhoto Depois da tragédia Prefeito de Angra dos Reis promete começar a construir 512 unidades residenciais em 60 dias Relevo e forma de ocupação contribuíram

Aquecimento do clima pode reduzir a absorção de carbono pelas árvores, por Henrique Cortez

Foto: Cooperative Institute for Research in Environmental Science [EcoDebate] Um dos argumentos utilizados pelo ecocéticos das mudanças climáticas é que o aumento de CO2 na atmosfera seria benéfico às florestas, ao 'adubar' as árvores, permitindo o crescimento de sua massa vegetal. Há quem, deliberadamente, misture crescimento de massa com aumento de área, para justificar o desmatamento crescente. No entanto, ao contrário destes argumentos, um novo estudo [Longer growing seasons lead

Mudanças climáticas: Ecossistemas e pessoas mudarão de lugar no Planeta, artigo de Carol Salsa

Cenários de aquecimento estimados pelo IPCC. Para acessar o infográfico no tamanho original clique aqui. [EcoDebate] Mudanças climáticas implicam em migração de ecossistemas e pessoas. Acompanhando o compasso do clima, numa dança embalada pelo El Nino e La Ninha nos últimos 12 anos assistimos aos acidentes naturais e a migração em massa dos serres vivos. O cientista Robert Hanner estima que para continuar em sua zona de conforto os ecossistemas

Chuva não castiga ninguém, artigo de Frei Gilvander Moreira

"Deus Pai faz cair a chuva sobre justos e injustos." (Mt 5,45) [EcoDebate] Nos primeiros dias de janeiro de 2010, a população brasileira viu-se aterrorizada por notícias da Mídia – Grandes meios de comunicação -, tais como: a) Chuvas castigam o estado do Rio de Janeiro, onde deslizamentos de encostas na Ilha Grande e na cidade de Angra dos Reis fizeram centenas de vítimas, sendo mais de 50 mortos; b) Chuvas

É preciso conscientizar porque, até março, muita água vai rolar… artigo de Américo Canhoto

[EcoDebate] Nenhum trabalho de profilaxia pode funcionar se as pessoas não têm consciência do que e para que fazê-lo. Joãozinho desce daí! Você vai se machucar meu filho! Ô minino teimoso! Depois não vem chorar! Para prevenir; na tentativa de evitar que cresça muito o número de vítimas fatais nesta temporada de chuva que está apenas começando; seria preciso conscientizar as pessoas que moram em áreas de risco a respeito do perigo real e imediato

Depois da tragédia Prefeito de Angra dos Reis promete começar a construir 512 unidades residenciais em 60 dias

Angra dos Reis (RJ) - Casas construídas em área de risco no Morro da Carioca são demolidas 09/01/2010. Foto: Roosewelt Pinheiro/ABr A Prefeitura de Angra dos Reis, na Costa Verde fluminense, pretende começar em 60 dias a construção de 512 unidades residenciais no bairro de Monsuaba, na parte baixa da cidade, para abrigar os habitantes do Morro da Carioca, onde uma avalanche de lama e pedras matou pelo 21 pessoas na

Relevo e forma de ocupação contribuíram para enchentes e deslizamentos no Vale do Paraíba

De um lado, a Serra do Mar. De outro, a Serra da Mantiqueira. E cruzando esse vale, o Rio Paraíba do Sul. É nessa região, a leste do Estado de São Paulo, que está localizado o Vale do Paraíba, umas das áreas mais afetadas pelas chuvas deste ano. Segundo levantamento da Defesa Civil, denominado Operação Verão e com dados de 1º de dezembro do ano passado até 08/01/2010, 17 municípios que

Planejamento é a melhor prevenção contra problemas provocados pela chuva

Para prevenir os problemas provocados pelas chuvas - que só em São Paulo já mataram 43 pessoas de dezembro até 08/01 - o remédio continua a ser o planejamento. Em entrevista esta semana à Agência Brasil, o geólogo, pesquisador e diretor adjunto do Instituto Geológico (IG), vinculado à Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Paulo César Fernandes da Silva, ressaltou que “uma ação contínua de planejamento e

SEDH reafirma que Agricultura contribuiu na elaboração do Programa Nacional de Direitos Humanos

O secretário adjunto da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Rogério Sottili, deu entrevista à Agência Brasil sobre o Programa Nacional de Direitos Humanos Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr O Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3) tem sido alvo de diversas críticas, mas segundo o secretário adjunto da Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH), Rogério Sottili, o programa foi construído com a participação da sociedade civil, envolvendo vários ministérios. Em entrevista à Agência

Nota da Secretaria Especial dos Direitos Humanos(SEDH) diz que programa de direitos humanos conta com a assinatura de 31 ministérios

Após ser alvo de críticas do ministro da Defesa, Nelson Jobim, de setores da Igreja Católica, de parlamentares ruralistas e do ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, a Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH) da Presidência da República divulgou um documento no qual afirma que o Plano Nacional de Direitos Humanos é assinado por 31 das 37 pastas da Esplanada dos Ministérios. De acordo com o documento, o participação social na elaboração

OAB apóia o Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3) e sugere demissão de Jobim

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou ontem (10) uma manifestação de apoio ao terceiro Programa Nacional de Direitos Humanos e ao secretário nacional de Direitos Humanos, Paulo Vannucchi, que ameaça deixar o cargo caso o documento apresentado no dia 21 de dezembro sofra alguma alteração . Na mensagem divulgada pela assessoria da entidade, o presidente da OAB, Cezar Britto, afirma que quem “censurou, prendeu sem ordem judicial, cassou mandatos

O trabalho visto a partir dos jovens pobres. Entrevista especial com André Langer

“Ocorreu uma desconstrução do mundo do trabalho, e, com ela, ganharam força novamente as formas precárias de trabalho. O sistema produtivo necessita de menos trabalho para uma produtividade sempre maior”. A constatação é do pesquisador do Centro de Pesquisa e Apoio aos Trabalhadores (CEPAT), André Langer, na entrevista exclusiva que concedeu, por e-mail, à IHU On-Line. Segundo ele, “os jovens, as mulheres, os negros e os que estão com 45

Top