COP 15: Tímido ‘acordo’ final traz à tona falhas da ONU

Foto: Staff/Reuters/AE Acordo climático traz à tona falhas da ONU - Um tímido acordo climático foi alcançado no sábado depois que duas semanas de negociações se recuperaram após quase caírem por terra. O resultado deixou clara a vulnerabilidade do processo da ONU, que depende de um consenso, e pode marcar a diminuição da importância do órgão. As principais negociações aconteceram entre aproximadamente 30 países, e o mais importante resultado envolveu apenas cinco

COP 16: Depois de Copenhague, México é próxima parada na negociação da ONU sobre clima

COP 16 O mundo achará difícil retomar no México, em 2010, as negociações climáticas lideradas pelas Nações Unidas depois de um acordo nada ambicioso ser assinado em Copenhague, sem prazo para um tratado legal e vinculante entre os países. O México vai receber as próximas negociações ministeriais no âmbito da ONU (Organização das Nações Unidas), entre 29 de novembro e 10 de dezembro de 2010, para incrementar o Acordo de Copenhague, que

Projeto que esvazia Ibama incentiva destruição da Amazônia e outros biomas

A lei da selva - O projeto de lei complementar nº 12, de 2003, aprovado na noite de quarta-feira na Câmara dos Deputados, será um incentivo ao desmatamento e à destruição de biomas, como a Amazônia, o Cerrado e a Mata Atlântica. Esta é a visão do Ministério do Meio Ambiente e seus órgãos associados, que desde ontem passaram a pressionar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a vetar o

Risco de retrocesso na legislação de proteção ambiental: Ruralistas ‘tomam’ agenda ambiental

Foto: Damon Winter/The New York Times Comissões de Agricultura, do Meio Ambiente e, agora, da que trata do Código Florestal estão sob seu controle Unida acima dos partidos e atuante quando se trata de seus interesses, a bancada ruralista no Congresso deixou de se preocupar apenas com créditos e dívidas do setor agropecuário para buscar o controle das discussões e da legislação sobre os assuntos ambientais do País. Os ruralistas partiram de

Atropelo do código florestal consagra oito anos de governo dedicado ao agronegócio, artigo de Gabriel Brito

[Correio da Cidadania] Na última semana, o governo brasileiro escancarou seu caráter irremediavelmente contraditório no que se refere às políticas ambientais. Enquanto envia todas as estrelas da companhia para Copenhague, a fim de fazer boa figura do país na Conferência Ambiental da ONU (COP-15), vira a mesa mais uma vez em favor da bancada ruralista, concedendo mais dois anos de prazo para a averbação de terras e respeito à reserva

Clima e ambiente no centro de tudo, artigo de Washington Novaes

[O Estado de S.Paulo] No momento em que este texto é escrito, na manhã de quarta-feira, em Copenhague, as negociações na reunião da Convenção do Clima continuam muito difíceis - tanto que se decidiu prorrogar até a noite de quinta-feira, provavelmente madrugada de sexta-feira, o texto que será submetido aos chefes de Estado, muitos deles aqui presentes, entre eles o presidente Lula. Embora diplomatas sempre digam que as negociações continuam

Lobistas ingleses criticam o consumo de vegetais importados da África, artigo de Mark Ashurst

A exportação agrícola no Kenia é tão importante quanto o turismo As vagens que você consome são verdes? No começo de novembro, o grupo lobista Consumer Focus divulgou um relatório censurando muitos dos supermercados britânicos por venderem poucos produtos locais. A verdade é que comprar dos pequenos agricultores da África é melhor para o planeta do que comprar das fazendas industriais da Europa, além de ser bem mais útil para as

Top