Pesquisa sugere que ômega 3 desempenha papel neuroprotetor e antiinflamatório

Sardinha é excelente fonte de ômega-3 Proteção neurológica – Estudos têm apontado efeitos benéficos do ômega 3 na prevenção de doenças como Alzheimer e depressão. Agora, uma pesquisa feita por cientistas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e de outras instituições indica que o ômega 3 também pode ser um forte aliado no combate à epilepsia. Com testes experimentais feitos em ratos, os pesquisadores verificaram que esse tipo de ácido graxo

Belo Monte pode ser muito danosa. Entrevista especial com Hermes Fonseca de Medeiros

O biólogo Hermes Fonseca de Medeiros é veemente quando opina que o projeto de Belo Monte não deve ser realizado, assim como nenhum barramento ao longo do rio Xingu. No entanto, ele pondera: “Se o projeto for feito de qualquer forma, existem estudos que embasariam medidas mitigatórias que poderiam resultar em menos impactos negativos”. Em entrevista à IHU On-Line, concedida por telefone, o professor analisa os resultados do Painel de

Floresta Zero: Lá vai o Código Florestal, sem choro nem vela, artigo de Marcos Sá Corrêa

[O Estado de S.Paulo] A reforma do Código Florestal é como um estouro de boiada. Depois que dispara, não se desvia mais dos argumentos que lhe surjam pela frente. Passa reto por cima deles, deixando para trás um rastro de avisos pisoteados. Mas isso, no Brasil, vem do governo Epitácio Pessoa, na década de 1920. O que o debate tem de novo é a manada de e-mails desembestados, para mostrar que,

Propostas para Copenhague e recuos no Código Florestal

[Valor Econômico] O Brasil ainda não tem propostas definidas para apresentar na Conferência do Clima em Copenhague. O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, tenta aprovar a meta de reduzir em 40% as emissões de dióxido de carbono, para 1,7 bilhão de toneladas de CO2, uma diminuição absoluta e não apenas relativa em relação aos 2,2 bilhões de toneladas despejados na atmosfera em 2005, e bastante próxima aos 1,5 bilhão

Poluição: Contaminação de fósforo, cobre e mercúrio torna escassos os peixes, aves e anfíbios na região da Billings

Vida no manancial é ameaçada pela contaminação de fósforo, cobre e mercúrio, segundo estudo da Cetesb Peixes, aves e anfíbios que habitam a Represa Billings correm o risco de desaparecer por causa da poluição por fósforo, cobre e mercúrio, elementos encontrados em altas concentrações, o que vem degradando ano a ano a qualidade desse manancial de 9.600 hectares. Segundo o Índice de Qualidade das Águas para Proteção da Vida Aquática

Itália: Retomada investigação sobre o tráfico de lixo tóxico pela máfia da Calábria

Manifestação, em 24/10/2009, em Amantea, Calábria, exigindo que sejam investigados os casos dos afundamentos de navios com lixo tóxico. A sala se tornou uma espécie de mausoléu, como pede a tradição no sul. Há quase quatorze anos, o olhar de Anna-Maria De Grazia recai todos os dias sobre as várias fotos e medalhas em memória de seu marido, um oficial da marinha morto em circunstâncias jamais esclarecidas, enquanto era encarregado de

Tigres correm risco de extinção nos próximos 15 a 20 anos

Mapa de distribuição do tigre em 1900 e 1990. Imagens Wikipédia Tigres do mundo correm risco de extinção em breve - Os tigres que vivem livres na natureza podem se extinguir em todo o mundo dentro de duas décadas, a não ser que sejam intensificados os esforços de conservação para frear o declínio de sua população, disseram especialistas em vida selvagem nesta quarta-feira. Estima-se que hoje existam apenas 3.500 tigres vivendo livres

Top