Índice da edição de 28/10/2009

Brasil, Rússia, China e Índia-BRIC: Como conciliar interesses sócio-econômicos e político-ambientais? artigo de Carol Salsa A inutilidade de Belo Monte, entre outras coisas, artigo de Mayron Régis Gestão de terras indígenas é tema de encontro entre Ongs no Acre, reportagem de Leandro Chaves MMA divulga que a indústria foi o setor que mais contribuiu para poluição do meio ambiente Mega hidrelétricas na Amazônia iniciam nova onda de protestos indígenas Câmara dos Deputados aprova projeto de

Brasil, Rússia, China e Índia-BRIC: Como conciliar interesses sócio-econômicos e político-ambientais? artigo de Carol Salsa

BRIC. Imagem Wikimedia Commons [EcoDebate] Para abordarmos a questão nos valemos de conceitos tais como: identidade, estratégia, desafios e oportunidades sem que esta ordem de exposição seja necessariamente obedecida. Nomeado recentemente presidente do Conselho Diretor do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas, o pesquisador Carlos Nobre, do Inpe, mostra-se otimista em relação à formação do BRIC. Alega que até meados de 2012 sairá o primeiro relatório que será incorporado rapidamente em políticas públicas

A inutilidade de Belo Monte, entre outras coisas, artigo de Mayron Régis

Localização proposta para a UHE de Belo Monte. Imagem ISA [EcoDebate] Bem que o título desse artigo poderia ser “A inutilidade da democracia...” depois do artigo do Jerson Kelman “Tentativa de desmonte de Belo Monte”. No final do seu artigo, ele atiça a fogueira das vaidades com esse trecho: “Ultimamente essas minorias organizadas têm se comportado de forma muito ousada. Por exemplo, uma carta aberta dirigida ao presidente Lula, disponível na

Gestão de terras indígenas é tema de encontro entre Ongs no Acre, reportagem de Leandro Chaves

[EcoDebate] Do dia 14 ao dia 24 de outubro, representantes de dez organizações não-governamentais de várias localidades do país estiveram reunidos no Acre. O objetivo da visita foi a participação em um intercâmbio para a discussão da formação para gestão territorial e ambiental de terras indígenas. As instituições integram a Rede de Cooperação Alternativa (RCA), que organiza esses encontros para a troca de experiências sobre temáticas relacionadas aos povos indígena.

MMA divulga que a indústria foi o setor que mais contribuiu para poluição do meio ambiente

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, fala sobre emissões de gás carbônico no Brasil (27/10/2009) Foto: Antonio Cruz/ABr A indústria foi setor que mais contribuiu com as estimativas de emissão de gases de efeito estufa entre 1994 e 2007, segundo dados divulgados ontem (27) pelo Ministério do Meio Ambiente. A indústria foi responsável por 56% das emissões totais. Entre as atividades industriais que mais poluíram o ambiente estão a indústria

Mega hidrelétricas na Amazônia iniciam nova onda de protestos indígenas

Kayapó dançam durante protesto contra hidrelétrica em 2006. © T Turner Índios Kayapó estão para realizar um protesto contra a construção de uma enorme hidrelétrica prevista para o rio Xingu, um dos principais afluentes do rio Amazonas no Brasil. A semana de protestos teve início no dia 28 de outubro na comunidade Kayapó de Piaraçú. Espera-se que pelo menos 200 indígenas se reúnam. Representantes do Ministério de Minas e Energia e Ministério

Câmara dos Deputados aprova projeto de lei que trata das políticas de mudanças climáticas

O texto foi aprovado pelo Plenário na forma de substitutivo elaborado pela comissão especial. Foto de Rodolfo Stuckert, da Agência Câmara. Os deputados aprovaram o texto apresentado pelo deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), relator da proposta na comissão especial que analisou o projeto de autoria do deputado Sarney Filho (PV-MA). O relator apresentou várias mudanças. Entre elas, a que estabelece que o governo terá que definir metas quantificáveis e verificáveis quanto

Trinta e sete organizações ambientalistas e movimentos sociais protestam contra revisão do Código Florestal

Trinta e sete organizações ambientalistas e movimentos sociais assinam documento protestando contra a revisão do Código Florestal, que será analisada por comissão instalada na Câmara dos Deputados, presidida e relatada por parlamentares ligados a interesses ruralistas. Em nota divulgada ontem (27), as entidades criticam a composição da comissão, “notadamente tendenciosa”, de acordo com o manifesto, e aponta os riscos para a legislação ambiental diante da perspectiva de flexibilização de regras como

MPT investigará trabalho infantil no lixão de Guarabira, PB

Lixão de Guarabira, PB. Foto do Jornal de Guarabira. O procurador do Trabalho Eduardo Varandas Araruna encaminhará requerimento ao procurador-chefe do Trabalho na Paraíba, Ramon Santos, no sentido de que seja aberto inquérito para apurar denúncia de trabalho infantil no Lixão de Guarabira. A denúncia surgiu durante audiência pública promovida pela Associação dos Magistrados do Trabalho da Paraíba (Amatra-PB) na Câmara de Vereadores daquela cidade, ontem (quarta-feira). 20423

Idec pesquisa 33 marcas de feijão e mostra que um terço das marcas está sem condições de consumo

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) pesquisou 33 marcas de feijão vendidas em diversas partes do país e constatou que quase um terço, nove delas, não poderia ser comercializada. Os produtos apresentavam impurezas acima dos padrões tolerados. Em sete foram encontrados insetos ou larvas vivas misturados aos grãos. 20419

COP 15, Copenhague: REDD, Reduce Emissions for Deforestation and Degradation, um tema central na agenda da Conferência

É nesse contexto que entra um dos temas quentes da Conferência de Copenhague: REDD, na sigla em inglês, Reduce Emissions for Deforestation and Degradation, ou seja, Redução às Emissões por Desmatamento e Degradação. A REDD, portanto diz respeito à adoção de mecanismos para se evitar o desmatamento das florestas. Aliás, já quem fale em REDD+ (é o REDD, incluindo o papel da conservação, do manejo sustentável das florestas e do

Top